segunda-feira, 3 de abril de 2017

Atualização Mensal: Março 2017: R$3.752.337,67

Finalizamos março com mais um mês sem aportes. Já são 4 meses sem aportes e com utilização dos juros de fevereiro. Ainda assim, pude contar com um leve aumento tanto do patrimônio quanto da renda passiva.

Depois de muito sofrimento, stress e dinheiro gasto finalmente consegui me mudar. Ainda falta muita coisa pra comprar/ajeitar (sofás, cortinas, mesa, armários, a lista é grande...) mas já está minimamente habitável. A semana inicial foi loucura, era acordar com a luz do sol, resolver coisas, ir pro trabalho, voltar e resolver mais coisas até a hora de dormir. Felizmente o ritmo aliviou e hoje já posso curtir mais o apartamento.


Segue a tabela faceliftada: 





Se as taxas do TD se mantiverem eu devo alcançar os R$4.000.000,00 de patrimônio amplo esse mês. Consegui reforçar meu colchão de segurança mas ao que tudo indica ele deve sofrer uma baixa esse mês. Bitcoin deu uma patinada mas continua forte. Ainda sem perspectiva de começar meus investimentos internacionais por pura falta de grana.

Por alguns meses vou voltar com a pornorgafia financeira de colocar meus gastos mensais "ex-mobília" para fim de aferição da TSR. Os dados foram contabilizados de meado de março até o dia 31:








Apesar de ter gasto mais do que o orçamento mensal no mercado, estou confiante que vou conseguir manter o gasto pro mês todo de abril. Ao que tudo indica precisarei aumentar os gastos com combustível Como não pretendo fazer viagens esse ano (tirando uma viagem com fins médicos) o orçamento é 0, ano que vem devo colocar algo. O gasto com condomínio está alto por conta de taxa extra que se o prédio não padecer de "taxaextritis" deve finalizar daqui a alguns meses e diminuir esse valor!

Adicionei no blogroll o blog do grande amigo e novo membro do "two comma club" Frugal Simple, que recomendo a todos fortemente! 

158 comentários:

  1. Finalmente conseguiu se mudar pro seu apartamento, que bom.
    Parabéns pelo aumento da renda, forte abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  2. Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  3. Ótimo..ainda assim aumentou em 10k.
    Qual plano de saúde vc tem VR?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! Prefiro não informar, aposente.

      Excluir
  4. Parabéns, VR. Sempre nos alegrando com o seu fechamento do mês, hehehe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apesar do aporte 0, o portfólio está andando sozinho!

      Excluir
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  5. VR,

    Aposto 1 litro de pinga que o viver de construcao vai vir aqui pedir para adicionar no blogroll agora que voce colocou o Frugal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkk pensei exatamente isso qdo li que ele adicionou o Frugal

      Excluir
  6. Gasta R$ 60,00 reais só pra receber conselho é?
    Se quiser, eu viro seu conselheiro e cobro metade desse valor.
    Amostra grátis: não adiciona o viver de construção pq ele já deixou claro que pretender tomar seu lugar, tornando-se o rei da blogosfera.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E desde quando eu ou qualquer outro blogueiro é rei de blogosfera? O Viver de Construção é um cara do bem e faz o que quiser com o blog dele, sério mesmo as vezes vocês parecem aquelas dondocas que gostam de ficar fofocando e criando confusão onde não existe. Como já diziam os franceses, liberté, egalité e sifudê. #pas

      Excluir
    2. Kkkkk
      Zoando VdR. A galera sabe que o Viver de Construção é meio doido mas gente boa. Parabéns pelo patrimônio e pela disciplina. Não é fácil não.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    4. É fácil pra quem pode aportar bastante por mês.

      Não tem nada de difícil nisso.

      Renato Gaúcho do grêmio ganha 500 mil por mês e deve aportar 450 mil por mês. Viver de renda não é nada perto dele.

      Excluir
    5. Tem muita gente que ganha muito e acaba na merda. Poder aportar é uma coisa, fazê-lo é outra, e fazê-lo com conhecimento do que está fazendo é o que certamente leva a um bom resultado.

      Quem aporta pouco acumula alguma coisa. Mas a imensa maioria está é endividada, vivendo um padrão de vida que não pode sustentar.

      Fácil é a inveja falar.

      Excluir
  7. parabéns pelo patrimônio,VR!
    sempre inventam uma taxa extra no condomínio,isso nunca vai acabar! kkk
    dizem que o gasto de manutenção de uma casa é similar ao que a gente gasta de taxa de condomínio em apartamento, mas eu não acredito muito nisso! Você acredita?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho meio exagerado, se gasta bem mais no condominio penso eu.

      Excluir
  8. VR,

    Tem uma propaganda de uma conhecida casa de análise de investimentos que diz algo como: tenha uma renda de funcionário público federal.
    Interessante ver que você já alcançou esse objetivo só com a renda passiva.
    Parabéns pelo resultado!

    Abs.

    ResponderExcluir
  9. Como ex-síndico e atual conselheiro do meu condomínio: entre no conselho do teu prédio. Às vezes falta apenas planejamento e conhecimento de quem tá gerenciando a bagaça, nem é má fé ou desleixo.
    Taxa extra pode ser resultado de um mal planejamento financeiro. No meu antigo prédio tinha 80k parados naqueles "investplus". Coloquei logo num CDB (toscão, de banco grande...) e em um ano só de renda financeira foi uns 5k, dentre outras coisas que consegui ajudar.

