segunda-feira, 2 de maio de 2016

Atualização Mensal: Abril 2016: R$ 3.076.939,38

Meu portfólio em março seguiu a tendência de alta com o prosseguimento da queda dos yields dos títulos públicos com a percepção pelo mercado de menor risco conjuntural do Brasil com a perspectiva quase certa da queda da Dilma.

Resultado prático disso é que estou R$163.000,00 mais rico quando o esperado seria uma apreciação de "apenas" R$30.000,00. Cheguei aos sonhados R$3.000.000,00 mesmo sem ter feito nenhum aporte. Segue abaixo a já conhecida tabela:



A minha renda passiva do TD permanece na faixa dos R$8.500,00 e deve permanecer assim até o próximo pagamento de cupom em agosto. Não fiz nenhum aporte esse mês e o valor que sobrar será direcionado à reserva de emergência para gastos com a reforma do apartamento. Em julho terá vencimento de uma LCI do banco Máxima que nas condições atuais será direcionada a algum título bancário de curto-médio prazo com correção da inflação. Após rápida análise não vejo como momento adequado investir nem em FIIs nem em ações nem no exterior. A perspectiva para os aluguéis em rio e são paulo são as piores possíveis pelo menos até 2020. Também me recuso a investir em Bonds americanos com rendimento real bruto de 0,1% a.a. ou em um S&P500 com PL de 24 e PL10 de 26.

Psicologicamente estou mais relaxado a cada mês que passa. Não tanto pelos R$3.000.000,00 mas pela crescente certeza de que os R$8.500,00-R$12.000,00 mensais serão mais do que suficientes para me manter até o fim. O Brasil realmente é uma terra sui generis no que se refere à rentabilização da renda fixa. Fui burro em não aproveitar disso no início de 2008 (risk premium negativo das ações) e espero nunca mais cometer esse erro. Valuation é importante no longo prazo!


81 comentários:

  1. To doido pra comprar FII...

    ResponderExcluir
  2. Viver de renda! Parabéns pela estratégia e pelo patrimônio alcançado. Agora esclarece melhor o que você faria diferente, se você pudesse voltar a 2008 em termos de investimento?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem sentido comprar Petr4 com PL de 15 com tesouro pagando NTNB a quase 8% como foi o que aconteceu no início de 2008. Risco de prêmio negativo, mas naquela época eu era ignorante com relação a essas coisas...

      Excluir
  3. Ótima evolução.

    Ainda acho extremamente arriscado o excesso em TD, mas vejo que possui uma boa quantidade de outros ativos de renda fixa diversos.

    Acho os CRIs avulsos uma boa opção para renda mensal e correção pela inflação. Eles vão amortizando e pagando juros. Cabe a você decidir reinvestir ou usar a renda.

    Há algumas debêntures incentivadas no mercado secundário, que com um pouco de paciência consegue-se comprar por um bom preço.

    A subida das ações e FIIs nestes últimos meses tirou um pouco da atratividade, mas por outro lado a mudança no cenário político trouxe um pouco de luz para o futuro do país. Entretanto, vai demorar e muito para consertar o estrago deixado pelo PT.

    O grande problema do Brasil é esse e não vejo muita solução: o poder de estrago econômico dos políticos é monumental.

    Abçs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pq extremamente arriscado o excesso de TD?
      Salvo se for investir em algo no exterior, é o risco soberano do país.

      Se o governo der calote (de fato, ou via inflação), qualquer outro ativo vai sofrer, isso se não 'defaultar'.

      Basta olhar para qq balanço de banco e/ou empresa grande pra ver que o caixa está lotado de tpf, ou passando em compromissada.

      Abs

      Excluir
    2. O governo está operando em déficit. A economia está destruída. Precisamos de reformas profundas e cortes brutal de gastos do Estado.

      Será que o governo Temer fará isso?

      Se não fizer, não adianta nada ter 14% de juros com a moeda desvalorizando na mesma proporção.

      Abçs!

      Excluir
    3. II,

      Aí que entra a renda fixa corrigida pela inflação, que mantém o poder de compra da pessoa que é aquilo que queremos. Fora isso é investir em FII com perspectiva de ajuste de aluguéis negativos ou investimento no exterior com rendimento real de 0% ou ações com PL de 26.

      Excluir
    4. Fora os custos de fricção de enviar $ pro exterior!

      Excluir
    5. Os juros zero são para títulos soberanos de curto prazo em dólar e de médio e curto prazo em euro e franco suíço.

