quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Atualização Mensal: Janeiro 2012

Mudanças à vista!

Em virtude de mudanças no meu trabalho, os aportes passarão a ser esporádicos e de valor variável. No entanto, uma coisa tornou-se óbvia: a necessidade de risco diminuiu consideravelmente e, da mesma forma que ocorreu em fevereiro de 2011, mais uma rodada de "conservadorização" se fez necessária. A alta recente do Ibov tornou essa decisão ainda mais fácil.

De acordo com minha política pessoal de investimento, eu previ um aumento gradual na alocação em RF e em Imóveis com o aumento do portfolio. Como tudo indica que esse crescimento deve ser acelerado em 2012 (objetivo de 1 milhão no fim de 2012), comecei desde já a diminuir a volatilidade do portfolio, objetivando o portfolio chamado "1/n", ou "naive diversification", em que se divide em partes iguais cada classe de ativo. Como invisto em 3 classes, são 33% do portfolio por classe.

Pesquisa realizada anteriormente durante a elaboração do IPS no portfolio 1/n:

  • Optimal Versus Naive Diversification: How inefficient is the 1/n Portfolio Strategy?
  • Approximating the Numeraire Portfolio by Naive Diversification
  • 1/N and Long Run Optimal Portfolios: Results for Mixed Asset Menus

Vamos às mudanças:


Portfolio de ações:


33% de cada portfolio de ações deve possuir ações defensivas, daí o investimento em CLSC4, COCE3, EQTL3 e CSMG3 e o desinvestimento em ENBR3 e CESP6.

Em virtude do aumento do investimento de imóveis foram liquidadas as posições indiretas em imóveis (BRML3, GFSA3, BISA3, EVEN3, RSID3), além de conferir alguma proteção contra uma eventual bolha imobiliária.

Foram liquidadas também ações com variação elevada de lucros/lucros recorrentes negativos (POSI3, PMAM3, INEP4(A 2,85!), MRFG3, JBSS3 (A 6,94!), SULT4, BRKM3, CTNM4, SGPS3), com exceção de ações cuja desvalorização compense a variação (MGEL4, FJTA4, TERI3, SFSA4). A base dessa decisão também foi a de diminuir o risco do portfolio, ainda que sacrifique em parte o retorno.

Foi feito um aporte maior em BBAS3 por razões puramente de valuation (Cresc. rec. ok, div yield alto, pvpa baixo, pe baixo), a 23,XX cada.

Todas essas mudanças foram feitas no mês de dezembro, portanto no geral vendi barato e comprei barato, principalmente FJTA4, MGEL4, TERI3 e BBAS3.

O foco continua o mesmo: ações com baixo p/vpa, com menor foco em seguir o índice (principalmente o SMLL) e portanto mais sujeito a tracking error, além de menor volatilidade por conta da alocação maior em ações de saneamento/elétricas.

Imóveis:

Liquidei completamente minha posição em FEXC11B puramente por uma questão de yield (~0,6% a.m. real) a R$109,99 cada, e com esse valor comprei R$10.500,00 de CNES11B a R$105,00 cada e R$30.720,00 de MBRF11 a R$1.024,00 cada, além de um aporte menor de 10 FPAB11 a R$315,02 cada (não está no gráfico por erro meu) A aporte maior em MBRF11, assim como em BBAS3, ocorre puramente por questão de valuation. O objetivo é possuir 15 FIIs no portfolio.

Renda fixa:

Foram adquiridos R$44.000,00 em CDBs do banco Ficsa com vencimento em janeiro de 2016 a uma taxa de ~12,29% a.a. (valor final será de R$69 mil reais, portanto integralmente dentro da proteção do FGC). Já estou com quase 100k em Renda Fixa, e o objetivo é 33% do portfolio.

Portfolio e resultados:


Em geral o mês foi excelente para todos os portfolios, em especial para o MLV, que mesmo investido pesadamente em ações defensivas conseguiu superar o índice MLCX, apesar de perder para o Ibov. Já o SMV perdeu feio do SMLL e devolveu quase que integralmente a overperformance que teve em dezembro.

Como resultado, estou com quase R$580.000,00 de patrimônio e o portfolio teve um crescimento orgânico de ~+5% e de ~14% graças ao aporte de R$44.000,00 feito em renda fixa. Ao que tudo indica não farei mais nenhum aporte em bolsa esse ano, salvo rebalanceamentos internos. Obviamente também não farei nenhuma venda de ação para obter o portfolio 1/n, já que a existência desse tipo de portfolio está condicionada à existência de aportes elevados.

Não há expectativa de aporte no mês de fevereiro, salvo o reinvestimento de dividendos e aluguéis, já que estou com sérios problemas de fluxo de caixa!

Rumo ao milhão!

159 comentários:

  1. Boa VR!

    Um belo tiro na cara de todos os incautos que quiseram te descredibilizar por causa do artigo anterior!

    Rumo ao milhão.

    ResponderExcluir
  2. Boa informação VR!
    Parabéns pela tomada de decisão!
    ITM

    ResponderExcluir
  3. Gostei das empresas de energia,elas são boas pagadoras de dividendos.

    Rumo aos 3M

    parabéns.

    ResponderExcluir
  4. Vc está preparado para um eventual calote grego?

    ResponderExcluir
  5. boa decisão, tb estou migrando minha carteira de ações p pagadoras de dividendos e de serviços essenciais, acho q o momento é oportuno p isso.
    bjs
    Lu

    ResponderExcluir
  6. Gostei do "Foi feito um aporte maior em BBAS3 por razões puramente de valuation (Cresc. rec. ok, div yield alto, pvpa baixo, pe baixo), a 23,XX cada." Achei que você era um cara totalmente quantitativo, que não acreditasse nessas coisas. Ainda há salvação, jovem!

    Ps: Eu também comprei bbas3 mês passado, mas não consegui um preço tão baixo quanto você (paguei RS24,24).

    o/

    ResponderExcluir
  7. Amigo, me chamou a atenção foi seu investimento no FII MBRF11... Você fez aposta grande num fundo que possui um único inquilino.
    Não faria esse investimento, mas lhe desejo boa sorte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcelo, essa foi uma dúvida que eu tive também, mas pense assim: mesmo se eu investisse em apenas 3 FIIs, cada um deles com inquilino único, ainda assim eu teria 115k dividido em 3 inquilinos, muito mais diversificado do que se eu estivesse investindo diretamente em imóveis.

      Portanto, 30k em um FII eu acho bem razoável, ainda mais quando o mesmo está pagando 0,8X% a.m. e o inquilino é um banco que dá lucros ininterruptos há 70 anos.

      Além disso, não é um imovel build-to-suit como é o caso de hospitais ou universidades, portanto de eventual liquidez maior.

      Abraços,

      VR.

      Excluir
    2. Bons argumentos. Vou levá-los em consideração.
      Abraço.

      Excluir
  8. Olá VR
    Parabéns pela realocação da carteira. Na minha opinião ficou mais prudente a sua decisão.

    Abraços

    ResponderExcluir
  9. VR

    Acredito que tenha considerado, mas se fez todas as vendas em dezembro, estou interessado pq não as distribuiu ao longo de alguns meses para evitar a mordida do IR?

    ResponderExcluir
  10. Sempre é uma aula o VR. Subida enorme no patrimônio perto dos fantásticos 600k.

    Parabéns. É interessante ver a mudança pro conservadorismo com a grana aumentada.

    Pessoal segue minha atualização do meu patrimônio em janeiro:

    http://vidaruimdepobre.blogspot.com


    VR, se tiver tempo pode me colocar no seu blog roll? Seria uma grande alegria.

    Forte abraço!

    ResponderExcluir
  11. Parabéns amigo!

    Com está alta em que estamos tendo no índice este inicio de ano, é interessante ver estas mudanças para manter o conservadorismo!

    Grande Abraço!

    Estamos na torcida!

    ResponderExcluir
  12. Pois é, eu agora estive pensando:

    No ano passado a crise estava ferrenha, com ratings sendo rebaixados, Grécia à beira da falência e a bolsa lá embaixo.
    Pois bem, a crise não passou, continua tudo do mesmo jeito e o risco de falência da Grécia e de outros países continuam existindo. Mas agora a bolsa está subindo cada vez, próximo do patamar pré-crise.

    Mesma crise e com a bolsa num patamar bem mais alto.

    Não seria o caso de acender a luz vermelha para a compra de ações?

    ResponderExcluir
  13. Diminuindo a aceleração do carro para correr menos risco de derrapar hein?rs
    No seu lugar faria a mesma coisa. Não há necessidade de expor tanto em ações já que vc já possui mais de 500K. Uns anos a mais com segurança para alcançar o 1 milhão vale a pena.

    Por enquanto vou arriscando mais nas smalls para tentar dar uma turbinada. Ok... tenho que ter sorte. Mas não vejo outra saída, por não ter um aporte grande.

    abs.

    ResponderExcluir
  14. Empresas eletricas tem beta negativo... Todo mundo está comprando agora depois que os preços dispararam em 2011... É uma bela de uma estratégia... Parabens pessoal...
    JBS e Marfrig desencanou VR??? rs...

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uai... No ano IBOV está subindo 13,62% e IEE caindo 0,25%. Será que tem alguma relação?

      Cara acho você muito inteligente sabe diversas teorias X Y Z W... mas no fundo no fundo a simplicidade impera... Investir em MARFRIG, JBS... vc colocava grana numas empresas que eu nunca nem parei pra olhar direito. Pq quando fui olhar até levei um susto... Que investidor em sã conciencia colocaria 1R$ na MARFRIG??? Por mais conhecimento que você tinha acabou no final fazendo o velho dever de casa.

      É isso... Abraços e boa sorte

      Excluir
    2. Comprar Marfrig só se for esperar um milagre ou uma venda para alguma multinacional...

