segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Perguntas dos Leitores - Parte III

Após um tempo sem postar, segue a terceira leva de perguntas feitas ao blog:

"Olá VR bom dia. Espero que tenha a sorte de você responder minha pergunta.

É o seguinte sou novo em investimentos, a uns quatro meses estou investindo no TD (NTN-B principal) meu objetivo é aposentadoria, a uns quinze dias  estou querendo  investir em Fundos de Índice (ETFs) PIBB11 ou  BOVA11. Minha corretora atual é a Socopa, fiz o cadastro lá, pois ela não cobra taxa de custodia para o TD e de envio de DOC, mas tem corretagem fixa de $ 7,00 em todas as operações.

Meu plano é o seguinte:

Abri uma conta na corretora Octor Rico, pois ela cobra corretagem $9,90 no padrão e $4,40 no fracionário. E taxa de mensal fixa de $6,90 (ao realizar, ao menos, uma operação por mês, não paga).

Pretendo investir inicialmente $ 3000,00 e depois uns $ 1.000,00 por mês em Bova ou Pibb11.

Com estes valores vale apenas investir nestes papéis?

Vale apenas comprar no fracionário para pagar corretagem de $ 4,40?

Obs: não pago DOC, pois uso um conta digital do BB.

Tenho 40 anos (não vou fica rico com 42 aêêê.. ) mais pelo menos comecei a investir um pouco. Antes tarde do que nunca......

Valeu, abração.

E parabéns pelo Blog e por sua disciplina em investimentos."


Olá meu caro. Utilizar a conta na Octo foi um erro, pois para ETFs o lote padrão é de 10 quotas, portanto com R$600,00-R$900,00 você já compra um lote, o que torna a corretagem da Octo mais cara.

Com certeza R$1.000,00 já é um valor que torna possível o investimento em ETFs. Com o custo de corretagem em ~0,7-1% da aplicação eu recomendaria o investimento a cada 2 meses, geraria uma economia de R$7,00 por mês a um custo de oportunidade teórico de R$7-10,00 (com expectativa de retorno de 1% ao mês), mas como a economia da corretagem não possui risco, a meu ver a aplicação a cada 2 meses possui uma relação risco x retorno mais interessante.

O importante é começar, com 40 anos ainda é plenamente possível ter uma aposentadoria antecipada!

"Grande VR !!!!!!

Já que vc é o cara com os números me dá uma ajudinha aí, gostaria de saber como ¨trazer¨ valores nominais futuros para valores presentes, por exemplo, um milhão daqui a 10 anos com inflação de 4,5%a.a. vai valer quanto se eu for ¨trazer¨ esse valor para os valore de hj ? Como sou leigo em matemática financeira gostaria que vc explicasse como estivesse explicando para uma aluno de 15 anos do ensino médio :)

Vlw !!!!!!!!!!!!!!!"

Você tem que saber matemática financeira pra fazer esse cálculo. Pega a fórmula de juros compostos m=p(1+i)n - n é elevado à potência, onde voce quer saber o p. Entao 1000000=p(1+0,045)10. O resultado é R$643.927,68.


"Caro VR, boa tarde!


Estou lendo com frequência o seu blog, mas ainda sou iniciante no mercado financeiro, "virgem" como você mencionou no outro tópico.

O fato é o seguinte, embora esteja me formando em direito, comecei a me interessar pelo mercado financeiro através da redação do meu trabalho de conclusão, que fala sobre sociedades anônimas. Embora eu entenda como funciona abertura de capital, oferta pública, tipos de ações etc. (lado jurídico) falta-me a informação sobre a parte financeira, sobre o funcionamento, operações de bolsa etc.

Observando as dicas de leitura, vi que, apesar de excelentes, ainda assim são complexas (como o livro de John Bogle).  A pergunta é, você tem alguma dica de leitura para o básico mesmo do mercado financeiro e de ações?

Sinceramente, estou cogitando cursar economia, para entender melhor, mas o problema é o tempo disponibilizado para isso.

Grato"

Bem, antes de tudo eu não recomendo você fazer um curso de graduação apenas para entender melhor o funcionamento do mercado de capitais, não vale a pena investir tanto tempo e dinheiro para algo que pode ser alcançado de forma muito mais simples.

Se você quer algo ainda mais simples que o "Little Book of Common Sense Investing" e mais voltado para o mercado brasileiro tem o "Investimentos Inteligentes" do Cerbasi, que é bem básico, mas possui algumas omissões (como todo livro básico) e algumas partes lamentáveis (principalmente sobre previdência privada), mas que fornece ao leitor uma visão bem geral não apenas sobre o investimento em bolsa mas também sobre renda fixa, etc.

"Caro VR ,

Estou atualmente com 55 anos e tenho R$ 1.150.000.000,00 dividido 50 % em Fii´s e 50 % renda fixa e multimercado.
Lendo o seu blog pretendo relocar a minha grana em 3 partes iguais.

Pretendo juntar mais um milhão em 10 anos reaplicando este dinheiro , mas eu tenho uma dúvida.
Quando eu tiver 65 anos , como eu faço para viver desta grana ?

abraços"

Olá meu caro, presumo que tenha colocado 3 zeros a mais e que você não é uma das pessoas mais ricas do Brasil!

Independente do percentual, acho extremamente saudável alocar parte dos seus ativos em ações, tanto pela baixa correlação com renda fixa e FII quanto pela alta expectativa de retorno. Sobre o método para efetivamente se "viver de venda", recomendo a leitura dos meus artigos sobre a TSR - Taxa Segura de Retirada e sobre RSR - Risco de Sequência de Retorno, mas adianto que o método consiste basicamente em retirar 4% ao ano do portfólio inicial e corrigir essa retirada anualmente pela inflação.

98 comentários:

  1. ola VR, pq vc parou de divulgar a carteira? não vai voltar? abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho q ele divulga de alguma forma, pois no ranking do pobretão tem os valores atualizados. Só não sei de onde o pobreta tirou isso!