    Com seus conhecimentos financeiros, vai ajudar muito o pessoal, e eventualmente fazer com que o valor do condomínio só reflita de fato os incrementos normais de salário, contas de consumo, etc, que todo ano é inevitável

    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    3. To fora de me envolver com miudezas do condominio, muita gente enchendo o saco por conta de bobagem.

      Excluir
  10. olá amigo, vc me inspirou a criar um blog para mim tb!!
    parabéns
    tá add!

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  12. Olá VR, eu conheci seu blog há alguns dias e passei a noitelendo os posts. Antes de mais nada, parabéns pelos resultados obtidos. Eles são inspiradores!

    Uma pergunta: notei que você tem muitos títulos privados atualmente. Como eles (pelo menos as debentures) não são protegidas pelo FGC, como você gerencia o risco desse tipo de investimento?

    Você já soube de alguém que perdeu todo o investimento feito em debentures devido a problemas financeiros da empresa emissora?

    Abs,
    LM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho apenas 10k em debentures. A termeletrica de pernambuco salvo engano deu default nas debentures dela. A gerencia das debentures depende do premio que ele esta pagando, o premio tem que ser algo pra largar mao do FGC.

      Excluir
  13. Bom dia VR,

    Comecei a acompanhar agora o seu blog e gosto muito do seu jeito de pensar financeiramente, principalmente em relação a ser frugal.

    Infelizmente nao consigo manter um custo muito baixo pois tenho um filho de 2 anos e sou casado. Mas minha esposa compartilha as ideias de investir e juntos estamos crescendo bastante. Temos um apto proprio pequeno e um carro que vai fazer 3 anos de uso mas pretendemos ficar ainda muitos anos com ele pois a troca representaria um aumento do passivo. Ja grande parte dos livros que voce sugeriu, especialmente os do Gustavo Cerbasi.

    Se possivel, gostaria da sua opiniao sobre o meu portfolio hoje:

    Fundo Evolução DI com taxa de 0,5 de adm: 117.129,53
    Fundo Mix Cred Privado RF 0,6 de adm: 43.707,50

    Previdencia Pgbl mix credito privado: 112.131,36

    CDB 118% CDI (XP): 73.042,03

    Fundo Maua Macro Fic Fim: 10.000


    Não me sinto muito confortável com rendas muito variáveis e principalmente com ações. Mas estou tentando superar isto com este ultimo fundo. Ja ações sinto que definitivamente nao estou pronto.

    Minha ideia é poder me aposentar, ou melhor, nao precisar viver de contra cheque em contra cheque daqui a uns 8 a 10 anos e poder trabalhar por opção, sem medo de ser demitido. Manter a minha qualidade de vida atual, que julgo boa (gasto fixo mensal em torno de 11K - com algumas sobras para eventuais despesas inesperadas).

    Em uma conta burra, desconsiderando alguns fatores penso da seguinte forma:

    Se eu tiver 4.000.000,00 e isto render 1% ao mes (eu sei, e baixo mas vale pra RF nesta conta) eu terei 40k por mes. Se eu utilizar 11 e reinvestir todo mes 29k teoricamente eu fico protegido correto? Claro que a ideia e utilizar renda variavel tambem para diminuir o possivel risco da renda fixa. Isto faz sentido pra voce?

    PS: Me desculpe pelo texto gigante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pro dinheiro nao acabar nunca basta nao retirar mais que os juros (1% no seu exemplo). pro dinheiro nunca perder o poder de compra tem que retirar somente os juros reais, descontando a inflação.

      Excluir
    2. Voce tem 350k e quer alcancar 4mi em 8 a 10 anos? Qual seu aporte? Txs. de administração? O que esses fundos possuem? Fundo geralmente é uma má idéia por ser bastante ineficiente do ponto de vista tributário com os come-cotas, fora que você adiciona mais um risco (risco do administrador).

      Excluir
    3. Respondendo suas perguntas:

      Aporte de 5k mensais.

      as taxas dos 2 fundos di sao de 0.5 e 0.6%. Rentabilidade media de 1%. Sao fundos do personnalite que precisam de grandes aportes.

      A taxa do fundo maua e mais alta mas ele tem um perfil mais arriscado.

      A ideia é chegar em 10 anos a pelo menos 3.600.000

      Seria melhor tirar esse $ dos fundos DI pelo come cotas e colocar por exemplo em CDBs com mais de 110%?

      Excluir
    4. Eu perguntei me referindo ao PGBL, os 2 primeiros você já tinha colocado. Perfil mais arriscado não implica em tx. de administrador maior, o PIBB é arriscado como todo fundo de ações e possui uma tx. de adm. irrisória. 350k com aportes de 5k dá 2.3mi em 10 anos, desconsiderando a inflaçãoe tx de 1%. Pra conseguir 3.6mi você precisa de uma rentabilidade de 1,46%, que é praticamente impossível de se sustentar por 10 anos. Reveja seu plano.

      Excluir
  14. Viver de renda, seria possível namorar e trabalhar junto com mulheres como Mariana Ruy Barbosa?

