quinta-feira, 2 de maio de 2019

Atualização Mensal: Abril 2019: R$6.860.006,29

Mais um mês de atualização sem grandes novidades: TD, Bitcoin e dólar subiram um pouco, o que fez meu portfólio crescer cerca de R$140.000,00, com um aporte de R$15.000,00. Parte desse dinheiro é mera correção da inflação, que veio forte em 0,75%, portanto não há muito o que se alegrar nessa valorização. Segue a tabela:





Esse mês foi bem interessante pra mim em termos de finanças pessoais. Abri a mão com o intuito de gastar os R$10.000,00 alocados no mês. Além dos gastos normais, gastei um pouco na decoração da casa, troquei de celular (o meu quebrou a tela e o conserto era 50% do valor, foi demovido a backup), comprei cafeteira (Nepresso), headphone (Bose), tênis (baratinho, menos de R$100,00 na netshoes), caixas de som pro PC, comi bem (barca de comida japonesa, camarões, etc.), fiz manutenção no carro e como resultado meu fundo de gastos que estava em R$15.000,00 baixou pra R$12.000,00. Como sinal dessa mudança de perspectiva acho que pela primeira vez na vida minha taxa de poupança em maio vai ficar abaixo de 50%, vou investir cerca de R$9.000,00 e R$10.000,00 já estão na conta para gastar. A ideia é cada vez investir menos e gastar mais.

Eu só por curiosidade dei uma olhada no mercado de veículos e fiquei pasmo com o valor de veículos novos. R$100.000,00 por um Corolla Xei, R$110.000,00 num Civic, R$90.000,00 num Cruze básico. Fui fazer uma conta básica e o valor que paguei no meu veículo levemente usado em 2013 atualizado pelo IPCA até hoje dá mais de R$90.000,00, ou seja se quiser manter o mesmo padrão eu não preciso guardar apenas a depreciação do meu carro mas também a inflação dos novos, o que daria cerca de R$700,00 por mês APENAS com desvalorização. Contando IPVA, seguro, gasolina, manutenção, lavagens, custo de oportunidade, multas, estacionamento, o custo mensal ultrapassa fácil os R$2.000,00 por mês, isso pra um veículo com quase 7 anos de idade. A única forma que vejo de não entrar nessa ciranda de gastos é ao invés de comprar um veículo novo partir pra usados com 2-3 anos de uso. Pra vocês terem idéia eu invisto R$300,00 por mês exclusivamente para cobrir a desvalorização, e dos +-R$21.000,00 aplicados (que com rendimentos hoje vale R$27.000,00), mais R$45.000,00 vendendo BEM o meu veículo ainda precisaria de R$18.000,00 pra fazer um leve downgrade e pegar um Cruze básico 0km! Fico imaginando o brasileiro burro de classe média que troca de carro a cada 2 anos deixando o dele na concessionária, não me surpreenderia que se joga no lixo R$40.000,00 a cada novo ciclo, o que por si só já é o suficiente pra aposentar o sujeito depois de 2 décadas! É muito dinheiro pra pouco retorno! Diante disso tudo, ficarei por mais uns bons anos com o meu!

Agora em abril o blog fez 10 anos de idade. Cheguei a fazer um post comemorativo mas ficou uma bela bosta e resolvi não publicá-lo. Essa marca por si só não deixa de ser uma prova da minha resiliência e disciplina, atributos necessários pra quem quer ser independente financeiramente. Hoje me considero um cara bem diferente de quando comecei o blog: mais cínico, muito mais burro, menos motivado, mais experiente, mais feliz, mais tranquilo e mais certo do que quero pra vida. Que venham os próximos 10 anos!

Em maio a meta permanece a mesma: gastar mais e se preocupar menos!

quarta-feira, 3 de abril de 2019

Atualização Mensal: Março 2019: R$6.717.677,19

Março foi mais um mês de crescimento acelerado do portfólio. Tudo subiu: CDBs, ações estrangeiras, NTNB e principalmente Bitcoin, que após 13 meses de queda ininterrupta voltou a subir. Com isso, meu portfólio aumentou aproximadamente R$500.000,00 em um mês, apesar de ter feito um aporte de "meros" R$15.000,00. Segue a tabela de sempre:



Venceram dois CDBs esse mês que foram integralmente investidos no exterior. O próximo CDB só vence em 2020. O aporte do mês também seguiu o mesmo destino, e como resultado já estou com mais de U$200k na corretora entre diversos ETFs (EIMI, IWQU, IWMO, IWVL, MVOL, LQDA). Pra galera realmente curiosa, segue meu portfólio hoje na corretora (lembrando que não está inclusivo o CDB no BBA e os dólares que possuo na corretora de BTC):



A viagem que fiz em março foi ótima, gastei cerca de R$7.000,00 e comi, bebi, andei e me diverti bastante. Dito isso não planejo mais fazer nenhuma viagem esse ano.