      Excluir
    2. A não ser, claro, que ambos sejam as mesmas pessoas (o que duvido muito, já que o blog do pobreta é decadente!).

      Excluir
    3. A carteira está disponível na parte do portfolio, com tempo vou detalhar mais!

      Excluir
    4. O VR me passa os números.

      Pq meu blog é decadente?

      Excluir
  2. VR, para um blog que não é destinado a iniciantes, o nível das perguntas que vc selecionou é bem noob...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza o nível das outras perguntas foi bem pior que essas...

      Excluir
    2. Pois é, depois da "reforma" no blog e de tanto tempo sem postar, o nível foi decepcionante mesmo. :(

      Excluir
    3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    4. no começo ele dizia que iria manter o blog durante toda caminhada a IF, mas não passaram nem 3 anos e já tirou o principal do blog: a carteira

      sem contar que qualquer um que o critique ele apaga o comentario ou responde em tom ironico, ja vi varios comentarios bons questionando o metodo dele e ele apaga ou diz que o cara tava trolando, por isso aqui virou um antro de trolls ninguem respeita alguem assim

      Excluir
    5. A carteira está disponível na parte do portfolio, com tempo irei detalhar até porque ainda estou balanceando com os aportes novos (+ renda fixa), se eu fizer uma detalhamento muito grande na parte de renda fixa p.ex. fica fácil minha identificação!

      Nunca moderei críticas, pelo contrário são elas que vão me fazer um investidor melhor, o que modero são trollagens e comentários meramente inflamatórios (como o acima que fazia uma crítica vazia ao investidor troll). Foi justamente após a moderação que a paz voltou a reinar no blog.

      Espero ter ajudado!

      Abraços,

      VR.

      Excluir
    6. Justamente a parte de renda fixa é que seria interessante vc divulgar, pois, nesse ramo, não há como negar que vc sabe muito.

      E quem acha que investir (bem) em renda fixa é simples, engana-se muito.

      Excluir
    7. Troll quero ver se essa semana eu posto a segunda parte do texto de renda fixa, nada demais mas com uns conceitos novos, basicamente CD Laddering, Bar-Bell e os almoços grátis do FGC (isso todo mundo sabe) e fechar em como estou terminando de montar minha carteira de renda fixa, que curiosamente não possui TD.

      Abraços,

      VR.

      Excluir
    8. o que quis dizer quando falei em carteira são as ações, fii e os titulos de renda fixa que possui, não precisa detalhar a ponto de falar cdb do banco ficsa a 110% do cdi com vencimento dia x, diga apenas cdb 110% do cdi e pronto, não tem como alguem te identificar com isso, mesmo se detalhasse a esse ponto duvido que alguem te identificaria, e se identificasse caberia entrar com um processo contra o responsavel pelo vazamento da informação e ganhar muito dinheiro com isso.

      obrigado por responder.

      Excluir
    9. VR, vc escreveu:

      "Troll quero ver se essa semana eu posto a segunda parte do texto de renda fixa..."

      Onde está esse texto?

      Abraços,

      Excluir
  3. rsrs... Prezado Sr. que possui R$ 1.150.000.000,00, como eu consigo isso??? Ele é quem deveria estar nos ensinando...hahahhaa... Brincadeira

    Falando sério agora, sou uma jovem investidora e apesar de apenas 19 anos, esta é mesma pergunta que me faço. Mas com sentido diferente... não no de "como retirar?", mas sim o que fazer com tanto dinheiro depois de "idosa"...

    Enfim, a vida é injusta, deveríamos nascer ricos e morrer pobres...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A diferença é que quem não investe nada passa a vida inteira pobre e morre pobre.

      E quem está investindo, está sempre na frente... volta e meia podem surgir oportunidades e dar tudo certo.

      Pelo que andei olhando, a maioria dos investidores atinge suas metas antes do estabelecido; o fato é que os mais "pé-no-chão" procuram ser conservadores em seus cálculos, mas a vida costuma ajudar e o presentinho vem antes do esperado! hehehe

      Excluir
  4. Pro futuro advogado iniciante eu sugeriria também o Alocação de Ativos do HC.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu recomendo as postagens do diMarcinho, o cara teve prejuízo de 4% este mês, deve saber o que faz...

      Excluir
    2. Nossa anônimo, um mês de prejuízo realmente mostra os resultados consistentes da estratégia de longo prazo.

      Vc tá certinho mesmo.

      Excluir
    3. Julgar uma carteira pelo resultado de 1 mês (ou 1 ano) é de uma ignorância ímpar, até porque muitas vezes uma estratégia boa nem sempre levará a um resultado positivo.

      VR.

      Excluir
    4. O q o dimarcinho tem contra o livro do HC? Favor fundamentar a crítica, senão vira trolagem

      Excluir
    5. Concordo com o anônimo acima.

      VR.

      Excluir
    6. 1-o livro do HC é um control C control V de diversos autores americanos.
      2-o ebook eh caríssimo. vc consegue comprar 2 ou 3 livros bons de papel pelo mesmo preco.
      3-qual o historico de investimento do HC? blog? o q ele pode comprovar de riqueza? sabe se ele realmente ganha dinheiro com investimento? ou ganha dinheiro com venda de ebooks caros?
      naum pago 1 centavo nesse lixos.

      se for pra pagar caro num ebook, eu pagaria o do tetzner. pelo menos o cara tem experiencia de mercado. quem estudou o basico de investimento sabe q merda o tetzner nao fala. mesmo assim ta caro.

      Excluir
    7. Obrigado pela resposta, anônimo.

      Também acho o livro do HC bem caro, com o agravante de ser um ebook. No entanto, como não li o mesmo não tenho como comentar o conteúdo.

      Abraços,

      VR.