    Tipo, entrar em contato com ela e oferecer um serviço como o de organizar agenda, contabilizar gastos, coisas assim.

    Ai com o tempo já peço a garota em namoro. Já imaginou, eu seria pago pra namorar uma novinha gostosa e rica.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Plenamente possível, tenho certeza que atrizes ricas e famosas estão doidas pra namorar com um secretário.

      Excluir
    2. kkkkkkkk os caras tem cada idéia!

      Excluir
  15. muito legal seu controle. quando vc diz renda passiva, quer dizer que vc efetivamente vendeu/resgatou titulos ou é a valorizacao deles ?

    ResponderExcluir
  16. E ai VDR, eu gostaria de ser reconhecido com minhas frases, o que acha? Elas tem esse estilo:

    "Meu ofício é quebrar ossos, deixo ossos quebrados,
    só não te quebro porque vermes são invertebrados"

    " Você não vai ser um poeta nem se casar com a Patrícia"

    " O cara é tão imprestável que foi o primeiro
    homem a fazer vestibular e prestar pra porra nenhuma"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc tem futuro cara. Pode investir nisso aí.

      Excluir
    2. Cade o kickstarter pra eu colocar 100k?

      Excluir
  17. Se eu fosse você, começaria a estudar sobre buracos negros e velocidade da luz. Pois até agora são as únicas alternativas de viajar no tempo.

    Já pensou viajar perto da velocidade da luz por 1 minuto e voltar pra terra e ter visto que se passaram vários anos?

    Isso é incrível! Seu tempo desacelera quanto mais rápido vai. Imagine como deve ficar lento cara. Fique 10 anos aqui na terra olhando pra um relógio, viu como vai demorar?

    Então imagina ficar 1 minuto perto de um buraco negro e ver que 10,20 anos passaram na terra! Quem visse o viver de renda perto do buraco negro, estando longe do mesmo, o veria congelado, porque o tempo do VDR estaria passando muito mais devagar.

    Sensacional.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela dica anon, já estou estudando profundamente teoria da relatividade pra ficar perto de um buraco negro e acelerar o tempo pra ganhar mais juros.

      Excluir
  18. Gosto de filmes, seria interessante criar um blog que fale somente sobre sinopses de filmes?

    Serviria pra pessoa escolher qual filme quer ver, daria pra separar por categoria, romance, drama, etc, até por ano também...

    Abraço.

    ResponderExcluir
  19. Acho que a maior satisfação é ver o patrimônio começar a andar sozinho.
    Parabéns pela vitória.

    ResponderExcluir
  20. VdR, uma dúvida: você seguiria a mesma estratégia hoje, com as taxas do TD em, aproximadamente, 5%? Pergunto, pois estou mais ou menos na mesma situação que você estava quando tomou sua decisão de ficar praticamente all in no TD e com essas taxas ainda tenho dúvidas se valeria a pena. No mais, parabéns pela trajetória e liberdade e independência conquistadas. Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu tivesse obtido a valorização que os FIIs e bolsa tiveram, sim, até porque teria patrimônio semelhante. Lembrando que o IFIX está com uma rentabilidade acumulada de 10,5% a.a. desde sua concepção, ou seja não recompensou os investidores pelo risco corrido, tendo rentabilidade abaixo do CDI.

      Excluir
    2. Tenho a mesma dúvida. Se considerarmos 5% + IPCA, digamos que o IPCA seja 5% em médiamao ano. Descontando mais o IR, teríamos um ganho real de apenas 3,5% ano. 1 milhao de reais, por exemplo, daria 2900 ao mês. Dessa forma acho que nem poderia seguir a TSR de 4% não é mesmo, ou estou enganado em algum ponto?

      Excluir
    3. A TSR permite o consumo do principal, desde que não elimine todo o patrimônio até o fim do horizonte de investimentos. 5%+IPCA dá líquido mais do que 4% a.a. se você considerar os ganhos tributários de não pagar o IR da inflação por mais de 30 anos.

      Excluir
    4. Desculpe a ignorância, mas então os cupons semestrais pagam a taxa contratada e descontam o IR sobre ela, e o principal vai sendo corrigido pelo IPCA e se paga o IR somente quando vence? É isso?

      Excluir
  21. Valeu meu amigo, parabéns pela mudança para o apartamento novo. Continuo defendendo a idéia do cachorro. kkkkk

    Uma dúvida: naquele post da pornografia financeira com vários ativos e o cdi x ifix x ibrx50 x ibov e etc... Será que somaram os rendimentos dos fundos imobiliários com o preço dos ativos? Pq na verdade a gente tem que ver que os retornos dos fiis são rendimentos + variação da cotação e acho que se pegar só o número bruto do ifix não vai ter os rendimentos lá dentro, ou estou enganado?

    De qualquer forma o retorno menor do ifix deve ter a ver com o fato dos rendimentos mensais, o que diminui o prêmio de risco de estar em fiis.

    Agora os caras da Suno Research estão usando a Economática pra dizer que o ibov se saiu melhor do que o sp500 nas últimas duas décadas.

    E por falar em topo histórico já viu essa?

    http://finance.yahoo.com/news/the-worlds-most-valuable-brands-112224294.html?soc_src=social-sh&soc_trk=fb

    25 empresas no topo histórico pra comprar.