Como já tinha comentado anteriormente, todo mês estou transferindo R$10.000,00 da minha receita para a minha conta antes de investir. Esse valor eu não estou me permitindo investir, de certa forma parecido com o "fundo tio patinhas" do Sr. IF365. É um exercício mental interessante, um estímulo para eu sair da mentalidade de acumulador crônico e me permitir gastar 1,8% a.a do meu patrimônio sendo que eu ainda trabalho portanto o gasto efetivo é 0. Acho esse exercício importante para mitigar o cenário de eu morrer deixando muito dinheiro na mesa. É sem dúvida um valor conservador e bastante tranquilo diante de quanto eu tenho, até porque só os juros do TD hoje me pagam isso. Dito isso, o fundo está hoje em R$15.000,00 e ainda estou procurando no que gastar, mas é um valor que em hipótese nenhuma investirei.

No geral estou cada dia mais satisfeito com meu portfólio. Estou com ampla diversificação e num patamar extremamente confortável. Bateu a vontade de investir parte dos títulos privados em FIIs para efeitos puramente de diversificação, mas hoje não tenho mais cabeça pra montar carteira e ficar acompanhando subscrição, amortização, vacância, etc. Se tivesse um ETF barato que replicasse o IFIX e distribuísse os proventos mensais eu comprava na hora, não sei se existe algum empecilho regulatório que ainda não criou esse produtos. As alternativas (BCFF11 e FIXX11) são péssimas para o investidor. 

No mais, estou animado pra abril, espero que se configure um mercado bull no bitcoin e que o dólar caia pra que meu aporte valha mais!

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Atualização Mensal: Fevereiro 2019: R$ 6.238.733,75

Dois meses se passaram voando e, como resultado, aumentei meu patrimônio em R$180.000,00. Como vocês podem ver na tabela estou aportando pesadamente no exterior. Sobras do salário? Mando pro exterior. Venceu CDB do banco Máxima? Exterior. Troco do café? EXTERIOR. 

Devo ressaltar a enorme bosta que virou a remessa BB -> BBA. Acho que estavam cansados de ganhar dinheiro com as remessas e simplesmente inventaram uma taxa de 2% do bumbum deles e falaram "te fode aí lol". Resultado é que mais do que nunca o REMESSA ONLINE hoje é o meio mais rápido e BARATO de mandar dólares ou euros pro exterior. Não esqueçam de usar o cupom "viverderenda" pra baixar o spread deles de 1,3% pra 0,91% e com isso ganho uma comissão de 0,1% pra poder comprar uma torta junto com o café. Aqui um exemplo de remessa que fiz no final desse mês:



Tinha até esquecido que o IOF ainda fica em 0,38% mandando direto pra Interactive Brokers. Dá até raiva lembrar como fui mongolão usando BB.

Enfim, remessas a parte, segue a tabela:




A cada dia que passa eu suspeito mais que nunca gastarei essa grana no exterior. Estou com dificuldade enorme de gastar R$10k por mês que é o que ganho hoje com o TD. "Nossa, que problemão hein VR, por que você não vai se fuder?". Concordo plenamente com você leitor hipotético, mas é incrível como eu sou um ACUMULADOR CRÔNICO que não vejo sentido em trocar de carro/celular/casa sendo que os que possuo hoje me atendem perfeitamente bem. Mazelas de quem não paga prestação de carro, prestação de imóvel, escola de prole ou pensão para aproveitadoras em geral.  Ainda assim, o objetivo permanece e até resolvi viajar pro exterior mês que vem (pagando mais caro em um vôo direto, ficando em hotéis decentes e com passeios poderosos).

Em termos mais gerais, continuo pessimista com relação ao Brasil. Meu cenário base é passar uma reforma chinfrim que não vai resolver a matemática da dívida com efeitos ruins pro câmbio e pra estabilidade do país. Espero estar errado e ter minha NTN-B segura até 2050. Veremos. Até lá, vamos curtir o feriado do carnaval e viver com ou sem renda, afinal memento mori... lembremos do que aconteceu com o Viver de Construção!

sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Atualização Mensal: Dezembro 2018: R$6.059.283,24

Mais um ano que chega ao seu fim. De minha parte, sem reclamações. Bitcoin caiu bastante, por outro lado já tenho + de 10% do meu portfólio dolarizado e imune ao risco Brasil e dei uma melhorada em minha saúde. Trabalho está OK e tudo muito bem no meu relacionamento. Segue a tabela de sempre:



Em fevereiro terei vencimento de alguns CDBs que irão integralmente para o exterior. Estou pensando em fazer um experimento em fevereiro: quando receber os juros do TD colocar tudo na minha conta corrente e tentar viver por 6 meses exclusivamente do cupom. 100% do salário irá pro exterior. Passados os 6 meses poderei dizer na prática que vivi de renda, e terei experimentado financeiramente o que será minha rotina quando aposentar!

Metas pra 2019:


  • Fazer 2 viagens, uma internacional e outra nacional
  • Emagrecer um pouco, tenho exagerado nas guloseimas (já perdi 3kg)
  • Finalizar a decoração do apartamento (falta pouco)
  • Gastar mais
Como podem ver, 2019 tem tudo para ser um ano bem light pra mim, com saúde, relacionamento estável, dinheiro sobrando e tempo livre pra fazer o que quiser!