      Excluir
    8. Veja o ultimo post do hc http://hcinvestimentos.com/2012/09/10/ifix-indice-fundo-imobiliario/

      no final ele mostra a volatividade dos fiis de jan/2011 ate hoje. depois ele faz o absurdo de comparar com a volatividade das acoes de 1968 ate hoje. ele compara a volatividade de 40 anos de acos com 2 anos de fii. ridiculo.
      conclusao do cara

      Conclusão: Ações são mais arriscadas que fundos imobiliários.

      ridiculo. alem de ridicula comparacao, ele considera volatividade como risco. se nao quer volatividade, va pra poupanca. eu nao pago 1 centavo nesse ebook.

      Excluir
    9. Anônimo,

      Pelos cálculos da minha carteira a volatilidade dos FIIs realmente é mais baixa, 15-30% do Ibov contra 7-9% dos FIIs, mas daí dizer que o risco é menor são outros 500, até porque com essa alta o yield baixou de 0,7-0,75% pra 0,6-0,65%, fora toda a questão da bolha imobiliária em que a volatilidade dos FIIs poderia facilmente bater os 30-50%. Como você assinalou o período é muito curto pra ser deduzir volatilidade.

      Abraços,

      VR.

      Excluir
    10. Além disso, vi o próprio HC dentre outros fazendo coro para um ETF do IFIX que a meu ver (confomre comentei no blog dele) seria PÉSSIMO para o investidor pela absurda ineficiência tributária, perda do fluxo de caixa e pesado bid/ask spread em que o hipotético ETF incorreria pela baixa liquidez inerente ao baixo valor de mercado dos fundos.

      Abraços,

      VR.

      Excluir
    11. Tudo indica que esse HC e outros vendedores de PDF recebem patrocinio para falar bem desses ETFs, não tem outro motivo para eles promoverem tanto esses produtos.

      Excluir
    12. Bom, não sou o anônimo que respondeu aí, mas concordo em gênero número e grau com ele (o anônimo que respondeu a partir do VR). Principalmente o gráfico da volatilidade. RIDÍCULA a comparação.

      Sobre o ebook eu poderia fazer várias citações sobre ele, mas o fato é que fiz várias simulações e não vi nada demais. Peguei dados de vários ativos, dados disponibilizados por ele mesmo e não obtive os tais resultados tão bons qto ele mostra.

      Além disso, existem várias passagens falaciosas. Em um momento, por exemplo, ele argumenta que usar modelos matemáticos não é interessante, criticando o LTCM.

      No entanto, o modelo proposto por ele é 100% matemático, pois não se dá nem ao trabalho de analisar o que está sendo investido. Analisa-se apenas o risco/retorno de cada ativo. Se isso não for 100% matemático, eu já não sei mais o que é...

      Se eu enviar uma tabela com a quantidade de navios em operação q eu controlo x tempo de operação q eles levam, ele vai inventar uma carteira, dizendo que o retorno é tal, o risco é tal, blá blá blá e nem vai saber do q tá falando. Só vê números e gráficos.

      Se for pra fazer modelagem matemática, vamos utilizar econometria avançada e não essa estatística de 2º grau.

      []s!

      Excluir
    13. AH! Outra coisa que é desprezada no livro do HC é o imposto de renda.

      Como é sugerido o Método do Rebalanceamento (o qual, do jeito que é pregado no ebook, sou veemente contra), a cada vez que é feita uma venda com lucro, deve-se realizar o pagamento do IR.

      Nas simulações que eu fiz (e não gostei) eu não contei o IR. Imaginem se eu colocar? Os resultados fatalmente serão menores.

      []s!

      Excluir
    14. Se for fazer o cálculo na unha (com exemplos reais, considerando todos os custos, impostos, taxas, etc), acredito que este método não será tão maravilhoso assim. Nada contra o HC.

      Abraços

      Excluir
    15. O IR destrói qualquer rebalanceamento constante.

      Pessoal fica falando "ah põe no tesouro, põe na RF enquanto espera cair a bolsa", ninguém se toca da droga da taxa de administração e IR.

      Excluir
    16. Bem observado pobreta, mas vc ainda pode fazer o rebalanceamento utilizando o aporte na ponta desequilibrada do portfólio.

      Excluir
    17. Concordo com pobretão e demais, idealmente o rebalanceamento deve ser feito com novos aportes, deve-se vender o mínimo possível para evitar custos (IR e corretagem).

      Abraços,

      VR.

      Excluir
    18. É o que o Tetzer sempre fala de evitar ao máximo vender os ativos. Ai agente com os novos aportes vai rebalanceando a carteira.
      Acho que o pulo do gato esta em controlar os custos e mante-los o mais baixo possível.

      Abs,
      Edgard

      Excluir
  5. E quanto aos ETFs VR? Vc acha uma boa? Vi que vc é fã do investimento passivo (assim como eu) e comentou que um investidor que compre small11/bova11/td se saira muitissimo bem no longo prazo (minha atual estrategia), gostaria que elaborasse mais sobre o assunto
    vc compra etfs?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é bom pois não dá dividendos no bolso.

      Minha opinião.

      Excluir
    2. Porém os dividendos são reinvestidos automaticamente sem pagar corretagem.. a unica desvantagem na minha opinião é que você acaba pagando IR sobre os dividendos quando vai vender a cota.. Mas no longo prazo o efeito do juros composto me parece muito mais visivel

      Excluir
    3. "a unica desvantagem na minha opinião é que você acaba pagando IR sobre os dividendos quando vai vender a cota."

      vc pga IR sobre tudo. sobre tudo que foi reaplicado e sobre a valorização das ações. os juros sobre capital proprio serao duplamente tributados.

      vc acha que esta eh a unica desvantagem? e as tralhas q vc eh obrigado a ter na carteira?