    Coisa boa é gastar e mesmo assim ver o patrimônio crescer um pouco, um dia chego nesse nível. Olha, depois que se muda que para de gastar no ap, aí para mesmo. Faz uns 3 anos que não gasto um real no meu ap.

    Abraço amigo e obrigado aí pela inclusão no blogroll.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A rentabilidade do IFIX considera o retorno total do investimento, ou seja, incorpora tanto os ganhos com a valorização da cota de cada um dos fundos que formam o índice quanto o total dos rendimentos distribuídos por esses fundos ao longo do tempo.

      Excluir
    2. Tomara viu Frugal, to cansado de gastar no apto e ainda tem muita coisa pra colocar.

      Como o anon bem falou, todo índice aqui no Brasil é "total return", considera reinvestimento automático, perfeito e sem impostos dos rendimentos recebidos, o que significa que desde 2010 considerando o reinvestimento dos aluguéis o IFIX dobrou em 7 anos.

      Excluir
  22. Olá VR, Estou lendo seu blog de cabo a rabo. Quero descobrir quanto vc aportou nesse período para chegar a esta cifra. PERGUNTA: Na sua contabilidade dos gastos reais, não foi contabilizado o condomínio?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não porque me mudei no meio do mês e construtora pagou o condomínio de março, o de abril já paguei.

      Excluir
  23. Boa noite, VR!

    Estou começando a fazer meus planos de investimentos e seu blog está me ajudando muito.
    Com qual corretora você tem trabalhado?
    Me recomendaram a XP, mas a corretagem me parece muito cara, principalmente para quem pretende começar com aportes de baixo valor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se me permitir, a Clear, a Rico e a Easynvest são ótimas opções. Se quiser automatizar as coisas, recomendoa verios.com.br
      http://www.aposenteaos40.org

      Excluir
    2. Anon,
      Pra renda fixa acho que a easynvest ainda é a melhor opção.
      Pra renda variável vc precisa definir o seu perfil e fazer contas levando em consideração tanto a corretagem como a taxa de custódia. Corretagem baixa é bom se você vai operar com frequencia, taxa de custódia zero é bom se você vai operar pouco e seguir uma linha mais buy & hold.
      Hoje estou na easynvest tanto pra RF quanto pra RV. A corretagem é carinha (10 reais) e a custódia é zero. Eu opero muito pouco, mas se começar a fazer mais aportes em RV vou ter que estudar se compensa continuar lá.

      Excluir
    3. Aproveitando a pergunta, alguém sabe se essa lista do link é atualizada?

      http://viverdeinvestimento.com/acoes/corretoras-de-valores

      Excluir
    4. Uso a easynvest e tirando o site que fica fora do ar de vez em quando não tenho trabalho nem encheção de saco com eles.

      Excluir
    5. A lista do link está atualizada, sim.

      Excluir
  24. VR,eu li o seu texto sobre "como escolher uma mulher para namorar/casar". Eu nunca quis casar ou morar junto devido a disparidade de renda entre mim e a pessoa que eu estava junto. Acho injusto em caso de separação eu ter que dividir as coisas. Acho um risco muito elevado(rs) e é quase impossível eu encontrar alguém com minha renda.
    Minha dúvida é: sua namorada sabe ou desconfia do seu patrimônio? se não, como você faz pra esconder e o que voce pensa em termos de casamento?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem alguma noção, mas sem valores exatos. Declaração de união estável com separação de bens resolve todos os problemas, exceto se você quiser ter filho, aí alea jacta est!

      Excluir
    2. Ouvi dizer que separação total não garante nada no Brasil. Sabe como é, insegurança jurídica em tudo...

      Excluir
  25. Olá VdR,

    Casa e carro (com a ajuda do estado) consomem muito da renda do brasileiro.

    No mais, parabéns pela evolução.

    Abçs!

    ResponderExcluir
  26. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  27. Olá VR, estou começando meus investimentos por corretora independente nesse ano. Estava pensando em investir em renda fixa mesmo, encontrei uma LCi que paga 119% do CDI com duração de 5 anos. Seria uma boa ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. LCI a 119% é excepcional, que banco que está vendendo essa LCI?

      Excluir
    2. Tem umas LC na Rico com essa taxa. Acho q são da Avista. Ele deve estar confundindo.

      Excluir
    3. Então... Elas são LC (Letra de Crédito) e não LCI (Letra de Crédito Imobiliário). LC tem imposto de renda, LCI não. Por isso a surpresa do VR. Taxa de 119% pra LCI é muuuuito alto comparando com as outras ofertas do mercado atual.

      Excluir
    4. Ah sim, perdão. Eu fiz umas contas e no final do investimento, descontado o imposto de 15%, o investimento vai render 0,95 ao mês

      Excluir
    5. LC pra LCI faz toda a diferença, Vinicius.

      Seu cálculo está incorreto, considerando CDI inalterado:
      12,13% x 1,19 = 14,43, então 1,1443^5 = 1,9620, tirado o IR fica 81,80%, daí 1,8180^1/60 = 1,01001, o que dá 1,01% a.m. e não 0,95%. A taxa efetiva de IR fica em 13,7%.