      Prefiro a ETER3

      Excluir
  15. Até mesmo o maior conhecedor de números, estratégias, estudos pode sucumbir pelo psicólogico (VR te considero um grande conhecedor). Teorias são teorias, na prática não há como nao passar pelo viés psicológico. Na teoria tudo era quantitativo, e basicamente só o p/vp era considerado. Agora ta rolando até valuation com crescimento de receitas, dy, vendas e mais vendas de ativos, e o turnover ? Veja bem não estou criticando só estou pontuando o fato de que muitas estratégias são perfeitas no papel, mas na prática poderão vir a não se adequar ao nosso psicológico. Concordo plenamente com a tua abordagem de valor tendo como principal o p/vp, mas desde o princípio jamais consegui aplicá-la à risca como voce também pretendia, tendo em vista que simplesmente nao me sinto confortável botando dinheiro em empresas em que nao vejo qualidade suficientes para receberem o meu dinheiro. No mais continuo aprendendo com o blog. Forte Abraço !

    ResponderExcluir
  16. VR,

    Existem várias críticas a diversificação ingênua. Por que esta optando por ela?

    Abraços,
    Sir Income

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sir Income,

      O que vejo é o contrário, resultado out of sample superior aos portfolios otimizados, fora o gasto menor com diversificação. Quais as críticas que você conhece?

      Ainda assim estou saindo de um portfolio 10% RF para um 33% RF. Pelos meus cálculos estou perdendo ~1,3% a.a. em rentabilidade teórica em troca de um DP 50% menor. Acho os números bem razoáveis já que a expectativa é que até o final do ano eu tenha muito mais em "jogo" e minha necessidade de risco diminua bastante.

      Abraços,

      VR.

      Excluir
    2. VR,

      Vi esse artigo:
      http://www.maxwell.lambda.ele.puc-rio.br/11392/11392_4.PDF

      Dá forma que você está fazendo não parece um problema, mas é preciso ter em mente que deve ser usada a 1/n por classe e/ou dentro da classe. Nunca nas opções de investimento.

      A propósito, não conhecia o tema e estou gostando.

      Obrigado,
      Sir Income

      Excluir
    3. Esse artigo fez críticas pra gestores de planos de previdencia, que é outro mundo em termos de portfolio. Tb nao vejo problema nao, a nao ser que os FIIs comecem a correlacionar muito com a bolsa, o que nao ocorreu nem em 2008.

      Excluir
    4. VR, poderia indicar algum (ou alguns) link(s) de artigo(s) sobre diversificação ingênua que vc recomenda? Grande abraço!

      Excluir
  17. Quanto vc pretende retirar por mês depois de atingir 1M? Ou só começará a tirar dinheiro depois de atingir 3M?


    um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anonimo,

      Eu nao tenho a minima ideia, minha vida está meio incerta.

      Abraços,

      VR.

      Excluir
  18. Acho que com 3M já é possível ter uma meia aposentadoria...

    Seriam 200 a 300k de yeld anual, de 16 a 25k por mês. Uma senhora quantia.

    Considerando que vossa senhoria não vá gastar tudo isso e que vá reinvestir os dividendos, acredito ser possível coçar o saco o dia inteiro e ainda aumentar o patrimônio....

    um abração

    ResponderExcluir
  19. Se casar com mulher econômica aí o dinheiro vai crescer, crescer , crescer....

    Com 2 M já dá para pensar em casar e ficar mais rico ainda.

    ResponderExcluir
  20. Obter 500mil.ate.o.final do ano eh foda heim! Esse objetivo.de 1mi no final do.ano eh factivel? Espera ter salario de qto mensalmente? Abs

    ResponderExcluir
  21. Tenho a mesma dúvida de um colega acima.
    Algum motivo específico para liquidar suas posições num único mês? Desta forma pagou IR.
    E qual sua estimativa de aporte mensal?
    Para chegar ao 1M ao final do ano, faltam R$ 420 mil!
    São mais de R$ 38 mil ao mês, obviamente sem considerar renda passiva.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não paguei IR (fora o retido) pois tinha prejuízos acumulados de outras ações.

      Cara, não sei ao certo qual será o aporte, nem sei quando que vou receber. Tem outros valores pra entrar, mas tambem nao tenho nem perspectiva de data. To vivendo no dia-a-dia com as receitas do meu 2o "emprego" (tá mais pra bico).

      Acho que de renda passiva dá pra contar com uns R$50k no ano.

      Excluir
  22. Parabéns pelo post e pelo portfolio. Gostei muito das colocações sobre naive diversification e estou curioso para ver como manejará seus rebalanceamentos.

    ResponderExcluir
  23. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  24. Sinto a sua insegurança em relação ao emprego. É fogo mesmo ter sempre essa instabilidade como eu tenho. Todo dia é faca nos dentes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, vc é mto stressado, mas vc parece ser legal, ri mto ao ler seu blog, só acho que vc reclama mto da vida.

      Empregos nao é nosso objetivo final, o seu foco lá é só pegar sua grana e ir embora. Meu trampo tb é um saco, mas e ai? Nem registro eu tenho, emito uma nota fiscal td mes.

      Acho que vc tem que se dar um presente, pegue uma puta da hora ae em Sampa! Aproveita a vida amigo!

      Excluir
    2. Melhor dica já escrita no blog. O homem deve sempre comer um pastel de cabelo para se desestressar.


      Dinheiro é bom para curtir a vida também.

      Excluir
    3. Concordo amigo estou planejando fazer isso com maior frequência.

      Forte abraço a todos.

      Excluir
    4. Pobretão , vc reclama da vida, chora, fala mal do chefe.Mas perde uns 200 reais todo mês por não deixar seu dinheiro na poupança!!!! Nemfale do tesouro direto, nem CDB.

      se vc aporta hoje 2,6 k, podia estar aportando 2,8 com os juros da poupança..... ta dando molinho

      Excluir
    5. Olá amigo, estou procurando corrigir isso. COmo falei meu objetivo é liquidez total pois os problemas mundiais não foram resolvidos então a poupança é uma boa pedida.

      Obrigado.

      Excluir
  25. Vocês não crescem exatamente porque só traçam objetivos que vocês sabem como cumprir, desta forma nunca saem da zona de conforto.

    O VR está certo em traçar uma meta e não saber como ganhará este dinheiro. Primeiro define o que quer, depois trabalha para as coisas acontecer.

    ResponderExcluir
  26. Alguém conhece esse banco Ficsa ??

    ResponderExcluir
  27. Viver de renda,

    Nunca pensou em DEBENTURES?

    forte abs

    ResponderExcluir
  28. Caro VR, saudações! Há algo a considerar ainda acerca da TSR?

    ResponderExcluir
  29. Olá Sr. Viver de Renda.

    Primeiro eu gostaria de dizer que acompanho seu blog faz um ano. Nesse ano eu nao tive tempo de fazer muitas leituras, pois ando muito ocupado com assuntos academicos + trabalho. No entanto fiz o dever de casa e juntei meu colchão de reserva + primeiro aporte. Meu objetivo é fazer aposentadoria daqui uns 35 anos. Seu blog mudou minha concepção financeira completamente!

    Agora vou direto ao ponto: eu possuo formação na área de exatas, mas nada a ver com finanças. Eu gostaria de uma boa indicação de livro introdutório e/ou avançado de matemática financeira (sei que até existem uns aplicados a investimentos). Sem isso é impossível investir racionalmente, e fica-se sujeito às armadilhas que existem por aí. Acho que é o primeiro passo para entender 100% os teus posts também. Andei comprando uns livros de mercado financeiro, mas são muito pobres em matemática financeira, por isso estou recorrendo à sua experiência. Ficarei muito grato se me indicares uma ou mais referencias.

    Um grande abraço,

    FP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O investidor inteligente, Benjamim Graham.

      Warren Buffet e a análise de balanços.

      Excluir
    2. Lê o manual da HP 12c. É melhor que a maioria dos livros de matematica financeira...

      Excluir
  30. Excelente postagem, além de voltar ao alto nível de comentários e informações ainda deu uma limpada nos trolls. Sou um admirador do seu blog e portfólio, estamos acompanhando seu sucesso!

    Abraço

    ResponderExcluir
  31. Não acho que falar sobre o impacto que um relacionamento pode produzir no patrimônio de um investidor seja descer o nível, ou cair na baixaria. Um divórcio pode realmente dilapidar um capital duramente conquistado.


    A abordagem um tanto satírica e bem humorada em nada desmerece os raciocínios a respeito de alguns tipos de moças. Ha muitos inimigos capazes de ameaçar o dinheiro duramente conquistado. Defender-se desses agentes de destruição em massa do dinheiro é dever de todos. Mais nobre ainda é transmitir esse conhecimento para a população em geral tão carente de educação por parte de nossos governantes.


    Notamos que o blog agora trata de uma nova etapa. Desse momento me diante busca-se a segurança para 66% do patrimônio na renda fixa e nos fii´s. Considerando as incertezas no panorama financeiro mundial, é possível dizer que se mostra bem acertada.

    Seria interessante ver qual estratégia a ser usada numa situação de crise, queda brusca do IBOVESPA, diminuição da atividade econômica. Dado que a Europa encontra-se em perigo de contaminar o mundo todo, parece interessante pensar numa estratégia de compra de ações após um determinado percentual de queda(35%) pra a formação de preço médio e posterior aumento de rentabilidade.

    ResponderExcluir
  32. VR vc pretende fazer a burrice (sei que criarei polêmica) de comprar apartamento a prazo? Esse é outro agente destruidor de riqueza muito interessante para ser analisado.

    Muitas pessoas pagam juros enormes por conta do delírio da casa própria, no entanto, se procurassem um pouco achariam cálculos mostrando ser melhor morar de aluguel(mais barato que a prestação) e colocando o dinheiro no TD do que entrar num financiamento e ser carcado pelos bancos.

    ResponderExcluir
  33. Prezado, VR! Leio seu blog faz um ano, e é meu primeiro comentário.

    Vc poderia indicar uma boa fonte para aprender sobre como investir no Tesouro Direto?

    Forte abraço e parabéns pelas conquistas!

    ResponderExcluir
  34. VdeR,
    E o post sobre lançamento coberto, vai sair...?

    Sempre tive muita curiosidade em saber se faz sentido abrir mão das fortes altas em troca de uns trocados na maior parte do tempo...

    Não tenho certeza se minha interpretação está correta, mas entendo que de acordo com o Taleb não faria sentido... ele diz que as distribuições são leptocurticas e o mercado tende pagar pouco pelas opções fora do dinheiro... o hedge fund dele (Universa) ganha dinheiro comprando opções fora do dinheiro... ele estaria dando liquidez para os lançadores... por outro lado tem a questão da mensuração da curtose e definição do delta em que passariam a ser subavaliadas.