      É possível comprar Bonds no mercado secundário com grau de investimento, prazo abaixo de 10 anos e yield acima de 5% ao ano.

      Abçs!

      Excluir
    6. II,

      Estou falando de taxas reais, comparação sempre apples-to-apples. Tesouro americano está pagando antes de imposto 0,1% pra 10 anos, 0,6% pra 20 anos e 0,9% pra 30 anos nas tips.

      Eu e você sabemos que toda essa diferença é credit risk, então ninguém exige 5% em ativo com grau de investimento e paga feliz 0,1% em tesouro se o risco de crédito não for largamente diferente. Como balizamento o fundo da Vanguard Corporate intermediário está com SEC yield de 3%, maioria BAA.

      Abs.,

      VR.

      Excluir
  4. Beleza de número!

    Meu sonho é chegar em (hoje) 3,6 milhoes.

    Me sentiria garantido neste patamar!

    ResponderExcluir
  5. Ah, uma pergunta...

    Caso os juros caiam e as taxas de NTNBs voltem a cifras de 4,5-5%, pensa em "realizar lucro" do TD ou pensa em levar os titulos até o vencimento?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Levar até o vencimento. Preciso dessa tranquilidade.

      Excluir
  6. VR, não sei se já foi motivo de discussão por aqui, mas como é feito o cálculo no pagamento dos cupons? Há alguma relação com a marcação a mercado ou não? Se o valor dos títulos sobe, o pagamento de cupons sobe ou é mantido conforme a taxa contratada?
    Leandro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nenhuma relação com a marcação a mercado. Paga valor acordado no momento da compra corrigido pela inflação do período. Mais informações no próprio site do TD.

      Excluir
  7. Meus parabéns, com certeza 8k~12k é o suficiente pra viver aqui.

    ResponderExcluir
  8. Muito bom, a compra do TD foi no melhor momento mesmo.

    Se voce vendesse hoje, poderia conseguir em torno de 30K mes em FIIs, mas, e o que voce ja conhece: Analises, raiva, vacancia, noticias inesperadas ...

    As vezes penso que a paz tem seu preço, nao basta apenas atingir uma cifra X reais, e sim ter paz e tranquilidade para usufruir do capital e principalmente da vida.

    Abraco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VdC,

      Ainda assim eu ainda ganho a correção da inflação com IR diferido por 35 anos, então o rendimento total bruto é cerca de R$30.000,00 por mês, igual aos FIIs. Meu problema é que ao contrário do valor das cotas dos FIIs também serem ajustadas pela inflação (cenário normal), eu penso da mesma forma que o Credit Suisse, que os preços pedidos do aluguel vão cair até 2018 devido a alta vacância. O valor do aluguel/m² está mais baixo que em 2011 tanto para imóveis AAA/AA quanto A/B. O yield premium dos FIIs está muito baixo pra essa conjuntura atual (~4%). Mais uma vez repito: fui burro em investir em FIIs em 2011 com um prêmio de risco de 2% e não vou repetir esse erro quando as perspectivas são de leasing spreads extremamente negativos, jogando todo esse prêmio no lixo "and then some".

      Excluir
    2. VR,

      Este é um grande dilema p/ quem não atingiu um grande valor p/ aplicação no TD.

      Simulando agora, por exemplo, se eu aplicasse os mesmos R$ 110.000,00 que tenho atualmente em FII, e que geram uma renda de aproximadamente R$ 1.050,00, considerando NTN-B 2050 + Juros Semestrais, a uma taxa de inflação simulada de 8%, os rendimentos estariam na casa de R$ 465,00 por mês, mesmo sabendo que a tendência é ir aumentando este valor.

      Para quem não tem um valor tão expressivo, é continuar correndo os riscos inerentes da renda variável.

      Pergunto: Com um valor mais baixo, como este que citei, como você faria p/ acumular o mesmo montante que tem atualmente? Usaria o TD ou iria nas outras rendas fixas? Ações: Se aventuraria?

      Agora, o que eu enfatizei no meu texto foi exatamente ter esta paz e tranquilidade de saber que a cada 6 meses serão creditados os valores determinados na compra do TD.

      Tem horas que fico muito desanimado tendo que ler relatórios e confiar que as informações são reais (apesar das auditorias).