      Excluir
    6. Ah sim, melhor ainda. Não entendo muito de cálculos... Será que essa falta de conhecimento pode me prejudicar de algum modo? Sendo que pretendo investir uma quantia mensal e não resgata-la antes do vencimento.

      Excluir
    7. Com certeza sim. O que fiz ali foi só aplicar a fórmula de juros compostos, álgebra básica que se aprende no colegial.

      Excluir
    8. Kkkkk
      Só faltou falar como Chaves: que burrro. Dá zero pra ele.

      Excluir
  28. VR, parabéns pelas conquistas.

    Sobre esses grandes gastos que teoricamente sairiam do colchão de segurança, tipo uma compra programada ou uma emergência, o certo seria descontar ou não do cálculo da savings rate anual? Não sei como você faz, mas eu sempre fico na dúvida sobre como anotar esses gastos maiores pra não gerar distorções na planilha de orçamento...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Geralmente sim Anon, porque é o efetivamente gasto pela pessoa que é o que importa, mas considero os gastos que estou tendo atualmente com móveis, armários etc. algo pra se fazer uma vez na vida, já que não vou ficar trocando de cortina ou armário. Agora se no futuro eu ficar totalmente insano e querer reformar o apto aí certamente teria que colocar tudo no extra e computar no gasto, sob pena de estar se enganando.

      Excluir
    2. Ok VR, mas e compras de bens alienáveis (imóvel, carro, obra de arte, instrumento musical, etc) ou gastos que vão incrementar o valor de um determinado bem (como uma reforma no imóvel, por exemplo), como ficam?

      Porque um bem alienável vai compor o patrimônio não-financeiro, pode depreciar ou valorizar, e posteriormente pode gerar uma receita, na ocasião da liquidação. Essa receita pode ser maior ou menor que a despesa da compra, configurando lucro ou prejuízo contábil. Sendo assim, imagino que os gastos com bens alienáveis (que vão compor o patrimônio não-financeiro) deveriam ficar de fora do cálculo da SR, mas nunca vi ninguém falando mais detalhadamente sobre isso, e sinceramente não sei qual a melhor forma de controlar esse tipo de gastos.

      Se for pensar em termos de utilidade, seria como comprar os bens alienáveis sob uma perspectiva parecida com o aluguel: se eu vender um bem por mais do que paguei, recebi uma quantia por usar e administrar tal bem. Se eu vender por menos, a diferença entre o preço da compra e o preço da venda seria equivalente ao aluguel pelo tempo de uso do bem.


      Excluir
  29. bom dia viver admiro muito o seu blog
    queria umas dicas para chegar a 1 milhao somente em renda.fixa ?

    ResponderExcluir
  30. Desejo boa sorte ! Acompanho com empenho a sua evolução. Fico impressionado com sua simpliciddade em relatar suas finanças.

    Forte a braço

    Sucesso

    ResponderExcluir
  31. VDR,
    Agora que o cupom do NTNB tá baixo, onde vc pretende investir? Comprar NTNB com cupom a 5% tá complicado, não acha? As opções de Renda Fixa estão todas ruins...seria uma boa aplicar um pouco em FIIs esperando que a vacância diminua e que os aluguéis subam nos próximos anos? Ninguém constrói mais..
    Abs
    Pipus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pipus,

      Minha idéia era começar a investir lá fora a partir de janeiro, mas tanto os gastos do apto pesaram como minha receita caiu, combinação explosiva que não me permitiu investir nada e ainda queimei os juros do TD. Agora estou aos poucos recompondo o colchão de segurança (rendendo 100% do CDI bruto) e depois pretendo compor um fundo para a troca do carro, pra isso pretendo investir na NTNB Princial 2024 independente da taxa que estiver. De uma forma ou de outra ter mais de 5% de lucro real garantido, ainda que bruto, apenas com o risco soberano é algo que salvo engano não se encontra nem de longe em lugar algum do mundo.

      Daí a investir em FII é um mundo de diferença, dê uma olhada nos relatórios da Hedging Griffo sobre o mercado imobiliário, acho que tem bastante o que sangrar ainda. De qualquer forma, prever o futuro é algo basicamente impossível então diversificação é sempre salutar.

      Abs.,

      VR.

      Excluir
    2. o que vc quer dizer com "acho que tem bastante o que sangrar ainda"?

      abraço,
      PD7

      Excluir
  32. VdR no olimpo da blogosfera! rs
    parabéns!

    uma pequena curiosidade... na sua planilha de custos, tem uma aba "conselho"... que seria isso?

    abraço,
    PD7

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. desculpe-me pela intromissão, mas são essas pragas de anuidades de conselho da profissão (ex:CREA,OAB,etc)

      Excluir
    2. a propósito,quem tem graduação em engenharia e não exerce a profissão diretamente, tem a possibilidade de inativar temporariamente seu registro e se livrar da anuidade. Não sei se outros conselhos permitem isso. Estou pensando em fazer isso, mas estou com um certo receio. Fica a dica pra todo mundo aí!