    Abs,

    Sergio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara no lançamento coberto você não abre mão de fortes altas. Abre mão quem faz de forma errada. Se você pretende manter a carteira, você recompra as opções caso elas subam e atinjam um stop pré-determinado por você, nesse caso é um prejuízo nas opções mas preserva a carteira.

      É que ta cheio de desinformação por aí acerca de venda coberta, mas se você vende fora do dinheiro e estabelece stop loss, estabelece critérios para vender a opção, você era ganhar na maioria das vezes e perder em algumas, mas faz parte.

      O problema é que vendem a idéia do lançamento coberto como se fosse ganha-ganha, ou seja, se subir, deixa exercer. Ta errado, não se deixa exercer.

      Excluir
  35. Ok, não deixo exercer... isso é só uma questão psicológica e de custos tributários e de corretagem.

    Então vendo OTM e compro quando bate meu stop... e volto a minha questão inicial:
    Faz sentido abrir mão das fortes altas em troca de uns trocados na maioria dos meses?

    Sinceramente não sei...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que parte você não entendeu do "não abre mão de altas?".

      Se tem uma forte alta, a opção deve subir também. Você recompra, perdeu na opção mas quase sempre o que perdeu na opção é menor do que o que ganhou com a alta: Continua subindo depois de você recomprar, você não lança a carteira inteira e a opção perde VE com o passar do tempo.

      O trabalho com as opções é totalmente a parte da carteira de ações, é como fazer trade de VE. Esquece a carteira de ações nesse momento, ela só serve como cobertura.

      Excluir
  36. 1) Continua subindo depois de você recomprar - isso não é garantido, é um desejo... se fosse fácil acertar esse timing faria mais sentido operar direcional.

    2) quase sempre o que perdeu na opção é menor do que o que ganhou com a alta - por que? na alta forte a vol tende a aumentar então a opção engorda, ganha VE e sobe mais que o ativo...

    3) você não lança a carteira inteira - ok, mas isso é apenas gestão de risco... a análise deve-se ater apenas a parcela lançada.
    Alías, se fosse garantido como está dizendo por que não lançar logo na carteira inteira..?

    4) opção perde VE com o passar do tempo - claro, a questão é justamente essa... isso paga as poucas vezes que a opção disparar e você for exercido ou recomprar mais caro?

    5) se não abre mão das altas seria um almoço grátis, hehe...

    Não me levem a mal, estou apenas fazendo o papel de advogado do diabo pra estimular a discussão saudável mas já estudei muito o assunto e nunca me convenci que vale a pena...

    Abs

    ResponderExcluir
  37. Anônimo Advogado do Diabo,

    Sim, vc está certo e nem de longo está sendo advogado do tinhoso. Somente está expondo o óbvio dessa operação.

    Na verdade, o Anônimo das VCs é que está completamente equivocado. Porque no fundo, no fundo ele está movida pelo desejo que o seu ativo em carteira SEMPRE estára em movimento de alto ao longo do tempo. Um erro simples, mas grave.

    A maneira mais simples de compreender essa operação é entendê-la como sendo uma venda de put sintética: ganho limitado (embolsar o prêmio da call) contra uma perda quase ilimitada (queda sem freio do ativo). Vide aqueles que estão enterrados em petro e vale desde os seus THs em 2008 (55 e 60 respectivamente) tentando se equilibrar nessa operação para não serem exercidos em bom prejuízo.

    E ser exercido - ao contrário do que ele acredita - é o objetivo dessa operação (de alta). Até porque se tem uma coisa fácil de ser pulada é stop em calls (tanto faz stop de compra ou de venda). Principalmente na abertura de um dia pro outro; isto sem considerar que altas explosivas podem ocorrer até no intraday.

    E claro (alguém tem que avisar o incauto mestre VC): quando vc vende uma call coberta, caso, o seu tal stop seja pulado e ela fique muito ITM... Talvez não haja liquidez suficiente pra vc usar a tal "mágica" do rolar vencimento, ou pior, vc receber um telefonema da corretora te avisando que vc JÁ foi exercido (imagina vc com um custo/ativo de uns 40 reais sendo exercido antes do vencimento num call strike 20... uiiiii).

    Mas é aquilo: não deixa de ser um direito inalienável de cada um, se autoiludir... As corretoras agradecem o empenho dos que se acreditam capazes de "contolar" o tambor do revolver.

    ResponderExcluir
  38. Putz, esse assunto é polêmico... vou ter de discordar de você em alguns pontos, rs!

    1) a operação não depende de alta constante, mas de volatilidade moderada e/ou premios gordos... mesmo que seja exercido eventualmente pode valer a pena;

    2) o gráfico de payout é de uma venda de put, mas de uma venda de put OTM em que você ainda fica com um bom upside;

    3) quem vende ATM ou mesmo ITM está fazendo operação de taxa e quer ser exercido; quem vende OTM está remunerando a carteira... parece sutil mas faz toda diferença;

    4) vender acima ou abaixo do seu preço mérdio não faz diferença alguma, é só uma ilusão de contabilidade mental...

    Adevogado do Diado

    ResponderExcluir
  39. Adevogado,

    O assunto não é polêmico. O que é estranhamente polêmico é a necessidade de muitos seguidores do mestre dessa operação, o qual já vem há muito tempo inculcando na cabeça de centenas de garotos de internet ao custo de 500 pratas por uma palestra de fim de semana, que essa operação é como tirar leite de vaca, rs.

    Já procurou saber quantos fundos dedicados e exclusivos, quantos gestores e quantos milionários de HB - todos especializados nessa "operação" - já existem no mercado só "trotando" vitoriosamente todo mês nessa "operação" somente seguindo fielmente os seus 4 preceitos acima?

    =8^O

    Pois é.... rs

    Sem perceber, quando vc vem pra internet ficar explicando e justificando pra todo mundo essa operação, indiretamente vc está se esforçando pra convencer a si mesmo que tá fazendo algo da maneira certa, mas infelizmente não está. É só vc e turminha da palestra de fim de semana que acreditam que essa operação seja o tal mamão com açucar.

    Mas claro, isso é um problema que irá se comprovar em breve com seu próprio dinheiro, portanto, ninguém tem nada com isso.

    Só pro seu governo sobre seus 4 pilares da VC:

    1) se vc é da turma que vê lógica em B&S então nunca diga que uma alta constante não tem correlação direta com premios gordos; e pra ter premio gordo, temos que ter vola alta e não moderada. E pra existir uma OTM decente só com vola alta.

    2) sem sentido, NÃO existe NENHUMA dif. entre uma VC e uma put vendida;

    3) é o seu "desejo" que uma operação se pareça com "taxa" e a outra ser "remuneração" de carteira. Taxa é algo certo e contratado; já uma ITM pode não dar exercício acompanhado de um bom prejuizo. E quem paga pela sua ITM vendida, acredite, tb faz as mesmas "conta" do custo das taxas, rs. No final a tal taxa é só vc trocando seis por meia duzia na base de selic. E o que remunera carteira são dividendos (quando são pagos, é claro).

    4) e se pra vc o custo médio do seu ativo é apenas uma "ilusão contábil" na hora que vc for exercido em venda, bem, então sem comentários....

    ResponderExcluir
  40. Bem, os leitores responderam muito bem a questao do lancamento coberto. Nao tem misterio, se a acao subiu demais o vendedor ou deixou de ganhar dinheiro (exercicio) ou ate mesmo perdeu dinheiro (recompra). Nao ha leite a ser tirado.

    ResponderExcluir
  41. Sou o "adevogado" acima...

    Concordo com o anonimo acima, minha resposta não foi muito precisa... e ao contrário da impressão que acredito ter passado, nunca fiz a operação, apenas fico meio intrigado com ela...

    V de R, você também acha que não leva a nada?

    Ah, o tal Lírio Parisotto faz no fundo exclusivo dele... mas acho que é coisa mais recente e não foi o que o deixou rico... não sei, mas ele pode ser apenas um poupador disciplinado que aplicou bem a grana da empresa dele e deu sorte com as empresas escolhidas...

    ResponderExcluir
  42. Eu tenho uma pergunta importante. Para montar uma carteira de iniciante, arrojada (30% RF e 70% RV) e com pouco capital inicial (menos de 10k), com quantos papéis diferentes em ações seria interessante começar?

    De 3 a 5?
    De 5 a 10?

    Objetivo final: aposentadoria em 30 anos.

    Acho que nao vale a pena diversificar tanto no começo pelo pouco capital inicial.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. com um capital tão pequeno, vc deveria pegar um ETF (bova11, pibb11) pois ae vc diversifica sem gastar mto com corretagem.

      Excluir
    2. Não concordo... com objetivo de 30 anos poderia montar uma carteira inicial com 5 ações...
      Claro depende do seu perfil mas como vc falou em ações, sugiro isso... umas 5 e no maximo ao longo dos anos ter 10 ações de empresas diferentes...
      Abraços

      Excluir
  43. Cara, é melhor colocar 7k na renda fixa(TD, Fundos imobiliários) e 3 k em pagadoras de dividendos, ETER3,ELPL4.

    O dinheiro da renda fixa, entre outras coisas, serve para proteção psicológica, ele impede o investidor de ficar maluco com as quedas.

    As bolsas podem cair muito. A Alemanha está muito puta com a Grécia, está ameaçando cortar os futuros 130 bilhões,caso isso ocorra as bolsas vão ao chão, O IBOVESPA vai derreter e isso pode deixar qualquer na merda.

    Melhor começar com mais dinherio na renda fixa para ir se acostumando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A ultima coisa que eu faria é enfiar dinheiro em papéis de índices. O que me interessa são bons pagadores de dividendos. Eu não estou nem aí para queda na bolsa, pois esse dinehiro que vou investir seguramente não precisarei dele, tenho muito mais em um "fundo de reserva". Se eu perder tudo, não vai mudar minha vida. Também não vou perder o emprego, pois sou SPF. É pra aposentadoria MESMO. 3-5 papéis em pagadores de dividendos, além de 30% em RF, é burrice ou apenas um começo arrojado? Eu deveria diversificar mais, de 5-10 papéis?