      Abraço

      Excluir
    3. VdC, você está esquecendo da inflação. O rendimento do TD seriam os R$465,00 + a inflação que é acumulada e paga no vencimento do título levando o rendimento total a R$1.000-R$1.100,00. Claro que O FII também não tem só o yield já que a tendência é os imóveis serem corrigidos pela inflação. Meu problema atual é que a perspectiva para os próximos anos no RJ e SP são péssimas, é praticamente certo que os aluguéis vão cair, então não vale a pena no curto prazo pra mim.

      Eu não tocaria nos FIIs HOJE nem se tivesse R$10 ou R$10 milhões. Depende de muitas variáveis, mas o TD ainda paga bem demais. Só comparar lá fora, EUA pagando bruto 0,1% a.a. e a gente 6,1%.

      Abs.,

      VR.

      Excluir
    4. Entendi VR,

      Obrigado pela resposta, é uma verdadeira aula!

      Grande abraço

      Excluir
    5. "Meu problema atual é que a perspectiva para os próximos anos no RJ e SP são péssimas"

      VR, as perspectivas são péssimas...depois menos ruins...depois estáveis...depois de crescimento...depois serão fantásticas de tão boas...depois de bolha...depois cai pro patamar atual...

      Isso se chama ciclo, e ocorre há décadas.

      Você está dizendo, em outras palavras, que não investe num ativo por que não consegue acertar o fundo?

      Você se arrepende da R.V por que, no espaço de 4 anos, não rendeu tanto quanto R.F ? Sério? 2011 pra 2015 é seu horizonte de comparação? Sério mesmo?

      Excluir
    6. Rafael,

      Não é questão de acertar fundo, é questão de não estar confortável com os dados que estão a nossa frente. São Paulo e Rio vão ter vacância crescente até 2018. Leasing spread negativo de 2 dígitos. Ou seja, está claro que ainda há muito sangue a correr esse ano e no mínimo em 2017. Esse é um lado dos FIIs, o outro a perspectiva é bem melhor que é a correlação quase que perfeitamente negativa com tx de juros já que a expectativa é de queda, mas isso eu também tenho nas NTNBs então sinceramente estou super tranquilo em não pegar faca caindo. Em 2017 eu começo a pensar em FII, em 2018 talvez invista algo.

      O meu arrependimento não é de olhar pra trás e querer ter comprado apple a 1 dólar ou bitcoin a 1 centavo, isso ninguém conseguia prever, o que me arrependo é em 2008 eu ver Tesouro pagando NTNB a 8%, Petrobras com PL de 15 aí chega o "gênio" e coloca o dinheiro suado na Petro/bolsa etc. Em situações extremas realmente bate o arrependimento. Não é o que está ocorrendo agora.

      Abs.,

      VR.

      Excluir
  9. Belíssimo capital. Todos sofremos ao buscar sempre maior rentabilidade. Parabéns por ter a paz de espírito e se contentar com o TD. Quando eu chegar lá espero ter também!

    ResponderExcluir
  10. Bom dia VR!

    Parabéns pelo patrimônio!

    Tendo em vista que a maioria das projeções acredita que a inflação deva cair drasticamente, por qual motivo vai aplicar em algum título bancário de curto-médio prazo com correção da inflação?

    Obrigado!

    Abraço,

    RJ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. RJ,

      Porque eu não tenho confiança no governo em não utilizar a inflação como método para aliviar o problema da dívida pública, que não tenho dúvida será o grande desafio do país até o fim dessa década. A política não pode ignorar a aritmética eternamente.

      Abs.,

      VR.

      Excluir
    2. VR,

      Legal! Tb estou com esse pensamento, tanto que ontem adquiri uma LC 8,20% + IGPM.

      Abç,

      RJ

      Excluir
    3. Me corrija se eu estiver errado, mas LC (ao contrário de LCI e LCA) não é isenta de IR...

      Excluir
    4. VR, não lhe preocupa deixar uma porcentagem grande de seu patrimônio emprestado ao governo por um tempo tao longo como 30 anos?

      Excluir
    5. Mais uma pergunta, quando voce viaja ao exterior, voce utiliza os bitcoins que tem?

      Excluir
    6. Isso! LC n é isenta de IR. Mas 8,20 +IGPM eh uma boa rentabilidade

      Excluir
    7. Gigante, é o risco soberano. Por enquanto me sinto mais seguro do que se tivesse com FII com perspectiva péssima pros imóveis no curto prazo.

      Cheguei a usar uma vez BTC pra comprar na Amazon via purse, foi tranquilo. Uso as vezes também pra comprar jogos.