      Excluir
  33. VR, gostaríamos de ver sua planilha de receitas também, não só de despesas. Principalmente a receita com ads neste blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sugestão de planilha de receitas:

      http://viverdebrigadeiro.com.br/planilha-de-custos-e-preco-de-vendas-para-receitas/

      Excluir
    2. sem mostrar isso fica fácil acumular 4 milhoes...pode ser até lavando dinheiro...esperamos que isto tudo esteja na sua irpf para evitar problems.. ass:RF

      Excluir
    3. Sim, está declarado, todo mês o burro de carga aqui paga o DAS.

      Excluir
    4. Todos nós VR...sendo que 80% ia/vai para Odebrecht

      Excluir
  34. VR, levando em consideração que eu sou um investidor conservador de renda fixa (tenho 90% de meu dinheiro em fundo DI rendendo 99% do CDI e 10% em CDB de banco médio rendendo 118% do CDI por 4 anos), você considera adequada uma TSR de 3%?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo vai depender do juro futuro e da inflação futura, num cenário com NTNB pagando 1% e um horizonte de investimento suficientemente longo o portfólio tende a falha, daí pra um portfolio de retirada o risco de reinvestimento e sequencia de retornos ter uma importancia bem maior que num de acumulação.

      Excluir
    2. você acredita que os juros reais no Brasil podem ser menores do que 4% em algum momento no futuro? para isso se sustentar por um período longo seriam necessárias mudanças estruturais na economia e Brasil é Brasil,né?

      Excluir
    3. Nem precisa de futuro não, entre 2012 e 2015 a taxa de juro real no Brasil ficou em menos de 2,5%, com exceção de 2014 em que a taxa ficou acima de 4%, não vejo como impossível taxas de juros reais abaixo de 4%, até pq lá fora a taxa de juro real tá negativa há um tempo.

      Excluir
    4. por conta daquela louca da ex-presidente que resolveu forçar a queda da taxa de juros. mas você está certo,nada impede de surgir um outro maluco que queira baixar a taxa de juros na marra. só que isso não se sustenta por um longo prazo. taxa de juros reais só pode ser baixa ou negativa em países desenvolvidos, com uma economia mais sólida

      Excluir
    5. VR entende bem de finanças, mas não necessariamente de economia. Veja o caso do Robert Shiller, por exemplo.

      Excluir
    6. Só travar a taxa por 30 anos comprando uma NTNB 2050.
      http://www.aposenteaos40.org/2017/04/e-possivel-aposentar-com-500-mil-750.html

      Excluir
    7. sim, eu travaria grande parte do patrimônio em NTNB se eu pudesse,mas acontece que não posso. Acho que ainda está valendo a pena se você mantiver o investimento até o vencimento. de qualquer maneira acredito que sempre existirão investimentos pagando mais de 110% do CDI para nos salvar. kkk

      Excluir
    8. I really hope so Anon

      Excluir
    9. Travar juro real por 30 anos pode ser uma ótima para quem pretende pendurar as chuteiras em breve.
      Leia mais
      http://www.aposenteaos40.org/2017/04/e-possivel-aposentar-com-500-mil-750.html

      Excluir
  35. por conta daquela louca da ex-presidente que resolveu forçar a queda da taxa de juros. mas você está certo,nada impede de surgir um outro maluco que queira baixar a taxa de juros na marra. só que isso não se sustenta por um longo prazo. taxa de juros reais só pode ser baixa ou negativa em países desenvolvidos, com uma economia mais sólida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Japao ta mantendo juros baixos há muito tempo, isso pq deve 250% do PIB. É o keynesianismo levado às últimas consequencias por lá.

      Excluir
  36. Excelente controle do Orçamento, o importante e sempre gastar menos do que se ganha, para todos os meses termos mais dinheiro do que o mês passado.

    A Renda Passiva é algo maravilhoso mesmo sem fazer nada o dinheiro trabalha para a gente, e nem reclama nem tira ferias é sem duvida um bom empregado.

    ResponderExcluir
  37. olá vr.
    off topic: o que vc acha dos p2p lending, nexoos, biva? já olhou aqui no Brasil? taxas tão boas de investimento chegam a assustar, parecendo um pouco Fazendas Reunidas Boi Gordo..., muito acima de TD, prometendo taxas de até 180% do CDI.
    A idéia inicial das fintechs de p2p me parecia muito legal e tinha interesse de investir uma parcela pequena de capital, mas hj que o troço está disponível fiquei um pouco reticente...
    Leandro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Arriscado demais, teve outra dessa no passado que não deu certo, nos EUA funciona bem mas aqui acho que o índice de inadimplencia é bem maior e o spread nao é o suficente pra cobrir as perdas, a empresa precisa me passar um historico dos ultimos 24 meses com a rentabilidade global do site devidamente auditada pra eu pensar em colocar meu $ suado num negocio desses aqui no Brasil.

      Excluir
  38. Prezado Viver de Renda,

    Gostaria de perguntar algo sobre Tesouro Direto. O Blog do Cowboy Investidor fez recentemente um post comparando NTN-B 2035 e NTN-B Principal 2035 (os dois títulos com o mesmo vencimento). Utilizando a calculadora de rentabilidade do próprio Tesouro Direto, ele chegou à conclusão de que o NTN-B Principal propiciava um valor líquido para resgate 1,62 vez maior que o NTN-B – ou seja, uma diferença muito grande. Isso confere? Fiquei com a impressão que a calculadora do Tesouro Direto induz o investidor em erro neste caso específico, pois os valores pagos como juros semestrais parecem ‘sair’ do cálculo do valor líquido para resgate em 2035 (fazendo com que o investimento em NTN-B pareça muito mais desvantajoso do que realmente é). E, na verdade, esses valores pagos como juros semestrais podem ser reinvestidos (no próprio Tesouro ou em outra modalidade de investimento). Isso confere?