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    5. O livro "the little book of common sense investing" diz como as ETFs bateram todos os fundos e investidores individuais no longo prazo.
      seguir o indice não é um mal negócio e pouquissimo investidores conseguem ficar acima do indice no longo prazo (1% em um prazo de 30 anos)

      Os ganhos que os ETFs tendem a me dar parecem otimos no longo prazo! E o melhor, sem ter que me preocupar com nada. De forma extremamente passiva e seguindo a vida :P

      Excluir
    6. André,

      Eu gosto muito de ETFs, principalmente em carteiras de ações com valores menores que R$150.000,00. Para carteiras maiores já vale a pena possuir uma cesta de ações individuais por conta da tributação.

      Abraços,

      VR.

      Excluir
    7. Não gostos de ETF´s porque assim como em fundos, para você ver a cor do dinheiro, precisa se desfazer de cotas/ações...e pra mim o foco é gerar patrimônio e fluxo de caixa, então ETF´s e Fundos não servem pra isso.

      Abs,
      Edgard

      Excluir
  6. Quanto as tralhas elas fazem parte. O que são tralhas para você? Quando eu compro o indice eu estou comprando toda a bolsa de valores, tudo que há de bom e ruim. Uma otima diversificação a um custo baixissimo.

    Ninguém tem bola de cristal para saber qual ação vai se dar bem ou mal em um longo prazo, todos os indicadores são meras chances de diminuir a probabilidade de comprar uma empresa ruim, mas somente isto.
    Mesmo analisando tudo nada impede que uma empresa "boa" quebre ou que uma "má" empresa consiga um ritimo muito bom de crescimento.

    O indice nos ultimos 30 anos nos estados unidos bateu a renda fixa e isso é o que importa (para mim claro). Quem acha que sabe mais do que os outros e espera ganhos muito acima do indice no longo prazo normalmente se f*.

    Aliás.. vendo gráficos fica muito claro que quanto maior é o ganho de alguém mais perto ele esta de quebrar :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. André,

      comparar desempenho os ETFs com fundos não faz mto sentido;

      Explico:

      1 - A maioria dos fundos fica presa a regras de alocação. Não adianta nada o fundo ter uma ação que irá subir 50% ao ano se cada vez que esta ação atinge 1% do fundo ele é obrigado a se desfazer do papel pra rebalancear. O ganho é muito inferior.

      2 - Fundos, em geral, possuem taxas de performance, o qual comem cotas e vão para os administradores do fundo quando conseguem superar o benchmark. Dependendo do desempenho, isto pode superar 1%aa no LP.

      3 - O mesmo vale para taxas de administração, são bem mais altas que as de um ETF.

      4 - Fundos não tem controle sobre seus investidores individuais. Em épocas de crise, qdo os investidores individuais deveriam estar aportando para comprar mais, os fundos se vêem obrigados a encerrar posições perdedores para pagar o resgate da manada. Acabam sendo obrigados e vender no fundo, qdo poderiam estar comprando.

      E é por TODOS estes motivos q eu NÃO faço investimentos em fundos. A vantagem deles é que costumam selecionar papéis melhores do que os contidos em ETFs de índices; mas isso eu sei fazer sozinho, então prefiro investir eu mesmo. Não precisa ser PhD para ver um gráfico de lucro crescente nos últimos 10 anos.

      Quanto ao seu comentário sobre empresa boa/ruim, a empresa boa é muito mais provável que continue boa ao longo dos anos do que fique ruim, afinal de contas, ela já mostrou há anos seguidos que sabe manter uma boa administração.

      Empresa boa passe por crise e continua seu rumo. Empresa ruim quebra na 1a crise.

      Claro, existem exceções, mas uma diversificação serve para isso.

      Veja, não estou falando que os ETFs devam ser abominados. Apenas digo que não as 1000 maravilhas que pregam. Eles possuem vantagens e desvantagens como qq outro ativo financeiro.

      Grande abraço!

      Excluir
    2. Pensei em comprar o livro, mas só na resenha desisti:

      "Trying to beat the stock market is theoretically a zero-sum game (for every winner, there must be a loser), but after the substantial costs of investing are deducted, it becomes a loser’s game."

      Quer dizer então que os dividendos pagos pela empresa não entram nessa conta? Se a resenha é falaciosa, imagina o livro?! Fala sério!

      Excluir
    3. Tem uma resenha do proprio VR sobre o livro, eu comprei e achei muito bom. Principalmente pq é menos "falação" e mais dados. Tem muitos gráficos interessantes.

      Com certeza existem vantagens/desvantagens em ETFs, a não isenção para vendas abaixo de 20K é uma desvantagem e tanto.

      Mas a tendência é o indice sempre crescer no longo prazo e eu não pretendo me desfazer de uma ação. Todo mês reservo 1k e invisto (seja ações individuais, ETFs ou Tesouro direto).

      Para o meu perfil, pensando na aposentadoria (tenho 23 anos), as ETFs parecem ser uma grande oportunidade de rentabilidade sem a necessidade de acompanhamento do mercado.

      A maioria do meu capital em RV está em ações (bbas3,vale5,petr4,elpl4) e pouco em ETFs (BOVA11/SMALL11) mas nos ultimos estudos que eu fiz tudo me leva a crer que as ETFs tem um otimo CxB (me livra de ter que analisar, é um retorno garantido acima da RF em um grande espaço de tempo, grande diverisificação intra/extra classe, reinvestimento automatico de dividendos) vs pagar IR em cima do lucro quando eu for vender.

      Excluir
    4. Dimarcinho,

      Você dizer que a resenha é falaciosa é ignorância de sua parte. O "batimento do mercado" que é um jogo de soma 0 e não o mercado em si.

      Tirada a média do mercado, para cada vencedor deve haver um perdedor, e é justamente por conta dos custos que os investidores ativos, em média, por pura e simples aritmética SEMPRE tem uma performance inferior aos passivos. Sharpe explica isso muito bem.

      Abraços,

      VR.