      Excluir
    8. VR, como voce procede com os vencimentos do TD? Vi que esse mês não fez nenhum aporte, mas se quisesse reinvestir, colocaria novamente na renda fixa ou diversificaria para outros investimentos?

      Excluir
  11. Parabéns pela cifra! Rompimento de bela barreira psicológica.
    Isso mostra que conhecimento e paciência nos levam longe.
    Acredita que a SELIC começa a cair já na próxima reunião?
    Abs!

    ResponderExcluir
  12. Babando, parabéns espero um dia chegar lá.

    ResponderExcluir
  13. Fala VR! Estou pensando numa diversificação de minha carteira, hoje quase 100% em renda fixa. Mês passado comprei algumas cotas de PIB11. Mas agora veio uma dúvida: essa é a melhor estratégia atual para entrar na bolsa ou é melhor montar uma carteira diversificada? Tenho inicialmente uns 10k para colocar em renda variável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PIBB11 já é bastante diversificado. Pra 10k em renda variável acho ideal.

      Excluir
  14. Li um texto hoje sobre COE e fui ver algumas opções, na XP tem um do Morgan Stanley apostando na alta do S&P 500, que paga garantido o valor investido mais 16,73% para 2019, e em caso de alta paga também a valorização do índice.

    Numa eventual baixa do TD, esse tipo de investimento seria uma opção pra quem quer algum risco com alguma segurança de não perder o principal?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem que ler todos os detalhes, não existe almoço grátis, eles não te dão 16% porque são bonzinhos, todo COE é um produto sintético feito da junção de 2 ou mais produtos. Quase sempre não valem a pena, a ponto de não perder meu tempo com eles.

      Excluir
    2. 16% em 3 anos (e não por ano) é menos que poupança, mal corrige o principal, eles investem 90% em títulos fixos e o resto alto risco.

      Excluir
  15. VdeR, facilita a vida do amigo que está tentando entender o quadro geral.

    Você está comparando FII X Ações X TD fazendo uma conta respectivamente entre Yield X PL X Taxa+Inflação? É isso o que você quer dizer com as expressões "risk premium negativo" e "leasing spreads extremamente negativos".

    Não entendi mesmo. Desenha?

    Abraços,
    TR

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TR,

      É basicamente isso aí, risk premium é a taxa a mais que você recebe por segurar um ativo com mais risco (FII pagando 1% e TD pagando 0,4%). Risk premium negativo é quando o ativo com mais risco paga menos que o de menor risco e geralmente indica uma deturpação bem forte do mercado ou que algo está muito errado com o ativo (risco de calote etc.). Leasing spread muito negativo como por exemplo aconteceu com o HGRE11 (-17%) é quanto o aluguel de um imóvel/FII é reajustado em comparação com a inflação. Aluguel 100, inflação 10%, aluguel do ano seguinte 110, leasing spread = 0.

      Excluir
  16. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anon, CVM não autoriza isso infelizmente.

      Excluir
    2. Melhor apagar o comentário, o cara deixou o telefone pessoal...

      Excluir
  17. Parabéns VR. Quase Us$ 1 milhão. Ha anos te acompanho, também aplico forte em ntnb 45/50. Porém com montante bem inferior ao seu. Um abraço.

    ResponderExcluir
  18. Opa VR, legal seu novo post.
    Vc já fez um exercício de imaginação ou já tentou simular uma carteira de açoes diversificadas nesse valor de patrimonio que vc tem? Digo, só com empresa boa, topo da pirâmide como o mille fala.

    Algo como ambev, itaú, grendene, odontoprev, eztec, cetip, porto seguro, mahle leve, bm&f, M.Dias Branco...

    Eu pergunto pq essa é a minha estratégia para quem aporta para o longo prazo, eu tenho 28 empresas e por enquanto os dividendos vão crescendo junto com os aportes. Digo assim, se vc tivesse 300 mil reais em cada uma dessas 10 empresas ainda acho que estaria tranquilo igual ou até um pouco mais do que vc está agora, e estaria recebendo renda mensal também. Não que estou sugerindo vc trocar sua estratégia, estou apenas tentando imaginar como seria fazer uma estratégia assim.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seria mais ou menos nesse seu molde, mas realmente meu objetivo é diminuir risco. O problema é que as empresas boas de hoje não serão necessariamente as boas do futuro.