      Excluir
    2. Cara não é arrojado... esse negocio de risco é muito complicado de falar... Eu acho menos risco investir em uma empresa do que comprar titulo do governo... e outra oscilações sempre vão existir... se a bolsa cair vc compra mais é essa a idéia... Compra pra ser sócio e pegar um pedaço do lucro... a cotação só te fala quanto vc vai pagar pra ter mais participação na empresa... soh isso nada mais...
      Manda ver... compra 5 papeis aih e começa a formar a bola de neve...

      abs

      Excluir
  44. Gosto da Análise fundamentalista, acho-a melhor que as outras por dar tranquilidade.

    FAzer trades até dá dinheiro mas deixa o investidor maluco e viciado e não desejo isso para mim.

    Acho que o lançamento coberto serve para dar um dinheiro para a farra, aquela grana para ser gasta com as cachorras da boate de vez em quando, mas não para achar que vou me dar bem todo mês.

    Jà até foi feito estudo sobre isso:http://blogdoportinho.wordpress.com/2011/04/07/parte-1-opcoes-lancamento-coberto-para-financiamento-de-carteira-um-estudo-assustador/

    ResponderExcluir
  45. Se você vende ATM ou ITM, não está fazendo venda coberta de remuneração. Estamos falando de venda OTM, então nem toquem no assunto ATM ou ITM.

    Deve-se operar ignorando o preço da ação, você está sendo na verdade um trader de VE. Se você pretende continuar com a ação, mantendo-a na carteira, nunca deixará ser exercido, simplesmente ignore a possibilidade de deixar exercer.

    Você vende opção OTM com uma distância que você se sinta confortável e espera que ela derreta até o vencimento. Estabelece um preço já de recompra e deixa a ordem na pedra. Por exemplo, vendeu a 0,25 centavos, já deixa uma ordem a 0,05.

    Estabeleça um critério de stop loss. O stop loss não será automático, é você quem executará. Pode ser com base no preço da opção, com base no preço do ativo principal ou algum indicador que você inventar. É você quem desenvolve seu método e escolhe a forma de stopar.

    Depois disso não tem segredo. Ou ganha ou perde. Ignora o preço da ação na hora de contabilizar lucro ou prejuízo. Ou você venceu na venda de VE ou você perdeu, simples.

    Vendendo opções com boa distância, na maioria das vezes você irá ganhar, e as vezes irá perder. Não tem segredo nisso, o importante é no longo prazo ganhar mais do que perder.

    Não tem nada a ver com perder alta. Se o ativo começar a subir você stopa sua operação com opção (recompra) e pronto. Aí você decide se quer vender denovo ou não, com base nos seus critérios.

    ResponderExcluir
  46. Rapaz das Otms... rs

    Tem uma coisa aí sobre "regras" do mercado de opções que alguém precisa te contar: quem VENDE uma call adere a um contrato na qual a sua call pode ser exercida a qualquer momento antes do vencimento. Essas calls que vc vê na pedra do seu HB são do tipo "americanas".

    Sendo assim não existe essa "nova regra" que vc está inventando ou aprendeu em algum blog ou no site do mestre palestrante de fim de semana que possa corroborar o seu ensinamento acima que diz:

    "simplesmente ignore a possibilidade de deixar exercer"

    Não, não dá pra ignorar, porque ela vai contra as próprias regras desse mercado em particular, rs. Quem decide essa "possibilidade" é o comprador da call e não o vendedor: regras, todo jogo tem.

    É óbvio pelo seu discurso que vc nunca viu movimentos explosivos ocorrendo durante um pregão ou se acumulando entre o pregão de um dia pro outro, pra chegar e falar em "distância segura pra seu lançar uma OTM" ou mesmo que "o stop vc o executará".

    Se existe uma oferta de compra de OTM gordinha sorrindo pra vc lá pedra, acredite, aquilo não é um sinal divino que vc é mais esperto que a contraparte que tá pagando 0,10 cents por ela. O cara que compra calls, normalmente entende mais de precificação de opções do que os vendedores, é impressionante essa constatação, rs.

    Não existe xêpa no inicio da feira. E vc alguma vez já viu uma ratoeira sem um pedacinho de queijo? As vezes o ratinho se dá bem, é claro... Mas quando a sorte falha, quem paga aquele único dia de azar é o seu pescoço.

    E se o VE é o seu amigo na hora de vender uma OTM, um dia vc descobrirá que o seu inimigo é um tal de efeito delta e seu anabolizante efeito gamma quando "algo" explodir lá no pregão e vc provavelmente nessa hora estará sentado na cadeira do dentista, de preferencia, anestesiado.

    Tem um ditado norte-americano muito citado em honra e memória dos operadores de vendas cobertas ou venda de puts:

    "come-se como formiguinhas, mas caga-se como elefantes"

    Enfim, pelo menos uma coisa vc escreveu 100% certo sobre essa sua lição estratégica descrita acima:

    "Depois disso não tem segredo. Ou ganha ou perde"

    Mais óbvio, impossível, rs

    ResponderExcluir
  47. Melhor falarmos sobre formas de gastar menos e aportar mais.

    ResponderExcluir
  48. Ninguém exerce antes do vencimento, a não ser que seja um japonês burro. Preço da opção + Distância do strike dela até a cotação atual sai mais caro do que comprar direto no mercado a vista, exatamente por ela ter VE em virtude do tempo. Não tem sentido exercer antes.

    Opções foram criadas como instrumento de proteção, quem dá liquidez na ponta compradora em opção OTM são os grandes fazendo hedge, não tem segredo nisso.

    Se eventualmente (e acontece) o preço da opção explodir, você compra no prejuízo e pronto, nada com o que se emocionar. Quem está fazendo algum tipo de trade tem que estar pronto para perder. O importante é o acumulado das vezes que ele venceu compensar as vezes que perder, por isso mesmo precisa trabalhar em um método eficiente. Ninguém disse que é fácil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai nessa que ninguem exerce antes do vencimento uhahuauhhuahuauh Acho que você nunca mexeu com opção... mas tudo bem cada um fala o que quer mas quem tá pensando em fazer lançamento coberto pode ficar sussa que acontece sim de exercer antes do vencimento...

      Abs

      Excluir
  49. Rapaz das OTMs,

    Se vc enxerga o mercado como sendo uma paisagem estática, claro, sendo assim suas OTMs nunca virarão ITMs e nunca serão exercidas antes do vencimento, rs

    Estar pronto pra perder, óbvio, faz parte do game. Mas o chato vai ser vc entender na "prática" o que acontece quando não temos noção do limite ou do que seja saber dimensionar o tamanho das possíveis perdas em relação aos possíveis ganhos. E isso vc já demosntrou que desconhece pelo seu discurso.

    Vai na fé e boa sorte; vai precisar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei se e vc quem esta contra argumentando todos os anônimos favoráveis ao LC, mas tem um fator que não esta considerando, quem vende OTM acredita na ação e não quer perde-la por mais que caia, " não importa quanto a vale já custou, eu acredito nela e continuo comprando todos os meses ate minha aposentadoria" , esse tem de ser o pensamento. Partindo desse principio por mais que a ação caia, isso não vai me afetar, pois eu não uso Stop. Já na alta, e' claro que sempre pode acontecer um evento Tupi e eu não conseguir estopar, nesses casos perderei a grande alta, mas isso e' a exceção da exceção. Agora se o cara não tem carteira de longo prazo e resolve comprar OGX pq paga bons prêmios nas OTM, concordo que uma hora ele vai levar um fumo.
      Capivara

      Excluir
    2. Rapaz das OTMs aqui.

      De maneira alguma vejo o mercado como uma paisagem estática. É normal OTMs virarem ITMs e esse é o caso em que o lançador coberto perde. Todo método tem perdas.

      Agora, ser exercido antes do vencimento, é possível mas é muito improvável, pois como disse, dificilmente será uma operação em que o comprador não saia no prejuízo.

      Você disse que eu não sei dimensionar o tamanho das possíveis perdas em relação aos possíveis ganhos. Muito pelo contrário, eu sou extremamente criterioso em meu método de entrada e saída no lançamento coberto, tenho disciplina para stopar quando a opção sobe além do meu limite pré-estabelecido de modo que no longo prazo os ganhos superam as perdas, obviamente os ganhos não são extraordinários, são valores plausíveis.

      Considero tudo como uma venda só, faço acúmulo de VE e com isso recompro sem problemas o dia que perder, tendo ainda controle se estou ganhando ou perdendo no longo prazo.

      O fundamental é definir critério de entrada, critério de venda no lucro e critério de venda no prejuízo, feito isso respeitar o método militarmente.

      Excluir
    3. Amigos das OTMS, rs

      É sempre interessante ler ou ouvir pessoas com conhecimento raso sobre estratégias em mercados de opções explanando sobre a operação LC. Aliás conhecimento raso é mais perigoso que nenhum conhecimento, visto sempre leva o incauto a falsas certezas.

      E é inacreditável como conceitos básicos são compreendidos e repetidos de forma errônea. Para todos vcs é ponto pacífico que devam buscar o não exercicio, quando o estrategicamente certo é justamente o contrário, rs. A não ser é claro, que vcs sejam capazes de prever os movimentos futuros do ativo-objeto. Mas se vcs são capazes disso, alerto, existem outras operações direcionais e não direcionais muito mais lucrativas pra quem possui dons premonitórios....

      Capivara, veja que vc escreveu que:

      " não importa quanto a vale já custou, eu acredito nela e continuo comprando todos os meses ate minha aposentadoria"

      Ok, é um direito seu. Mas se a Vale, por qualquer circunstancia futura vier a cair muito como vc cita, óbvio, perderá o interesse do mercado como ativo de liquidez (o que pra vc parece algo tranquilo porque no futuro tudo se acerta sempre pro seu bem, rs).

      Nesse caso, acredite, ela com certeza irá perder liquidez e volume no mercado de opções e outro ativo da "moda" irá assumir esse papel. Aí nesse dia só te restará mesmo brincar de preço médio (sem considerar os custos de carregamento, senão vc perde o sono pros proximos 20 anos....)

      É assim que funciona desde que bolsa é bolsa.

      Excluir
    4. Eu coloquei entre aspas justamente para não parecer uma frase minha e sim um principio a ser seguido por quem e' holder. O dia que a empresa apresentar múltiplos ruins e deixar de mostrar lucros crescentes, seja qual for a empresa, o investidor deve pular fora, e isso não vai acontecer no período de vencimento de uma opção. Essa e' uma estratégia para quem acredita na ação e quer te-lá em sua carteira, o LC e' usado como forma de remunerar a carteira. Se sua tese e' assim tão "mais correta" poste aí uma fonte que corrobore com ela.
      Capivara

      Excluir
  50. Me adiciona aí amigo VDR, sou um novo investidor na área.

    Parabéns pelo seu patrimônio, excelente!

    ResponderExcluir
  51. O homem inventou o dinheiro e viu que ele era bom, nobre e justo.A mulher viu o dinheiro e achou que era feito para fazer boa fogueira!!!!

    ResponderExcluir
  52. Em verdade vos digo: Aquele que ganha dinheiro conhece o paraíso na Terra, tem os melhores prazeres, diverte-se , pinta e borda.

    Eu me declaro apaixonado por ganhar dinheiro.

    Viva o Capital, é ele quem abre portas e pernas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maravilhosa postagem.

      Dinheiro permite viver o paraíso na terra.

      Dinheiro é a felicidade.

      Ser pobre a desgraça e é por isso que odeio a vida.

      Excluir
  53. Meus parabéns, Viver de Renda.

    Sempre acompanhei seu blog, e admiro a sua caminhada rumo à independência financeira.

    Aproveitei e criei um blog também, convido todos a visitar.

    ResponderExcluir
  54. Estar no mercado financeiro é emprestar sua força de trabalho para que o colega possa produzir. É como dar a mão a quem precisa subir uma escada. É voluntário, uma cooperação pacífica. Existem perdas, mas muitos ganhos. Não há nada de errado em ganhar dinheiro, porque se voce ganhou é porque no processo ajudou outra pessoa a criar, produzir ou ofertar algo de útil à sociedade.

    ResponderExcluir
  55. Pessoal e VR,
    estou constantemente comentando aqui, com outro apelido, e agora venho aqui dizer que tomei coragem pra fazer um blog sobre minha jornada em tornar-me um milionário até 2013! Que tal me acompanhar e ver se eu consigo vencer esse desafio?

    O endereço é http://milhao2013.blogspot.com/
    Já adicionei o blog do VR na aba de blogs recomendados. Ficaria extremamente grato caso fizesse o mesmo, mas não sinta-se obrigado para fazê-lo.

    Muito obrigado! Espero vocês lá! VR, vamos juntos rumo ao R$1 milhão meu amigo! 2012 vai bombar!
    Abração pra todos!!

    ResponderExcluir
  56. O número de blogueiros inspirados pelo VR a cada dia aumenta mqais, isso é sinal de que os comentários e a qualidade do texto são muito bons.


    Aqui percebe-se a vontade de pensar fora das matérias tradicionais de finanças como p/l, yelds, ROE,alocação etc. Essas coisas são importantíssimas para quem quer ganhar na BOLSA.

    No entanto é importante que o investidor não se sinta solitário ao pensar em usar parte dos dividendos com alguma diversão ou presente para si mesmo. Afinal, depois de tantas leituras, estudos e noites de preocupação é preciso ganhar algum prêmio antes do primeiro milhão!!!!!


    Por isso, falar sobre outros assusntos que também afetam o bolso do investidor faz sentido. Ora, um carro custa dinheiro, viajar custa dinheiro, sair com moças honestas, casar então pode ser falência ...... Toda a forma de trocar ideias sobre como viver bem gastando cada vez menos é válida.


    Um abraço a todos e vamos diminuir os custos, comer menos no almoço, e aumentar os aportes.Pois só assim ficaremos ricos mais rápido.

    ResponderExcluir
  57. Pensar em ficar rico é ótimo, essse pensamento me deixa mais animado para encarar o trabalho.


    É bom vir a este blog e encontrar, mesmo que virtualmente, gente que tem cérebro e que quer ganhar muito dinheiro,que foi melhor invenção da humanidade.

    Por último admiro aqueles que investem pensando nos dividendos, a segunda melhor invenção da humanidade.

    Abraços a todos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou te confessar que nos momentos mais cruéis do meu trabalho quando eu tinha apenas 20.000 reais (como vocês veêm no meu blog tenho 94.500 hoje o que é ridículo conforme o ranking que montei dos amigos) eu vinha e relia os posts do VR, principalmente os primeiros para dar um ânimo a mais.

      VR é um pioneiro e merece todos os aplausos.

      Excluir
  58. Só o fato de pensar em juntar um milhão na bolsa já deixa amente afiada. Depois que comecei a investir e a estudar minha maneira de ver a vida mudou e muito. Hoje entendo melhor a humanidade, meus problemas causados pela momentânea falta de grana.


    Infelizmente nossa cultura trata mal o dinheiro, objeto lindo mágico e maravilhoso, a ponto de as pessoas quererem torrá-lo para não "ofender" a nossa cultura. UM caso de dissonância cognitiva....


    Hoje vejo o dinheiro, as ações, os dividendos como objetos mágicos que vão trazer muita coisa boa na minha vida.Eles são muito bons para a gente fazer se multiplicar na renda fixa e na variável.

    Viva o dinheiro, Viva os dividendos.

    ResponderExcluir
  59. Quanto mais eu converso sobre grana, melhor eu me sinto. Falar sobre investimentos ajuda a pensar em formas de aportar melhor, gastar menos.

    Hoje em dia eu sempre puxo assunto de dinheiro no trabalho e na familia. Sempre tenho boas ideias assim.

    Todos os blogueiros de finanças estão de parabéns.Dessa maneira ficaremos ricos neste país de analfabetos fianceiros.

    ResponderExcluir
  60. Adevogado do Diabo voltando ao assunto da venda coberta...

    Materia de ontem da Bloomberg com evidencias que a estrategia está longe de ser apenas coisa de sardinhas:

    Buy-Write Fund Attracts Most Trading Since April 2009: Options
    2012-02-09 16:25:19.170 GMT


    By Cecile Vannucci and Nikolaj Gammeltoft
    Feb. 9 (Bloomberg) -- Investors are flocking to an options
    trading strategy known as buy-write, seeking more predictable
    returns and higher yields as the U.S. equity bull market
    approaches its fourth year.
    PowerShares S&P 500 BuyWrite Portfolio trading volume
    averaged 127,459 shares a day in January, the highest monthly
    level since April 2009, data compiled by Bloomberg show.
    Strategists at the biggest securities firms, such as Goldman
    Sachs Group Inc. and BNP Paribas SA, said they’re seeing more
    interest in the strategy, which involves the purchase of stock
    and the sale of call options linked to the same security.
    The technique has gained in popularity because money
    managers want to increase returns given the decline in interest
    rates toward record lows, while reducing risk and portfolio
    volatility, according to Rampart Investment Management.
    Shareholders who use the system pocket the premium paid for the
    options they sell, generating income similar to a dividend.
    “People are starving for income,” Ronald Egalka, who
    helps oversee $1.25 billion in options as president and chief
    investment officer of Boston-based Rampart, said in a telephone
    interview yesterday. The firm has used options strategies for 29
    years. Investors “are concerned about volatility in the
    marketplace, they’re concerned about returns,” he said.
    While the Standard & Poor’s 500 Index is 14 percent below
    its 2007 record high, a Chicago Board Options Exchange gauge
    tracking the buy-write strategy has risen to levels never seen
    before in 23 years of data. The CBOE S&P 500 2% OTM BuyWrite
    Index gained 7.2 percent last year as the S&P 500 returned 2.1
    percent including dividends.

    Interest Rates

    Investors are seeking higher yields as interest rates
    remain at historical lows. The Federal Reserve said on Jan. 25
    that it may keep the target rate for overnight loans between
    banks at a record low until at least late 2014. The yield on 10-
    year Treasuries fell to 1.67 percent on Sept. 23, the lowest in
    Fed data going back to 1953, and ended yesterday at 1.98
    percent. That compares with the S&P 500’s dividend payout of 2
    percent.
    Using a buy-write strategy on the S&P 500 has produced
    bigger gains than the stock index in the past two decades. The
    CBOE index increased more than 11-fold since June 1988, while
    the S&P 500 produced almost a ninefold return including
    dividends, according to data compiled by Bloomberg.
    Bigger price swings in the equity market tend to increase
    returns from a buy-write strategy, according to Zeke Ashton, the
    Dallas-based manager of the Tilson Dividend Fund who uses the
    technique to generate income. The CBOE Volatility Index, or VIX,
    jumped to a two-year high of 48 in August as the European debt
    crisis intensified.

    ResponderExcluir
  61. O Portinho também tem uma série de posts com resultado de simulações mostrando que a estratégia é PÉSSIMA, e, finalizando a série de referências a estratégia, o Madoff também dizia que era através das covered calls que ele conseguia ganhar 1% ao mes sem volatilidades, rs...

    http://blogdoportinho.wordpress.com/2011/04/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu inglês e' básico e não da pra ler um texto tão longo. Quanto ao blog do Portinho acho q deve voltar lá, tem uma postagem em que ele comenta as simulações de um leitor. O leitor envia a simulação dizendo provar as vantagens do LC, Portinho rebate vários pontos e ao final conclui q não seria tão diferente o LC do BH simples. Isso e' o que eu lembro, não conseguir abrir o blog agora. A postagem e' recente.
      Capivara

      Excluir
  62. Para quem quiser relembrar o caso Bernie Madoff, recomendo o livro "The Wizard of Lies", no qual a autora Diana B. Henriques conta a história de vida desse personagem singular de Wall Street e que serve de alerta p/ todos nós: estude e administre o patrimônio por conta própria (enquanto possível) e jamais entregue todo o seu capital nas mãos de outra pessoa, por mais confiável e inteligente que ela possa parecer.

    ResponderExcluir
  63. Adevogado...

    É preciso ler com calma a news da bloomberg. E tb precisa conhecer corretamente qual o objetivo fim da estratégia LC, pra compreender corretamente a leitura da news sem se deixar iludir pelos próprios desejos.