      Excluir
  7. Mas em q momento eu falei de investidores ativos??

    Enqto a empresa funcionar e der lucros, quem entrar nela vai sempre ganhar, não entendi ainda onde está o perdedor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dimarcinho,

      Você citou o trecho "Trying to beat the stock market is theoretically a zero-sum game", por definição apenas investidores ativos tentam bater o mercado.

      Mais uma vez repito que você está confundindo o retorno do mercado (positive sum) com bater o retorno do mercado (zero sum).

      Abraços,

      VR.

      Excluir
    2. Não, minha ideia é ter retorno acima do Ibovespa investindo apenas em boas empresas, sem ficar operando.

      Imagine um índice montado só com empresas lucrativas. Outro como o Ibovespa.

      É difícil de imaginar que o Ibovespa irá superar a outra carteira no tempo.

      Além disso, o Ibovespa MUDA com o tempo. Ele, por definição, é um "índice ativo" por assim dizer... rsrsrs

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. Pow cara, ele acabou de responder isso logo acima.

      Excluir
    5. Dimarcinho,

      Desde que as regras sejam pré-determinadas, o turnover seja baixo e não envolvam advinhação o investimento é passivo.

      Todo índice contém regras de seleção e mudanças de ações, ele não perde a passividade por conta disso!

      Abraços,

      VR.

      Excluir
    6. Quais são as boas empresas, dimarcinho?

      Excluir
    7. Quais são as boas empresas, dimarcinho?

      Excluir
    8. Quais são as boas empresas, dimarcinho?

      Excluir
    9. Empresas não são boas, estão boas.

      Excluir
    10. VR,

      eu enxergo como um índice ativo. Se o índice muda constantemente, pq alguém que monta uma carteira inicialmente não pode mudar?

      Riquinho,

      empresa boa é empresa que, no mínimo, dá lucro sempre. E lucros crescentes (caso contrário, estaria perdendo pra inflação).

      A área de Análise Fundamentalista procura estudar os números da empresa, avaliando quais delas possuem desempenho melhor que as outras. Dados como endividamento, margens de lucro, margens operacionais, crescimento dos lucros dentre outras coisas devem ser avaliadas.

      Mas se a empresa não dá lucro, não dá nem pra começar a análise.

      []s!

      Excluir
    11. Thanks! Desculpe a repetição aí atrás, falha no envio do celular...

      Excluir
    12. O que o dimarcinho propõe não é fazer mágica advinhando o futuro, é só uma questão de probabilidade. Dentre todas as empresas que hoje possuem lucros consistentes e crescentes, obviamente acontecerá de uma delas ficar ruim, mas a tendência é que empresas boas continuem boas por tempo indefinido.

      Não tem nada de mais fazer uma leve filtragem, eliminando as MILK e OGX dá vida. Não precisa ser nenhum gênio para fazer essa filtragem.

      Os defensores do mercado eficiente dirão que estas empresas já estão caras. Concordo que empresa boa estará mais cara, mas comprando sempre elas, através do aporte, hora pagará mais caro, hora pagará mais barato e no longo prazo tenderá a média.

      Excluir
  8. Com relação a taxa de corretagem, custódia, etc., fiz várias pesquisas e não encontrei algo mais em conta do que a Mirae Asset. Isso é válido para valores em custódia até R$ 300.000,00.

    ResponderExcluir
  9. Exato!

    Mercados Eficientes é uma teoria que está looooooooonge da prática. Acho que nenhum dos requisitos para um mercado ser considerado eficiente se aplica à Bolsa.

    Acreditar nesta teoria é, no mínimo, inocência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é que os mercados sejam estaticamente eficientes; eles tendem violentamente à eficiência, na medida em que os participantes (as "piranhas" de Fama) abocanham as discrepâncias, baseadas nos modelos regulares.

      O mercado desanda dos modelos quando aparecem os eventos raros, não-previsíveis (os cisnes negros de Taleb), ou as Dilmas-de-vermelho do Brasil (vide as elétricas, a petro e os bancos).

      Excluir
    2. Mas Riquinho,

      a todo instantes temos Cisnes Negros e, este ano em particular, Dilmas-de-vermelho.

      Se temos estas situações sempre confundindo todos os investidores, então não é bem assim......

      E, sinceramente, não vejo essa tendência violência a se tornar eficiente, muito pelo contrário!!! Eu SÓ vejo ineficiência!!

      A Teoria dos Mercados Eficientes "esqueceu-se" de uma coisinha: psicológico.

      Ela diz que os investidores irão tomar atitudes racionais. Se o tomassem, não existiria o efeito manada.

      Ela erra por muito. Ponto final.

      Excluir
    3. Dizmarcim,

      É impressionante a sua capacidade de falar com autoridade e arrogância sobre temas que nitidamente vc nem se deu ao trabalho de estudar pra compreender melhor antes de soltar bobagens, do tipo: "eu só vejo ineficiência no mercado", rs

      Sabe porque vc acabou de falar uma grande e enorme bobagem? Porque se vc fosse capaz de VER tantas ineficiências, vc já estaria milionário (ou pelo menos sem mais precisar bater ponto na petro) somente explorando essa sua extraordinária visão no mercado de ações!

      Do circo da blogosfera vc é um dos mais convincentes. Porque os grandes palhaços são aqueles que se levam mais à sério.

      Aquele abraço

      Excluir
    4. Essas ineficiências só se mostram no longo prazo... se vc acompanhar meu blog por alguns anos irá notar isso...

      Vc acha que o mercado está correto derrubando as elétricas em 30%?

      Se vc acha q isso é eficiência... eu acho q é Efeito Manada, Medo, Desespero...

      Excluir
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    6. E a redução do Spread bancário, que derrubou os papéis no curtíssimo prazo para muito abaixo??? Isso é eficiência??

      Ninguém hoje sabe como isto irá afetar o mercado. Oferta x Demanda. Crédito mais barato, provável que usem mais. Os papéis hoje estão lá em cima, quase na mesma faixa que estavam anteriormente.

      A derrubada dos preços foi um exemplo claro de Efeito Manada.

      Efeito Manada = ineficiência de mercado

      Na verdade se o mercado fosse eficiente, ou só existiria efeito manada ou não existiria.

      Como sabemos que ele aparece de vez em qdo, é prova de q de eficiente o mercado não tem nada.

      Não sou só eu q falo isso. Existem milhares de investidores e acadêmicos que partilham da mesma opinião.

      E o mais conhecido de todos: Warren Buffett.

      Como ele mesmo diz, se os mercados fossem eficientes, hoje ele seria um mendigo...

      Excluir
    7. Dizmarcim....

      Repito: é nítido que vc está tentando falar com autoridade de uma teoria (HME) que nitidamente vc não tem conhecimento profundo do seu coneceitual.

      Aliás essa atitude de falar com autoridade sobre aquilo que pouco conhecem, entendem ou praticaram... Vcs da blogosfera são MESTRES!

      Não é uma questão de ser contra ou favor da HME.

      Mas vc quer criticar sem saber as bases do que estabelece a teoria. Claro que como toda teoria tem pontos fracos, óbvio. Mas vc precisa saber do que está falando, se não fica frágil, sem sentido seus argumentos. E o efeito que vc obtém é justamente o contrário: vc acaba fortalecendo a teoria, porque faz críticas sem nexo e "bate" justammente nos seus pontos fortes, claro, por pura ignorância. Porque se a sua "luta" é rechaçar a HME é necessário que vc concentre suas críticas nos seus pontos fracos e não nos fortes ou os mais convincentes.

      E esse lance de ficar se apoiando numa biografia de sucesso como a do Buffet (ou de qualquer outro...) como fonte de argumento acaba exibindo um traço de infantilidade muito comum em quem precisa de heróis ou ídolos pra conseguir marchar em frente com crenças em historinhas. Sai dessa, bicho.

      Veja:

      "ineficiencias só se mostram a longo prazo"

      O que vc acabou de falar é um viés de restrospectiva. É muito fácil explicar o "futuro" por retrospectiva depois que ele vira "presente".

      Vc escreveu: "ineficiencia é igual a efeito manada"

      Não consta isso na teoria. Vc erra feio quando "inventa" premissas que não existem. Fragilizam a continuação da sua argumentação.

      A ineficiencia não é algo que se constata no futuro (longo prazo). Mas sim é algo que se "mostra" no PRESENTE, e claro, somente pra quem possui essa visão privilegiada.

      Portanto devo crer que no dia que derreteram as eletricas e agora com essa queda dos bancos, com certeza, vc vendeu tudo e entrou firme apostando nessas duas "ineficiencias"...

      Ou não?

      Quem vê ineficiencias é aquele que paga pra ver hoje e não no futuro.

      Excluir
    8. Então vc é um defensor da HME? Não conheço a teoria ?

      Vou fazer um post especialmente para você sobre esta teoria.

      A propósito, não vendi nada. Muito pelo contrário, aumentei minha posição em ambos os setores.

      E não é pq o efeito manada não consta na teoria que não podemos discutir sobre o assunto, não é verdade?

      Veja, se todos os investidores estão sempre bem informados e tomam sempre atitudes racionais, deveríamos dizer que o mercado toma as atitudes corretas o tempo todo.

      Mas pelo princípio da Oferta x Demanda, as pouquíssimas ineficiências que surgiriam no mercado seriam rapidamente corrigidas.

      Como ganhar dinheiro num mercado assim então, visto que ele já está sempre precificado???

      Se a própria HME funcionasse de verdade, seria impossível de ganhar dinheiro no mercado de RV, visto estar tudo sempre precificado...

      Excluir
    9. Só um detalhe: uma coisa é uma teoria ter pontos fracos.

      Outra coisa é ela INTEIRA ser baseada em pontos fracos...

      Excluir
    10. AH! E se vc acha que tem muita besteira escrita na blogosfera, pq não cria um perfil e começa a vc escrever o que julga correto?

      Criei meu blog com este intuito. Dou minha opinião baseado em FATOS e não tem teorias mi mi mi mi, estilo Markowitz, que crio uma linda, mas ele mesmo não usava... chega a ser piada!

      Excluir
    11. Dimarcinho,

      "Veja, se todos os investidores estão sempre bem informados e tomam sempre atitudes racionais, deveríamos dizer que o mercado toma as atitudes corretas o tempo todo."

      A EMH não presume isso. O mercado em si é racional, mas os participantes podem ser irracionais.

      "Mas pelo princípio da Oferta x Demanda, as pouquíssimas ineficiências que surgiriam no mercado seriam rapidamente corrigidas."

      Muitas anomalias surgiram e logo após o seu descobrimento elas desapareceram, com exceção de algumas que podem estar relacionada a risco e não a uma anomalia em si (valor, tamanho).

      "Se a própria HME funcionasse de verdade, seria impossível de ganhar dinheiro no mercado de RV, visto estar tudo sempre precificado..."

      Com todo o respeito mas essa frase é absurda, ações são um "jogo de soma positiva" por conta do lucro das empresas. Fale essa mesma frase no mercado de renda fixa e veja de forma ainda mais clara como essa frase não faz o menor sentido.

      Dê uma lida na dissertação de Fama "Random walks in Stock Market prices" pra se conhecer melhor o assunto.

      Abraços,

      VR.

      Excluir
    12. Ah, perdão pelos meus numerosos erros de português...

      Excluir
    13. Dizmarcim, sou eu dinovo...

      Bem, nada a acrescentar mas não pense que estou surpreso com sua resposta. Ela traduz perfeitamente o seu temperamento - sempre declarado - de iniciante que sofre de excessiva superconfiança.