    Obrigado e parabéns pelo Blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiz uma simulação reinvestindo todos os cupons, um investimento inicial de R$10.000,00, taxa de 5,23 e IPCA em 4,5%, iniciando em 13/04/2017 com vencimento em 15/08/2050, e cenário estático.
      O IPCA+ com juros renderia ~ 80% do que renderia o principal.

      Excluir
    2. Com certeza a NTNB Principal vai receber mais por ter maior eficiencia tributária, e só por isso. O post do cowboy foi péssimo, pra uma comparação apples to apples tem que considerar o reinvestimento dos cupons, o que ele ignorou completamente.

      Segundo que vender uma pequena parte do título a cada 6 meses da NTNB principal nao é a mesma coisa pq aí voce vai vender pelo preço de mercado, na NTNB normal nao tem disso, é pelo VNA e acabou.

      Terceiro que tem um fator muito importante que é o risco de reinvestimento, eu nao consigo comprar uma NTNB Principal 2050 agora mas consigo comprar uma NTNB 2050, entao travo a taxa por 15 anos a mais e tenho um risco de reinvestimento muito menor.

      NTNB Principal é recomendada pra portfolios de acumulação pela maior eficiencia tributario, NTNB normal é recomendada pra portfolios de distribuicao pela estabilidade da renda passiva e menor risco de reinvestimento, não é ciência de foguetes pessoal, vamos estudar!

      Excluir
    3. Não tinha dúvida que renderia menos, apenas queria simular o intervalo em um cenário estático, com reinvestimento.

      Ia simular também um investimento iniciado em janeiro de 2013, para ver se o reinvestimento a taxas maiores inverteria o resultado. Desisti disso porque ia dar um trabalho do caralho pra quem não tem uma máquina do tempo.

      Excluir
  39. Excelentes respostas!
    Obrigado a todos.

    ResponderExcluir
  40. Olá, estou começando agora na blogesfera, poderia me adicionar em sua lista de blogs?

    ResponderExcluir
  41. Como fica a questão do imposto de renda, queria ter uma idéia de quanto um patrimonio deste tamanho deve pagar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nao se paga IR sobre patrimônio, mas sim pela RENDA, daí o nome imposto de RENDA. Vamos estudar povo.

      Excluir
    2. hahah boa VR...

      Excluir
    3. VdR já pensou como vai estar sua impaciência quando estiver velho?

      Excluir
  42. Olá

    Espero que não se incomode que pergunte isso aqui:

    Pra um iniciante em investimentos,acha que vale a pena fazer EAD em Gestão Financeira?
    Ou só livros e por em prática aos poucos é melhor?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com coursera e cia disponíveis hoje em dia acho perda de tempo e dinheiro. Você está pagando pra ter um material inferior ao gratuito.

      Excluir
  43. Parabens, você é a primeira pessoa que vejo que conseguiu tanta grana trabalhando, guardando e investindo corretamente, sempre via os "especialistas" falando sobre investimentos mas nunca conheci ninguém ficar rico apenas com isto rsrsrs.

    Você me motivou a fazer uma limpeza financeira e criar o hábito de guardar e investir, tenho como meta a independência financeira, quem sabe um dia.

    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gente é que agradece. Se teu blog não tivesse caído em meu colo em outubro passado, provavelmente hoje não somente não teria minha reserva de emergência em construção como também teria uns R$ 20.000,00 a mais em dívidas.
      Seu exemplo me tirou do caminho da IF do mundo bizarro, a Insolvência Financeira.

      Excluir
  44. Caro Viver de Renda,

    Uma dúvida sobre resgaste antecipado de NTNB-Principal 2019: tenho aplicações neste título com alíquotas de IRPF variadas (de 15,0% a 20,0%). No caso de um resgate antecipado de parte dessas aplicações neste momento, o Tesouro Nacional vai utilizar qual alíquota de IRPF para me descontar o imposto?

    Obrigado desde já e parabéns pelo Blog, que é referência!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os investimentos ficam separados, então a alíquota varia conforme a aplicação que vc vai resgatar.

      Cadastre-se no Portal do Investidor e veja seu extrato, para entender melhor:

      https://tesourodireto.bmfbovespa.com.br/portalinvestidor/

      Excluir
    2. O Tesouro vai obedecer uma ordem da menor para maior alíquota até completar seu valor solicitado de resgate (primeiro, os títulos com a menor alíquota do imposto de renda).

      Excluir
    3. Pela Clear não funciona assim. Eu escolho qual aplicação resgatar, e quanto, respeitada a fração de 0,01 título.