    Veja que a news dá enfâse ao registro de um fato que está ocorrendo no momento e não exatamente enaltecendo ou confirmando a descoberta do Santo Graal: ou seja, eles somente noticiam o registro do aumento do volume dessa operação; que a mesma está se tornando no "momento" mais popular.

    E porque? Porque: “People are starving for income”, segundo deduzem. Ou seja, veladamente, não deixam de dar um certo tom de ganância/desepero popular (starving) por busca de rendimento a qualquer custo, visto as baixas taxas atuais por lá.

    Então veja que o simples fato de uma determinada operação estar sendo mais popular no momento, não a torna por consequência direta garantia de sucesso, ou meio sucesso, ou no mínimo segura para os tais holders. Somente indica que está sendo muito praticada no "momento" (lembre-se que a operação LC e muitas outras são conhecidas a fundo há mais de 50 anos e só agora ela está tão "popular" e justamente pela turminha dos out-outsiders, segundo Dow, O jones: os últimos a saber, sempre, rs).

    Mais além: se vc conhecer corretamente o conceitual dessa operação LC saberá que ela objetiva ser exercido e não o contrário. É uma operação classificada como "bull". Por isso que quando a news compara os seus resultados com SP500 dos últimos 20 anos ela traz melhores resultados. Porque? Porque há 20 anos atrás o SP500 era 400 e hoje é 1300. Então a medida que for dando exercicio, for recomprando, for exercido novamente e semmpre subindo, voilá, o resultado fica bonito. Se fosse o contrario com o SP500 caindo seria desastrosa a leitura passada da estratégia.

    Mais um pouco: a news fala em volatilidade alta, certo. Porque sem volatilidade alta, vc não tem "premios gordos" e aí vender calls do jeito que vcs acreditam (OTMs) fica inviável. Mas não se esqueça que volatilidade alta tanto pode ser a seu favor como contra, ou seja, só aumento o seu risco e aprenda uma coisa: quem vende call não faz "hedge", ao contrário é aquele que oferece hedge pra quem compra call. O especulador é aquele que vende call. O que me parece que não seja o "conceito" que fazem de si aqueles que se dizem holders. Por isso nome da "coisa" é pagar um "prêmio".

    Capivara, atendendo o seu pedido: começa por algo básico, simples e bem coerente: o livro do Rogé Ferreira: "Mercado de Opções". Não tente como muitos ir logo de John Hull, que esse livro é lugar comum, mas infelizmente muito confuso pra entender o básico.

    Procure dar mais enfâse a literatura técnica de profissionais já reconhecidos pelo mercado (e não por foristas de internet...). E menos atenção a conclusões tiradas lendo "news da bloomberg", "pequenas empresa grandes negócios", "exames da vida" ou mesmo as cartas de berkshire (faça o que eu falo não faça o que eu faço, rs).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adevogado, ta dizendo que pq é uma operação da moda não presta, nem sabia que era da moda, as poucas pessoas que conheço que operam só o fazem no mercado à vista. Não leio nenhum desses sites/revistas que citou com exceção de alguma coisa da Exame. Não conheço o livro do Roger Ferreira, mas já me interessei e já o encontrei no site Saraiva, será o próximo depois que eu terminar com o Mercado de ações em 25 lições, do Portinho, que já iniciei e O Jeito Ken Fisher de Investir, que já esta na estante, mas ainda não iniciei a leitura.

      Quanto a livro sobre Opções são poucos os nacionais, mas os que eu encontro faço questão de comprar, alem do Bastter tenho os do Lee Owell, o do Hugo Azevedo e o do Elvis Pfutzenreuter (esse autor tem um site bem legal).

      A pergunta básica aqui é a seguinte: Você possui ou acredita que é viável se possuir uma carteira de longo prazo, com empresas escolhidas pela análise de seus fundamentos e sem o uso do stop? Se vc me disser que rentabilidade passada não garante a futura e que no longo prazo todos estaremos mortos eu paro de argumentar e aceito sua posição. Caso contrario eu continuo insistindo que é vc quem não esta entendendo, o objetivo de quem lança OTM é não ser exercido . Quem guarda Petrobras para aposentadoria ( e tem doido que faz isso) não vendeu ontem com a queda de 7%, para esse, ter feito um LC minimizou suas perdas, já para o Trader não tinha sentido lançar, o negocio era usar o STOP e colocar o lucro no bolso.

      Capivara.

      Excluir
    2. Capivara, sem confusões, rs.

      O "adevogado" é o cara das LC com OTMs.

      Os livros que vc anda lendo tem alguns bens ruins na sua lista, principalmente sobre opções....

      Insisto de novo que procure se informar mais sobre o currículo do autor (como profissional reconhecido do mercado ou acadêmico de renome) e menos pelo marketing pessoal dos mesmos.

      E já temos muitos bons autores nacionais sobre mercado de opções além do Rogé como Lauro Araújo, Luis Mauricio da Silva (criador do programa flexscan).

      Excluir
    3. Sobre a sua pergunta básica(foram mais de uma, rs):

      1) Sim é viável vc manter uma "carteira de ações" pro LP independente do seu processo de escolha dessas ações. Mas "ações escolhidas" quando se aposta muito pro LP e ainda por cima sem stop, óbvio, essa alocação nunca poderá ser superior a no máximo entre 10% a 15% de todo o seu patrimonio líquido em renda fixa. Se vc errar, sem problemas. E se vc acertar, nada impede de vc tirar sorte grande. Mas qualquer critério adotado, sempre terá ser referendado por alguma forma de conhecimento claro de qual será a sua perda máxima que não seja o tradicional coçar o queixo com o velho argumento boboca: "ahhh, perder faz parte".

      2) A única forma mais ou menos segura de vc apostar no LP em termos de renda variável em procentagens maiores da citada acima (dentro desse seu ponto de vista de "aposentadoria") e ainda por cima sem stop..... Só investindo num fundo que replique o IBOV. Cuidado com as tais blue chips. Acredite, é uma coisa que de tempos em tempos o mercado troca e elege outras pro lugar. E desde que o ibov passou a ficar de lado depois da forte alta de 2009, a moda agora é só falar em "ações com bons fundamentos e boas pagadoras de dividendos", rs. Agradeça a mídia financeira por isso. A maioria dos blogueiros de plantão só "reverberam" aquilo que tá moda na mídia que nada mais que: "vamos vender a mesma coisa de sempre mas com um embrulho novo". Enquanto isso o povo acha que tá falando algo intelectualmente original.

      3) Espero que não se magoe, com o que vou dizer: mas quem "não está entendendo" é você. Por uma razão simples: vc já deixou claro que não conhece o conceitual de estratégias com opções. Portanto sem essa "base", é impossível fazê-lo compreender. Alías quando vc conhecer o básico de verdade, com certeza, nem será necessário que eu te explique mais nada.

      4) Pra tentar pelo menos fazer vc pensar: imagine quem comprou embratel, plim (atual netc) no final dos anos 90 na casa dos 50 reais. Ou as mais recentes Telemar (ex-blue chip...) na casa dos 40 reais até 2004 e que estejam fazendo LC até hoje? Vc acha realmente que está "funcionando" pra esses caras fazer LC até hoje? E o custo de carregamento sobre esses valores? E se num dia de azar o ativo explode e vc é exercido num strike 20 quando o custo do ativo "ainda" bem perot da casa dos 40?

      5) E usando o seu exemplo com a petro do dia 10/02. Imagine na quinta-feira vc comprando a petro a 25,50 e lançando todo pimpão uma OTM de 0,25 cents. No final da sexta-feira a sua OTM fecha a 0,03 cents e vc lucra 0,22 cents! Uauuu.... Mas a sua petro comprado a 25,50 passou a valer 23,50 no fechamento. Prejuízo de 2 reais.... Me diz: "quantas" OTMs lançadas de 0,25 cents vc vai ter que acertar no futuro pra recuperar os 1,78 (2 - 0,22) do prejuizo acumulado? Isso se chama "operação enxugar gelo". É isso que andam ensinando por aí como "minimizar perdas". Na prática vc se enterra cada vez mais no ativo-objeto em troca de alguns trocados embolsados. E a medida que vc for lançando num strike cada vez mais baixo a medida que o ativo-objeto for descendo a ladeira (pra não deixar de se "remunerar") uma hora o preço explode pro alto e engole o seu strike ex-OTM. Alguém vai te contar algo sobre stop, mas eu te aviso que gaps em opções são violentos e pulam stopes na velocidade da luz. E quem vende calls com cobertura sobre ações (e não com cobertura por outra call) são os primeiros da fila pra serem exercidos quando as ex-OTMs viram ITMs.

      As corretoras agradecem a sua "incompreensão".

      Excluir
    4. Anonimo, respeito muito suas opiniões... o que voce pensa em termos de alocação de patrimonio? No que acredita, como investe..?

      Ah, o livro do Lauro Araújo é excelente!!

      Adevogado,

      Abs

      Excluir
    5. Blue Chips é modismo, o investimento tem que ser fundamentado. E sair dele se deixar de ser fundamentado. Quanto a investir no que se fala na mídia, sugiro mudar de canal quando a Patricia Poeta começar a falar de ações! E caso um analista de merda comece a falar, deligue a TV!

      Faça você mesmo suas análises!
      Abraço !

      Excluir
  64. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem ofensas pessoais. Se rentabilidade fosse a unica variavel, estaria investido apenas em acoes pequenas de valor com pouquissima liquidez. Volatilidade importa.

      Excluir
  65. Com a renda fixa consegue-se tranquilidade para investir em épocas de crises maravilhosas.Caso a Grécia dê calote a bovespa despenca e o mundo fica mais bonito.

    Quem tiver com metade do patrimônio na renda fixa vai poder comprar ações em liquidação e receber muitos dividendos.


    Quem recebe bons dividendos pode ter até duas amantes, pois não vai ter prejuízo. Mas o cara sem dinheiro tem de ser fiel à esposa.

    ResponderExcluir
  66. Com um milhão o investidor já pode em pensar em como aproveitar a renda. Pois o pior já passou, montar o patrimônio, ficar na expectativa por valores, ter dúvidas quanto as estratégias.

    Acho que se pode calcular como melhorar a qualidade de vida sem comprometer o segundo milhão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não concordo. 1 milhão é muito pouco... Garante apenas $ 4.000 de renda eterna mensal... com 3 ou 4 dá pra relaxar um pouco...

      Excluir
    2. É mesmo. 1 milhão é muito pouco. Na verdade não é quase nada, é praticamente lixo.

      Excluir
    3. Quando tinha 100k achava que o alvo ideal seria 500k
      Com 500k o ideal pareceu ser 1M
      Com 1M o ideal uns 4M

      Hoje com 3M6 o ideal me parece 10M.

      Será que 10M é mesmo o suficiente? Dúvido...

      Excluir
    4. Po então teremos que viver a vida inteira trabalhando?

      Então simplesmente vou torrar meu salário em sexo, viagens e bens eletrônicos.

      Qual a verdade? O sonho do milhão é uma farsa?

      Excluir
    5. Depende do que vc quer da vida... Se consegue viver com 4000,00 por mes, 1M tá bom....

      Excluir
  67. Caramba, a ciência descobriu algo inédito:

    http://noticias.terra.com.br/ciencia/noticias/0,,OI3457594-EI238,00-Homens+mais+ricos+dao+mais+prazer+as+mulheres+diz+estudo.html

    Segundo a pesquisa quanto mais dinheiro tem o homem mais orgasmos a mulher tem, fiquei espantado, será que é assim mesmo?

    Acho que o amor é mais forte que o dinheiro!!!

    ResponderExcluir
  68. Pessoal,

    Acompanhei toda a discussão sobre a VC e gostaria de tirar uma dúvida.

    Premissas:
    - Venda Coberta é venda de call OTM distante suficiente para evitar exercício em qualquer tempo;
    - Digamos que o valor da ação "explodiu", então todas opções sobem pelo efeito delta e gama;
    - strike opção OTM1 < strike opção OTM2;
    - o objetivo é evitar exercício;
    - a opção é de uma empresa excelente qualquer (quero discutir a ideia teórica);
    - estamos num mercado de alta.

    Se estou vendido em OTM1, perco a variação Delta + Gama. Mas posso recomprar a OTM1 e vender a OTM2. OTM2 também valorizou pelo efeito Delta + Gama, mas a valorização foi menor. Portanto, evitei o exercício.

    Se o preço da OTM1 de stop < preço OTM1 no lançamento + preço OTM2 no lançamento, ganho.
    Se o preço da OTM1 de stop = preço OTM1 no lançamento + preço OTM2 no lançamento, empato.
    Se o preço da OTM1 de stop > preço OTM1 no lançamento + preço OTM2 no lançamento, perco.

    Para ganhar, preciso ter um stop para evitar as "explosões de preços". Além disso, perdas pequenas são compensadas pelos meses que a ação sobe pouco, andam de lado ou caem.

    1) Vocês acreditam que uma ação possa "explodir" várias vezes seguidas num intervalo de anos?

    2) Vocês acreditam que todas as ações que tem opções deixarão de te-las?

    3) Não estamos dando muito valor para uma operação isolada ao invés de avaliar o conjunto de operações? Ainda mais quando sabemos que a volatilidade de 1 ano do ibovespa é bem superior a de 10 anos!

    Abraços,
    Sir Income

    ResponderExcluir
  69. Income,

    Pergunta muito longa, muitos detalhes e resposta pra isso será mais longa ainda... E acredito infrutífera.

    Acho que o VR nem deve tá gostando disso, rs

    Se vc tem conhecimento completo do que sejam estratégias com opções e compreensão correta do que seja a operação venda cobertas, então a visão ampla do “conjunto de operações” se fará clara.

    Mas quando "teorizamos" demais esse assunto, sem a necessária profundidade conceitual já consolidada anteriormente, realmente fica difícil.

    Essa suas simulações com OTM1, OTM2, maior e menor, como stop e sem, etc... estão tornando complexa uma coisa que é simples.

    Veja que se vc vende uma call otm e recompra a mesma mais cara (stop) vc acabou de fechar uma única operação. Operação “A” com prejuízo, ponto final.

    Se em seguida vc vende uma nova call otm2 e a recompra mais barato ou ela vira pó, vc acabou de fechar uma única operação. Operação “B” com prejuízo, ponto final.

    Não tem essa mistura toda que vc fez. As operações “A” e “B” e mais outras serão confrontadas contabilmente e consolida-se um único resultado: ou lucro ou prejuízo.

    E pra considerar isso que vc quer analisar sob esse seu ponto de vista de um “conjunto das operações”.... Então terá que considerar tb o valor de custo do seu ativo-objeto e o seu custo de carregamento. Vc considera esses valores?

    Porque se vc considerar notará que em muitas ocasiões aquilo que vc ganha num lançamento não exercido, vc perde através da perda de valor do seu ativo-objeto. Ou seja, a tal “remuneração” do sua carteira não é as custas do mercado, mas sim, é “extraído” do valor que vc pagou ou do valor médio do custo do seu ativo.

    Existe até uma estratégia de modelagem dinâmica (comprando e vendendo calls e ativos de acordo com o movimento dos preços, do delta e do gamma) pra isso que vc acredita ser possível como um “conjunto de operações”. É a operação delta neutral. Complexa, envolve margem na corretora, com risco em alguns momentos incontrolável e exige monitoramento 100% durante o pregão. Mas há quem prega e pratica...

    Mas fazer isso nesse modelo beque parado de vcs com nome de "LC me remunera", tipo, eu tenho um ativo-comprado e lanço uma OTM1, se der errado, eu lanço a OTM2 e assim por diante até dar certo, não existe.

    E mais: esse seu exemplo fica inútil faltando 5 a 7 pregões do vencimento. Porque nessa situação o valor extrinseco fica muito proximo do zero. Então qualquer “corrida” pra um strike superior OTM será trocar um valor próximo de 2 reais contra um valor próximo de 5 ou 10 cents.

    Exemplo: vc vende uma OTM strike 10 por 0,50 cents faltando 20 pregões. Então quando faltam 5 pregões pro vencimento o ativo-objeto explode (de sexta pra segunda não é tão incomum) e vai pra 11,50...

    Então vc assume o prejuizo é recompra essa ex-OTM, agora ITM por algo perto de 1,65 (o VE tá baixo, pela prox. do venc.). Então o prejuízo será em torno de 1,15, certo? E aí quando vc vai ver o proximo strike 12, agora meio ATM e meio OTM estará no máximo por quanto? Por 1,15? 1,00? Rsrs....

    No máximo por algo em torno entre 0,30 e 0,50 cents porque o VE tá proximo a zero. Se vc vender e virar pó.... Essa segunda operação com lucro de uns 0,50 cobre o prejuizo anterior de 1,15 na hora do confronto de contas? Não.

    E se der outra explosão faltando 2 pregões (vencimento é sempre nas segunda, kibon né?). Vc talvez terá mais grana pra cobrir outro prejuizo? Ou vai deixar exercer? Se teu custo do ativo-objeto estiver abaixo ou em 10,00, tudo bem. Mas se estiver em 15, ou 20 ou mais?

    E parou pra pensar que se vc estiver se “recuperando” no valor do seu ativo-objeto (quando valor custo maior que valor spot), caaaaso seja exercido em strike 10 reais numa ativo que está no mercado spot (a vista) por 13 vc acaba de entregar pro mercado 2,50 (3 – 0,50 da otm) que vc “deixou” de “recuperar” pelo seu ativo? Fora o prejuizo realizado no ativo-objeto (quando valor custo maior que valor spot)?

    ResponderExcluir
  70. errata

    onde se lê:

    Se em seguida vc vende uma nova call otm2 e a recompra mais barato ou ela vira pó, vc acabou de fechar uma única operação. Operação “B” com prejuízo, ponto final.

    o certo é:

    Se em seguida vc vende uma nova call otm2 e a recompra mais barato ou ela vira pó, vc acabou de fechar uma única operação. Operação “B” com LUCRO, ponto final.

    ResponderExcluir
  71. Essa discussão da opção fica claro que é uma roubada pra quem trabalha que nem animal e não tem tempo de ficar que nem um doido na frente do homebroker.

    A questão que surgiu que me deixou deprimido é: Nem com 1 milhão é possível largar o emprego?

    Então vou ali me matar gente, que é isso, que fala a verdade?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais um tema para vc q gosta de calcular tudo, qto precisa para tirar um salário razoável e ainda reinvestir de modo que a bola de neve continue crescendo. Lembre-se que quer vida boa e q não tem carro nem casa. Podia colocar 3 perfis, o q quer largar o trabalho sem grana pra nada, o q quer classe media, e quanto precisa para circular no meio das panicats, hehehe êh.

      Excluir
    2. O Pobretão resumiu bem, para o investidor ganhar com opções é preciso ficar em casa o dia inteiro, quem trabalha tem mais o que fazer...

      Excluir
  72. "Because of the income they bring and the defensive power they can add to a portfolio, covered calls have approximately doubled the return on the S&P 500 over the past 20 years."

    http://www.fool.com/investing/options/2010/12/06/better-than-buy-and-hold.aspx

    Abraços,
    Sir Income

    ResponderExcluir
  73. Income, sir...rs

    Pois é. Isso aí já foi explicado quando comentei a news da bloomberg.

    Também... um garoto-trader de web que se intula "sir" não poderiamos esperar outra coisa senão a tradicional saída de colar um link em inglês pra fechar com natural superioridade e empáfia sua incerteza, rs

    Mas já estou ficando repetitivo, então chega.

    Valeu o espaço, VR.

    AQUELE ABRAÇO!

    ResponderExcluir
  74. Pobretão, fica assim não...kkkk

    A gente se encontra ou lá no Valentim Terra ou no Investidor Pequeno!


    Vamos dar um jeito nisso, mas primeiro vamos juntar o tal milhão!

    El Gnomo de Itapira, seu criado!

    PS - valentim anda muito chato com esse lance de querer vender relatorios. E se quiser saber mais sobre LC e estratégias com opções, vc pode me procurar. Já os outros por aqui que me fizeram escrever muito, me cansaram sobre maneira... kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    2. Vá fazer propaganda dos seus relatórios bizarros na casa do caralho.