      E esse seu temperamento fica claro quando sempre busca se comparar a Buffet, uma exceção: a biografia de maior sucesso no mercado; enquanto o certo seria vc buscar parametros de suas possibilidades comparando-se (sendo vc iniciante) com os resultados dos "investidores médios".

      A maneira correta como devemos conduzir avaliações (de si mesmo e de outros) é pelas médias e não pelas exceções extremas.

      E mais claro ainda é o seu temperamento quando declara que está 100% alocado em RV.

      Ou seja: alguém que se posiciona 100% em RV tem uma visão de suas possibilidades além do normal. Essa alocação diz que vc NÂO acredita na possibilidade de suas apostas no LP ficarem abaixo da linha do retorno do mercado (ibov) e nem cogita a possiblidade do risco de ficarem abaixo da taxa de livre risco (em tese, o CDI).

      Desculpe a extensão desta nova resposta mas é pra introduzir uma outra coisa sobre o que vc me sugeriu para que eu não fique de mimimi com teorias:

      Fui no seu blog e li que vc comprou mais elétricas e vc deu azar delas caíram ainda mais no outro dia...

      Sabe o jargão que falamos sobre isso no mercado sem mimimi?

      "pegar faca caindo"

      Vc repete muitos bordões sabichões como crítica inteligente aos outros do tipo: "aqueles que compram no topo e vendem no fundo".

      Portanto vou te ensinar outro bordão: "aqueles que compram na tend. de baixa declarada e vendem na tend. de alta declarada".

      Pois é.... adivinhar fundo tb é errado.

      ***

      VdR, desculpe aí se passei do ponto. Sou a mesma pessoa que uma vez escreveu longas e cansativas críticas e respondeu perguntas dos "incrédulos incautos" aqui no seu blog, sobre as barbaridades e equivocos sobre operações e estrategias no mercado de opções difundidas erroneamente pela web.

      Aquele abraço

      Excluir
    14. Sobre a Teoria dos Mercados (in)Eficientes, cito este texto, o qual reflete EXATAMENTE minha opinião no assunto:

      http://rendapassiva.wordpress.com/2010/08/07/teoria-mercados-eficientes/

      Podem pegar passagens deste texto e criticarem que estarei ficarei feliz em continuar o debate.

      Anônimo,

      não entendi. Em que momento eu tentei adivinhar o fundo??? Minha estratégia é acumulação de bons ativos no longo prazo, desde que os mesmos não estejam sobrevalorizados. No meu entender, se o ativo é comprável por 35, continua sendo comprável por 30 ou 20. Obviamente não há como saber o fundo e não sou eu quem está tentando adivinhar. Vc definitivamente não entendeu a estratégia de investimento em valor. Pelo menos é o que aparenta quando escreve.

      No entanto, acredito que estamos vivendo num momento que muitos chamam de acumulação ou até pra baixa. E pelo que sabemos, devemos comprar na baixa para vender, no topo.... ou não??

      Só pretendo alocar em RF após rompimento do topo histórico do Ibovespa. Até lá, vou acumulando bons ativos. Esta é a MINHA estratégia. Se vc discorda, tudo bem, nada contra. Mas não fuja do assunto da TME.

      VR,

      concordo que o mercado de longo prazo é uma soma positiva e que os lucros da empresa fazem a diferença, mas comparar com renda fixa é errôneo.

      Veja, o mercado dos títulos não sofre uma Oferta x Demanda tão acentuada quanto no mercado de ações. O governo vende títulos a 3% e se os credores comprarem 10milhões ou 1 bilhão não fará diferença alguma.

      Já no mercado de ações, uma compra de 1 bilhão com certeza terá mais força para empurrar um papel para cima do que uma compra de 10 milhões.

      De qualquer maneira, hoje vou ver se escrevo um post comparando a idealidade da TME com a realidade, muito mais.... REAL!

      Quanto ao fato da teoria dizer que podem haver atitudes irracionais, ela tb considera que as mesmas serão anuladas por outras atitudes irracionais na "ponta contrária", o que é um grande otimismo, não acha???? Não há uma única evidência científica que comprove isso.

      NA PRÁTICA, quer dizer que o mercado iria se manter como que só houvessem atitudes racionais.

      Enfim, o mercado é sim ineficiente. Posso dar inúmeros exemplos.

      Mas nem por isso quer dizer que seja FÁCIL ganhar dinheiro nele....

      Excluir
    15. Pois é, Dizmarcim....

      Sempre precipitado.

      Depois cola aqui aonde foi que eu fiz a defesa da HME, rs. O que eu afirmei é que vc discute qualquer coisa sem bases de conhecimento suficientes sobre os temas em tela.

      Prova disso é o link que vc colou: nada mais que é fundamentar seu "conhecimento", usando como "fonte" a opinião de terceiros. Se estiverem bem fundamentadas, ufa, deu certo. Mas e se estiverem eivadas de equívocos como o seu blog?

      Em resumo o que vc faz é repassar o que lê por aí em internet; não importa se certo, errado ou pela metade.

      Vc se guia por "simpatias opinativas" e não por "análise criteriosa".

      Excluir
    16. Precipitado é vc, meu caro...

      Eu perguntei algumas vezes e vc não respondeu... vc então só quer discordar de mim?

      Eu não estou tomando como base teórica este texto. Vc acha mesmo q eu tomo como base textos da Internet ou Wikipedia??? É o que, tu é piadista??

      Em particular sobre a TME, conto como base o Gitman. Já leu?

      NO ENTANTO, este texto do link está de acordo com as minhas opiniões.

      Aguardo que vc discorde de alguma passagem do mesmo para que possamos continuar a debater o assunto.

      Masssss, não se preocupe! Já falei, irei escrever um texto com o assunto... se der, ainda hj....

      E fique a vontade para comentar os "equívocos" do meu blog, mas gostaria que o fizesse fundamentando e não simplesmente falando q está errado e ponto, pois isso é clara trollagem...

      Excluir
    17. Dimarcinho,

      Minha comparação com o mercado da renda fixa foi no sentido que também é um mercado de soma positiva por conta dos juros (ainda mais claro), o que leva ao absurdo da sua afirmação de que num mercado eficiente não há como ganhar dinheiro.

      Dê uma estudada melhor no mercado de renda fixa e você descobrirá que ele é mundialmente conhecido por ser extremamente eficiente. A determinação do yield de um título governamental geralmente segue procedimento de leilão, portanto totalmente relacionado com oferta x demanda, não é a toa que numa crise o yield geralmente cai por conta da demanda elevada.

      Entenda que existem as chamadas "anomalias" no mercado, como IPOs, ações de crescimento, ações pequenas, etc., que inclusive já foram estudadas pelo próprio Fama. Repito, dê uma olhada na dissertação dele antes de escrever seu artigo. Nesse ponto eu concordo com o anônimo quando ele fala que você "discute qualquer coisa sem bases de conhecimento suficientes sobre os temas em tela." E de fato o texto do renda passiva é muito ruim, puramente opinativo sem qualquer base. Existem dezenas de erros de raciocínio naquele artigo. Quem é esse Gitman e qual o texto dele em que você toma como base? É o livro Fundamentals of Investing?

      No mais, válido para o anônimo e para você, vamos manter a civilidade, estamos discutindo idéias e não as pessoas.

      Abraços,

      VR.

      Excluir
    18. VR,

      eu acho que você captou a ideia. Obviamente, qualquer mercado é influenciável por oferta e demanda.

      Mas quando o governo lança títulos AGORA de uma taxa X% qq, normalmente é possível comprar muitos dele sem que a taxa movimente...

      Obviamente, se a demanda for muito alta, no dia seguinte ele irá vender títulos com uma taxa menor...

      Foi este o exemplo que quis dar, desculpa se me expressei mal.

      Agora, me surpreende você não conhecer o Gitman!

      http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/2865689/principios-de-administracao-financeira-12-ed-2010

      Este livro é considerado a bíblia da Administração Financeira Básica e deveria ser ponto de partida para QUALQUER investidor...

      Independente disso, procurando aki alguns outros textos com referências (já q vcs cismaram q eu estou tirando textos da internet como base), achei esse aki interessante:

      http://mundo-financeiro.blogspot.com.br/2011/07/hipotese-dos-mercados-eficientes-hme.html

      Como DESTES só li o do Gitman, não posso me garantir no que o autor diz referente aos outros autores, mas como a passagem do Gitman está correta, creio que as outras também devam estar. Tem, inclusive, passagem do Fama também...

      Vejam que são partes das teorias pregadas pelos teóricos no assunto e não uma opinião da blogueira.

      Confesso que não li a dissertação do Fama, mas não tenho problemas, vou seguir sua orientação e ler, para ter mais respaldo ainda quando eu for escrever o meu artigo...

      Sobre o outro blog, não achei os argumentos fracos, pelo contrário, achei eles bem realistas. A teoria não consegue refletir a realidade. Esta é minha grande crítica. Ela talvez reflita, num chutômetro total, 5% da realidade (e olhe lá...)

      Grande abraço a todos!

      Excluir
    19. Ah! Agora q vi. Sim, creio q é o mesmo Gitman!

      Excluir
    20. VR ou Anônimo,

      me confirma uma coisa, só pra ver se não deixei passar algo: essa matemática da dissertação do Fama envolve única e exclusivamente os preços passados dos ativos e suas volatilidades, betas, etc??

      Desculpe, ainda não li tudo, mas só estou querendo me adiantar aki.

      Só cotações, nada mais, é isso mesmo?

      Excluir
    21. Dimarcinho, gosto do seu blog, das suas análises, mas os mercados são eficientes sim!! EFICIENTES em tirar de um e dar a outros!!!kkkkkkkkkk

      Excluir
  10. Vr, o que vc acha dessas debentures da autobam/ccr?

    Rentabilidade igual a NTN-B + 0,25%, sem IR

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gostaria de saber.

      Excluir
    2. Acho uma boa, principalmente pela ausencia de IR.

      Excluir
  11. VdR, você pagou IR na venda dos seus PIBB?

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TROLL: "não por mim, ok?" - tá, acreditamos...

      Aliás, o blog já foi excluído

      Excluir
  13. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  14. Olá VR,

    Quando vc respondeu a pergunta do leitor nº 3 (aquele que fez direito e pensava em fazer economia)....

    Disse que não compensava fazer graduação só para aprender sobre o mercado.

    Realmente dá pra aprender muito e até operar e ser rico sem ser graduado na área.

    Contudo, no meu caso, eu quero me aprofundar mais no assunto, sem ter como fim um aumento significativo da rentabilidade em virtude do conhecimento adquirido (acho que será consequência).

    Nesse caso vc acha que valeria a pena fazer o curso?

    Ano que vem inicio Finanças, dps pretendo ir para Estatística, e Matemática, por fim.

    Lembrando que sou amante do conhecimento, nunca imaginei conhecimento como fonte de renda ou só para conseguir trabalho, apesar de ela vir (pura consequência).

    ResponderExcluir
  15. Prezado VR,
    Por primeiro, parabéns. Suas informações são muito boas, com muita base teórica, cálculos matemáticos e senso crítico. Conheci seu blog na semana passada e já li todos os posts e comentários até aqui. Estou pasmo com a minha falta de conhecimento, hahaha.
    Sou mais velho que você e só ouvi falar em independência financeira há 1 ano. Mas tenho uma ótima renda mensal, então estou engatinhando, mas com alguma velocidade. Já tenho 250k, sendo uma parte em FIIs e a maior parte em RF, mas que irá imediatamente para a RV.
    Quando você tinha FIIs, qual era sua estratégia de seleção?
    Abraços e parabéns!!!

    ResponderExcluir