      Excluir
  19. Realmente, um blog bem interessante. Num país de endividados, encontrar pessoas que trabalhem pela independência financeira é uma coisa bem rara. Também tenho meu projeto de independência, mas só vou conseguir alcança-lo lá por 2040. Ainda tenho um longuíssimo caminho pela frente.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  20. Parabens VR, baita patrimonio!
    Sigo aprendendo com seu blog.

    Anon do Puteiro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Anon, tô até hoje aguardando meu 1% rs.

      Excluir
  21. O Banco Máxima é confiável? Eles tem uma das melhores taxas para CDB, LCI e LCA na minha corretora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veja os últimos balanços e tire suas conclusões. É protegido pelo FGC.

      Excluir
  22. Eu sei que tô falando besteira, mas é a primeira vez que leio seu blog e não entendi como é que você só tem de 8 a 12k d renda passiva com um patrimônio de 3.000,000 poderia me explicar melhor ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OP, esses 8~12k que o VR cita é o rendimento menos inflação e impostos.

      Excluir
    2. É rendimento real, o bruto é cerca de R$30.000,00 por mês.

      Excluir
    3. VR, falarei bobeira e vou levar uma resposta correta, mas eu nao vejo isto como 30K mes.

      Entendo perfeitamente que esta sendo corrigido pela inflacao e o montante aplicado fica protegido, mas, considerando somente esta aplicacao no TD voce nao poderia dizer que tem renda de 30K, pois na verdade voce tem renda de 8,5K pelo que me lembro.

      O total voce so tera em 2050, entao em teoria mensalmente voce tem 8,5K que ira gradativamente aumentando conforme IPCA em cada semestre.

      Eu ate entendo que na teoria voce esta corretissimo, mas se compararmos neste momento 3 milhoes no TD a 7,5% + IPCA (seu caso) e um investidor em FII ou qualquer investimento que gere 1% mes (so para este exemplo), isto quer dizer que a pessoa do FII ganhara de renda mensal mais de 3 vezes que seu montante atual.

      Talvez esta seja a resposta, na verdade alem dos juros semestrais voce tambem considera o montante corrigido pela inflacao certo? E este o motivo de voce considerar 30K mes?

      Pra ficar claro, e uma indagacao para aprendizado mesmo, pois este 30K nao entendi tao bem e nao estou dizendo que esta certo ou errado ok.

      Abraco

      Excluir
    4. VdC,

      Exato, nos 30k considerando correcao da inflacao. Se quiser simplificar o calculo considere todo meu patriminio em td, seriam pouco mais de 12k de renda e cerca de 18k em correcao da inflacao. Quem investe em fii tem yield maior, mas vc ta sempre considerando 1% e hj acho q a aliquota de fiis "normais" ja eh menor, vida hgre etc. Entao o investidor em fii tiraria 25k ao inves dos 12k, ciente de que o hgre ta queimando caixa e a perspectiva eh dos alugueis nao repassarem inflacao. No final das contas se o hgre conseguir aumentar os rendimentos de acordo c a inflacao quem investir em fii sai na frente, se nao reajustar td sai na frente, se ajustar "marromenos" o resultado sai parecido entre ambos. Entao nao eh 3x mais, mas fii tem que ter yield maior ja q eh mais arriscado a nao ser q o mercado esteja fumando crack. Yield premium dos fiis sempre foi positivo desde o inicio do ifix em 2011.

      Excluir
    5. E se vc tiver tirando como base dos 1% o fixx11 veja que ele aplica quase 20% em fii de papel, que infla o yield ja que eles repassam a inflacao no yield todo mes. O proprio ifix tem yield inflado por conta disso tb.

      Excluir
    6. Veja que isso q falei do yield inflado de ifix e todo fii q investe em papel eh algo que nunca vi ninguem comentando e certamente passa batido por 99% dos investidores, mas q faz toda a diferenca no longo prazo!

      Excluir
    7. Ficou claro VR, na verdade voce teve que me responder a mesma coisa duas vezes rs (desculpe, te perguntei repetido, mas agora com mais detalhes).

      Atualmente com a subida dos precos dos FIIs realmente uma renda normal de FIIs de tijolo esta entre 0,76% a 0,85% no maximo.

      Pra tentar subir este yield eu tenho parte em FIIs de papel, que tem tido excelente performance.

      Agora posso dizer que ficou claro.

      Abraco

      Excluir
  23. Olá VR,

    Espero que esteja aproveitando muito sua vida.

    Gostaria de tirar uma duvida com você é melhor hoje aplicar em renda fixa do que tentar tirar mais de 14% ao ano em ações?

    Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. David, não tenho bola de cristal, depende se os 14% remuneram adequadamente pra você.