      Excluir
    4. Para deixar mais clara a resposta: Você escolhe o tipo e quantidade do título que quer vender, por exemplo, Tesouro IPCA+ 2024 (NTNB Princ). Dentro dos títulos de Tesouro IPCA+ 2024 (NTNB Princ) que você possui, a venda é sempre do título mais antigo.
      Segue abaixo reprodução do texto apresentado a partir da página 36 do Módulo 2 do treinamento disponibilizado pelo Tesouro Direto em seu site (é possível fazer o download no site do Tesouro):

      "Uma pergunta que constantemente os investidores fazem para o Tesouro Direto é se é possível escolher quais títulos poderão ser vendidos.
      A resposta é não. Você sempre estará vendendo os títulos referentes às compras mais antigas de sua carteira composta por títulos com o mesmo indexador e taxa de vencimento.
      ...
      Você deve estar se perguntando o porquê dessa restrição. A resposta é simples. Ao possibilitar apenas a venda dos títulos pela sua ordem de antiguidade de compra, o investidor estará sempre vendendo os títulos na menor alíquota do imposto de renda."

      Excluir
    5. Verdade, simulei um resgate na Clear. Eles apresentam o título separado por aquisição, mas na hora do resgate aparece uma sacola só com o total disponível.

      Uma alíquota IR menor com uma taxa bem menor pode acabar sendo preterida a outro título com alíquota IR maior mas com uma taxa bem maior, portanto?

      Excluir
    6. "Uma alíquota IR menor com uma taxa bem menor pode acabar sendo preterida a outro título com alíquota IR maior mas com uma taxa bem maior, portanto?"
      Não entendi muito bem seu questionamento, mas o que ocorre sempre é a venda do título mais antigo e, consequentemente, com a menor alíquota de IR. Independentemente da taxa contratada.

      Excluir
    7. Pra falar a verdade eu nunca resgatei um título então não sei como funciona o critério, mas os anons e o charlito já falaram como funciona o procedimento. Espero permanecer sem vender antecipadamente até a minha morte!

      Excluir
    8. Charlito,
      Não importa qual a taxa do título quando vc comprou. O que importa é só a taxa do IR. Isso porque o preço, do mesmo título comprado em 2010 e em 2017, com taxas diferentes, hoje é o mesmo. Sua rentabilidade futura também será a mesma a partir de hoje.
      Caso contrário, a cada aumento de taxa, venderíamos o título e recompraríamos ele mesmo numa taxa maior, mas isso não faz sentido nenhum, já que o preço seria basicamente o mesmo.
      Leandro

      Excluir
    9. Leandro, supondo que eu tenha de retirar parte do valor, por ter gerenciado mal a reserva de emergência, mas que pretendo ficar com o restante até o vencimento, que é quando a taxa contratada conta, não estaria perdendo resgatando o título com a taxa maior e deixando vencer o com taxa menor?

      Excluir
    10. Charlito,
      Nesse cenário, não estaria perdendo NADA.Pois o preço de venda de ambos os títulos, comprados com taxas diferentes (comprados com ágio ou deságio da taxa básica das NTN , que é IPCA + 6%), é o mesmo. Assim ambos os títulos renderão rigorosamente o mesmo até o final. A diferença, portanto, fica somnete na IR, sempre te beneficiando regatar o mais antigo.Sugiro estudar a Metodologia de cálculo de cada título no site do tesouro direto.
      Leandro

      Excluir
  45. Obrigado pelas respostas!

    ResponderExcluir
  46. VR,seria legal se você escrevesse com mais frequência para o blog. Talvez sobre as coisas do seu dia-a--dia, assuntos financeiros, sei lá.

    ResponderExcluir
  47. Um dia eu chego la...
    https://ricoxusa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  48. Boa noite! Passando para divulgar um novo blog: http://finansferas.blogspot.com/. Criei o blog para compilar as postagens da blogosfera financeira e oferecer acesso rápido aos respectivos sites. A ideia é auxiliar e dar visibilidade aos blogs de finanças, matéria ainda pouco debatida entre nossos círculos sociais. Obrigado.

    ResponderExcluir
  49. VR,

    Parabéns pelas conquistas.

    VR,

    Se hoje você não tivesse que começar do zero novamente, você adotaria a mesma estratégia?

    Se adotasse uma estratégia diferente, seria em função puramente do aprendizado que você teve em todos esses anos ou em função do mercado financeiro ser diferente do que era em 2008?

    Forte abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu teria uma exposição maior em RF do que tive no início, mas manteria minha exposição passada em ações e FIIs.

      Excluir
  50. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  51. Olá,
    Isto é para informar o público em geral que a Sra. Henrietta Fernando, credor de crédito privado respeitável, abriu uma oportunidade financeira para todos os que precisam de alguma ajuda financeira. Você precisa de um empréstimo? Você precisa de dinheiro urgente para resolver um problema de emergência? Ou você precisa de um empréstimo para limpar suas dívidas ou financiar seu projeto? Você foi rejeitado por bancos e outras agências financeiras? Não procure mais, porque estamos aqui para todos os seus problemas financeiros. Oferecemos empréstimos benéficos rápidos e confiáveis a taxa de juros de 2% para pessoas, empresas e sociedades, independentemente da nacionalidade do cliente ou do histórico de crédito. Nossos termos e condições e claros e muito compreensíveis.
    Não é necessária nenhuma verificação de crédito, 100% garantida.

    Envie-nos um e-mail para: (henriettafernandoloanfirm@gmail.com)

    ResponderExcluir