      Abraços,

      VR.

      Excluir
    3. Pois é, vamos ao primeiro milhão. Quem não acha que é o suficiente que fica no trabalho levando gritos no ouvido.

      Onde já se viu milionário tomando cutucões de chefe no trabalho?

      Esses caras são loucos aqui.

      Excluir
  75. Trabalha acadêmico em português

    Assim ninguém chora...rs

    http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/19196/000735777.pdf?sequence=1

    Abraços,
    Sir Income

    ResponderExcluir
  76. Sir Income apelou... pra aperfeiçoar a arte:

    COMO VENCER UM DEBATE SEM PRECISAR TER RAZAO
    EM 38 ESTRATAGEMAS (DIALETICA ERISTICA)
    Formato: Livro
    Autor: SCHOPENHAUER, ARTHUR

    http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem=87849

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te dou um trabalho acadêmico que prova que a estratégia da resultado e você me diz que não tenho razão...kkkk

      Excluir
    2. Anônimo contra os LC, pode deixar que irei consultar a biografia q indicou. Pode ate ser q vc seja um operador experiente e tenha alguma razão no que esta postando, nesse mundo virtual fake ninguém sabe quem esta do outro lado. Acho q o ponto de maior discordância e' q vc não aceita q alguém opere longo prazo sem Stop. Quem opera dessa forma não quer saber do preço da cotação, quer ser sócio da empresa. A questão não e' a volatilidade nem o tamanho dos prêmios, se fosse por volatilidade a OGX seria a preferida dos holderes, o prêmio e' um plus e a empresa não deve ser escolhida por ter essa característica.
      No mais agradeço aos q participaram da discussão e ao VR q permitu.
      Abraço a todos.
      Capivara.

      Excluir
  77. Mas onde está escrito que o lançamento coberto é mais rentável...?
    A única conclusão é que produz um sharpe melhor... e ainda assim , dado o nível do texto, é de se duvidar...

    ResponderExcluir
  78. Quem é iniciante nos investimentos tem que tomar muito cuidado com os troll e com tudo que lê na net. Muito cuidado com este Valentim Terra que tenta vender análise de empresas na net, isso não é certo, já o denunciei pra CVM. Espero que tomem uma alguma atitute com relação a isso.

    Anderson

    ResponderExcluir
  79. Opção é o caralho, pora, não quero especular, nem ficar sonhando com ganhos fáceis.Quero ficar rico em 8 anos, com coisas simples tipo alocação de ativos, reinvestimento de dividendos, diminuição de gastos na hora do almoço, pechinchas com piranhas.

    Não comprei nenhum livro sobre opções, nem quero aprender muito sobre isso para não ficar tentado a arriscar e me tornar um viciado maluco.

    Quero ganhar dinheiro como Buffet, sem ariscar, comprando small caps cheias de liquidez, p/ls baixos e yelds altos.

    Quem gosta de opção pode ir ao site do Bastter.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com vc.
      Más.....no site do Bastter agora tem muita informação boa sobre FII´s...vai lá conferir! Eu me surpreendi.

      Excluir
  80. Quem aqui consegue conversar sobre investimentos ou dinheiro com parentes e amigos em geral ???Eu me sinto no deserto, parece que falo os piores palvrões do mundo ao mencionar investimentos, como se eu fosse um cruel safado capitalista...

    Seria interesssante saber por que um objeto de uso diário é tão discriminado. Falar de putaria é fácil hoje em dia, mas falar de grana parece que ofende....


    O blog é ótimo pelas técnicas de investimento e alocação mas tem muita qualidade por analisar as outras partes da vida influenciadas pelo nosso amado dinheiro maravilha.

    Eu gostaria de poder conversar mais sobre grana no dia a dia, mas não vejo gente disposta a trocar uma mínima palavra soobre isso.

    ResponderExcluir
  81. VR acabei de ler um comentário lá no blog do I40 que me fez cair o queixo.

    http://investir40.blogspot.com/2012/02/vamos-falar-de-um-ilustre-personagem.html

    Acho que todo mundo que investe ou pensa em investir em Fundo Imobiliário deveria ler também. O texto na verdade cita o conselheiro do TCE, Eduardo Bittencourt Carvalho, acusado de várias falcatruas. O que me chamou atenção foi a citação do genro dele, Adriano Mantesso, que é o gestor do BRCR11B, o maior fundo imobiliario brasileiro.

    Tenho cotas desse fundo, e não gostei nada do que li. Quer dizer, O MEU DINHEIRO está sendo gerido por um sujeito que já foi favorecido por lavagem de dinheiro? O tal gestor desse fundo e suas cunhadas foram favorecidos pelo nepotismo, recebendo salários de até 20k, enquanto eu com muito suor economizo meus 500 pilas por mês para investir e comprar cotas do BRCR11B e ter o meu dinheiro administrado por um malandro.

    Não sei se a hora é boa ou não, mas botei minhas cotas a venda, não quero mais pagar taxa de administração para pilantra.

    Renato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nao conheco direito o fundo nem o individuo entao prefiro nao opinar.

      Excluir
  82. É fogo, o caminho do investidor tem muitos desafios, muitos percalços. Infelizmente não é muito fácil atingir o primeiro milhão, existe muitos obstáculos, como mulher gastadeira, governo que mete a mão nos impostos, sociedade burra e preconceituosa contra o dinheiro e os que querem ganhá-lo honestamente.


    Mas quem conhece a pobreza sabe quanto ela é ruim, por isso eu lutarei para vencer todos os obstáculos, tudo que aparecer só vai me fazer ficar mais motivado para aumentar os meus aportes.

    Infelizmente existem muitos safados na política, nas instituições, mas se formos chorar por essa porra não colocaremos nem dinheiro na poupança.

    ResponderExcluir
  83. Hoje emdia todo preconceito é malvisto, todo mundo pode reclamar e lutar contra o absurdo da discriminação, o que é algo positivo para a sociedade.


    POr outro lado quem fala que quer gnhara dinheiro e lucrar é visto como mercenário egoísta. Falar que se investe em ações é quase visto como um crime pelos idiotas.

    Alguém aqui também sofreu esse preconceito????

    ResponderExcluir
  84. Porra, ele tá certo, é quase impossível falar de dinheiro sem ser criticado e tachado de materialista egoísta quase bandido....

    Para conversar sobre lucros só aqui na net mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Melhor falar que é gay/viado ao invés de falar que é investidor. Sofre menos preconceito.

      Doidão.

      Excluir
  85. Quanto mais dinheiro eu ganho com investimentos melhor eu vivo.

    Aprender a investir foi a coisa mais legal que aprendi na vida.

    ResponderExcluir
  86. Muito interessante esta discussão sobre opções. Gostaria de indicar um texto muito bacana do Zé da Silva do Clube do Pai Rico sobre o lançamento coberto de opções. Vale muito a pensa ler o texto, o Zé é um dos maiores feras quando o assunto é LC, só em 2010 ele conseguiu mais de 60% de rentabilidade, já aprendi muito com ele.

    Mullen Camp


    3 formas de se ganhar dinheiro com Venda Coberta de Opções

    http://www.clubedopairico.com.br/3-formas-de-se-ganhar-dinheiro-com-venda-coberta-de-opcoes

    ResponderExcluir
  87. VR, você podia fzer um post indicando uma boa bibliografia (mesmo estrangeira) em ações...

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ops, quis dizer; uma boa bibliografia, mesmo estrangeira, SOBRE INVESTIMENTOS em ações. Na verdade, sobre investimentos em geral.

      Excluir
    2. Qualquer coisa de Bogle, Rick Ferri ou Swedroe.

      Excluir
    3. Valeu; tenho aqui o Bogleheads Guide to Investing, em PDF (que não é do Bogle em si). Os outros, vou pesquisar.

      Excluir
  88. Quanto mais dinheiro na minha vida melhor.

    Quanto mais eu invisto melhor para o mundo.

    Receber dividendos é uma forma superior de inteligência.

    Acumular milhoes de reais é divino e sensacional.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, nada melhor que se entopir de dividendos e ver o dinheiro jorrar na sua conta. :D

      Excluir
  89. VIVER DE RENDA, para sair dos 500k e chegar a 1000k no final do ano, vc tá esperando um grande aporte, né?

    ResponderExcluir
  90. VR, estou nos blogs, com uma estratégia assaz idiota. Visite-me!Abraços.

    ResponderExcluir
  91. Me adicionem no blog de vocês, eu adiciono de volta!

    ResponderExcluir
  92. VR, participo pouco do seu site há muito tempo, desde 2009 quando você tinha 100k e escreveu como alugar ações.
    Criei um blog onde pretendo falar sobre finanças, e também expôr minha jornada para ter R$1 milhão até 2013.

    Gostaria de saber se você tem interesse em ter o nome do seu blog na minha lista de blogs recomendados, em troca de eu ter o meu na sua lista.

    Meu blog é milhao2013.blogspot.com
    Caso tenha, por favor coloque aí e me dê um toque lá que eu coloco na mesma hora

    Obrigado
    PS: Vamos ver quem chega no milhão primeiro. Tô vendo aqui que em abril de 2009 você tinha aproximadamente 40k e eu por MUITA coincidência também tinha aproximadamente isso aí nesse mês e ano.

    ResponderExcluir
  93. Olá tudo certo Viver de Renda ?! Cara criei o meu blog agora também e sou um grande admirador do seu. Assim que possível passe para dar uma conferida, lhe adicionarei como blogs indicados, sucesso ! Valeu

    ResponderExcluir
  94. Somos dois,Vito.Também comecei meu blog a gora e me inspiro muito no Viver de Renda.
    Ao dono do blog,meus parabéns pelo sucesso e boa sorte no futuro!\o/

    ResponderExcluir
  95. Ola VR, acho que respondi sua pergunta no meu blog. Depois me conta lá se fechou negócio e qual a taxa ?
    Me adiciona ai no seu blogroll, se quiser claro. Abraços.

    http://camaleaofaminto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  96. cara... acompanho vc desde 2009... parabens... please nao para o blog nao... ja assinei e estou seguindo num plano quase igual...sorte pra nos

    ResponderExcluir