      Excluir
  24. Você ou alguém aqui tem dinheiro aplicado pelo rdbdireto.com.br?

    É do banco OMNI S/A, mas é tudo muito artesanal.
    O comprovante de aplicação, chega pra mim numa carta com endereço preenchido A MÃO!
    Teoricamente tem a garantia do FGC, com os investimentos registrados no Cetip, masconsultando https://www.cetipmeusinvestimentos.com.br
    não aparece nada.
    Estou bem receoso quanto á isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma cilada Bino. Pule fora disso o mais rápido possível.

      Excluir
    2. Eu tenho uns títulos da Omni, mas esse site sempre pagou menos que através de Private/Asset pro mesmo título.

      Até uns anos atrás eu recebia os recebidos dos CDBs do Itaú assinados a mão. É segurado pelo FGC, tranquilo.

      Excluir
  25. VR parabéns pelo blog e pela sua conquista. Excelente blog. Comecei a ler semana passada e ja me ajudou muito.

    Gostaria da sua opinião.
    Tenho hj 450k 100% em RF, maioria em lci e cdb pagando na média 7% + ipca, a maioria ds titulos estão pra vencer em 2 anos.
    Por enquanto nao consigo fazer aportes mensais... minha renda hj empata com meus gastos. Espero até o final do ano conseguir fazer aportes de 2k por mês.
    Meu projeto é acumular 3kk tbm e ficar tranquilo.
    Que estratégia vc usaria no cenário atual?
    Aplicar no TD? ETFs? Continuar em RF?

    No caso da RF melhor deixar em títulos atrelados a inflação ou arriscar em algo prefixado na faixa de 15% pros próximos 3 anos já que as espectativas é de baixa para a inflação e da selic?

    Muito obrigado e parabéns novamente pelo blog e pela IF conquistada. Show !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como falei numa resposta acima e sempre respondo a mesma coisa, não tenho como fazer asset allocation e análise de portfolio de terceiro através de comentário, eu não sei sua idade, seu apetite por risco, a estabilidade dos seus rendimentos, são muitas variáveis. Meu portfólio mesmo mudou muito de algo mais arriscado pra algo mais conservador com o tempo, mas sempre procure o mínimo de turnover possível, ficar vendendo título antes do vencimento sempre implica em perda, além disso salvo engano essas LCIs não possuem liquidez, você só resgata no vencimento.

      Abs.,

      VR.

      Excluir
  26. Boa tarde, por favor poderia me ajudar a investir na bolsa? já li alguns livros sobre(as vezes acho que estou preparada mas as vezes não) eu ainda fico com um pouco de medo sabe, mas tenho muita vontade de aprender, só algumas dicas sei lá, qualquer coisa. desde já agradeço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Investir na bolsa não é ciência de foguetes, estude, invista, gg.

      Excluir
  27. Viver de Renda, já leu o livro "Investindo em Ações no Longo Prazo"? Nele, o autor faz o estudo de como as ações são mais rentáveis que os títulos no longo prazo (mesmo em países com taxas de juros maiores, como aqui). Então, acredito que all in em títulos públicos não seria a estratégia mais acertiva, mas sim uma diversificação entre ações, renda fixa, imóveis e etc. Abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leonardo,

      Foi meu livro de cabeceira por muitos anos, mencionei esse livro em diversos posts aqui. Se você olhar com cuidado você verá que o Siegel encontrou o retorno real das ações americanas de 1871 a 2001 em 6.8% a.a. antes de custos e impostos, então a meu ver travar por 35 anos uma taxa bruta de 7,2-7.5% a.a. está pra lá de excelente. O Brasil é uma abominação, um caso sui generis em renda fixa.

      Abs.,

      VR.

      Excluir
    2. Não dá pra comparar Brasil e EUA.

      Realidades muito distintas.

      Excluir
  28. unico modo desse seu all in dar errado é o governo resolver tributar em 30/50%. só de juros eles devem 140 bilhões.

    TROLL

    ResponderExcluir
  29. Oi VR, desde quando começou a comprar bitcoins?
    Será que ainda continuará a valorizar como aconteceu em 2015?
    Minha duvida: Você teve que declarar os bitcoins pro imposto de renda?
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não lembro, sei que estava a R$1100,00, uns 600 dólares na época. Não sei se vai valorizar ou não, apesar do halving. Não declarei no IRPF não.

      Abs.,

      VR.

      Excluir
  30. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir