terça-feira, 10 de novembro de 2015

A Independência Financeira

Engraçado como pequenas coisas às vezes tem consequências gigantescas pro futuro. Em setembro desse ano, minha vida financeira estava totalmente no piloto automático. Pegava o valor a investir no mês, via qual classe de ativo estava com menor alocação e investia o suado dinheiro lá. Eis que, no dia 9 de setembro, não me lembro mais por qual motivo acessei o blog. Com dezenas de comentários e alguns e-mails aguardando pacientemente minha leniência, eis que um chamou particularmente a minha atenção:

"VR,

parabéns! 
acompanho silenciosamente seu blog desde o início, acho. Me chamou atenção no início que tínhamos objetivos muito parecidos, embora eu seja um pouco mais velho do que vc também mirava a IF aos 42 anos. Se não me falha a memória também tínhamos um valor de aprox R$ 3MM coincidente. Apesar de ter optado por caminhos diferentes seus artigos e racionais me ajudaram muito. Se não para replicar para criticar o que penso/pensava ser o caminho ideal.
Pois bem. Hoje com 40 cheguei nos R$ 3MM almejados e estou reajustando meus objetivos e idade para o grande foda-se. Incrível como até o trabalho melhora quando este já não é mais uma obrigação imprescindível... 
Minha pergunta: Tive uma boa percepção desta crise que se aproximava e estou no momento com praticamente zero exposição em ações e FIIs e com liquidez. Como ainda pretendo me manter na ativa por mais alguns anos não seria um bom momento para um all in em títulos longos (2035 e 2050) atrelados a inflação que agora pagam juros real de 7%aa? Me parece que funciona tanto para carregar e gerar renda quanto para uma possível reverção (sic) de cenário econômico com retomada da queda de juros para níveis civilizados. O que acha?"


Achei que o anônimo tinha se enganado com a taxa do TD, não era possível que a taxa fosse aquela. Quando entrei no site do TD, veio o susto: não só a NTNB2050 estava pagando 7,5% ao ano, o valor do título tinha caído cerca de 10% NO MÊS. Daí os cálculos começaram a se fazer sozinhos na minha mente: "Se o NTNB2050 paga 7,5% a.a. se descontar o IR e a taxa da CBLC de 0,3% dá cerca de 0,5%a.m. Peraí, se eu tenho R$2.4mi a 0,5% dá R$12.000,00 por mês reais líquidos por 35 anos. Eu nem preciso de R$12.000,00 por mês Mas 0,5% a.m. dá uma TSR de 6% a.a. Mas mesmo retirando R$12.000,00 terei o principal corrigido daqui a 35 anos, sem perda do principal. Mas tem o IR sobre a inflação também. Só que eu já terei 65 anos, e terei o principal pra consumir pelos próprios 30 anos. Mas eu nem preciso de R$12.000,00 por mês..."

Daí eu me lembro que tinha escrito alguma coisa sobre estratégia all-in em NTNB. Fui vasculhar o blog e achei meu texto escrito há mais de 6 anos atrás, numa época em que a NTNB pagava IPCA+7,12% (vejam minha inocência com relação à inflação):

"Portanto, se eu tivesse HOJE os 1,5 milhão necessários para me aposentar (meu objetivo são 3 milhões de reais de 2025, que com inflação de 4,29% ao ano equivalem a 1,5 milhão de reais de 2009) investiria 100% em NTNBs com maturação a mais longa possível. Opa, mas peraí... como eu poderia retirar 0,5% ao mês e não apenas 0,33%, o valor necessário cai de 1,5 milhão para 1 milhão! Isso representa uma economia de R$500.000,00 reais de hoje ou R$1.000.000,00 de reais a menos em 2025! Agora entendam por que essa é REALMENTE uma pergunta de um milhão de reais!"

Daí fiquei dias pensando sobre a idéia, os riscos e os benefícios de adotar essa estratégia. Cheguei às seguintes conclusões:

Riscos:

  1. Obviamente, de longe o principal risco é o soberano, ou risco de calote. O governo é deficitário e possui uma relação dívida/PIB de cerca de 70%, bem como a incapacidade atual de fazer superávit primário. O risco é real, apesar dos seguintes fatores: A - O Tesouro Direto atualmente corresponde a 0,7% da dívida pública federal e possui centenas de milhares de investidores. B - Em caso de impressão de moeda, apesar de ser ruim para mim a NTNB é de longe o "menos pior" título a se possuir. Ter ações ou FIIs seria provavelmente pior. C - Em caso de calote, imagino que o governo vá preferir atingir os credores externos. D - Em caso de calote, dificilmente haveria o calote integral do valor investido. E - Em caso de calote, o cenário financeiro brasileiro estaria tão desastroso que apenas investimento em dólar, ouro ou bitcoin se salvaria de uma queda expressiva.
  2. Risco de inflação. Em um cenário hiperinflacionário o rendimento iria basicamente a 0%, mas ainda assim seria o melhor investimento a se possuir já que ações e FIIs certamente teriam rendimentos inferiores pela lentidão dos repasses, particularmente os FIIs com reajustes anuais.
  3. Risco de reinvestimento. Basicamente a NTNB2050 é o título com menor risco de reinvestimento, pois terei mais de 65 anos quando os títulos vencerem. O reinvestimento dos cupons não preocupam já que a idéia é gastar a maior parte dos cupons, daí a preferência da NTNB2050 ao invés da NTNB Principal 2035 (maior risco de reinvestimento e exposição à marcação a mercado quando retirasse o valor necessário).
  4. Concentração. Querendo ou não investir 100% em um único ativo soa mal, ainda mais a diversificação sendo um dos pouquíssimos "almoco grátis" disponíveis. 


Benefícios:

  1. Baixíssimo risco em geral. Qualquer livro de finanças mostra que por definição o ativo com menor risco é o título de renda fixa emitido pelo governo. Empresas podem quebrar, imóveis podem ruir/incendiar, pouco pode acontecer com um título do governo fora o calote e, como já disse acima, em caso de calote basicamente o país terá ido pro saco pois os fundos de renda fixa darão calote, as previdências públicas e privadas darão calote, os bancos quebrarão e com ele boa parte das empresas, inadimplência de aluguéis irá pro céu e preços dos aluguéis cairão vertiginosamente por conta do efeito cascate, enfim um cenário "corram para as colinas" em que num nível mais grave somente o bitcoin sobreviverá.
  2. Alta rentabilidade. Retornos brutos de IPCA+7,X% a.a. são um sonho de consumo para qualquer investidor. O IFIX teve um retorno real bruto de 0% nos últimos 5 anos, O IBOV teve um retorno real bruto de praticamente 0% nos últimos 15 anos. O S&P500 que é uma das bolsas de maior sucesso de todo o planeta teve um retorno real fora custos e impostos de 6,5%a.a. desde 1900.
  3. Despreocupação com reinvestimento. Pelo fato do título maturar apenas em 35 anos, não preciso me preocupar com mudanças nas taxas de juros do período. Selic subiu pra 20%? Os 7,X% reais me satisfazem. Selic caiu pra 7%? Continuo recebendo o mesmo valor de cupom.
  4. Por ser um título de renda fixa, não tenho que me preocupar com vacâncias, preço de aluguel, balanços, prejuízos, emissão de ações, bonificação de ações, chamadas de capital...
  5. Manutenção de portfólio 0. Em decorrência do ponto 4, não tenho balanços a ler, declarações de imposto de renda pra me esquentar, reinvestimentos de cada aluguel/dividendo recebido, nem relatórios de FIIs a analisar. Mais tempo para curtir a vida.
  6. Paz. Esse ponto pra mim é fundamental. Estava me estressando MUITO com as supostas empresas "boas" que caem o LL em 30% em um trimestre e os FIIs "bons" que pegam fogo/aumentam inadimplência/passam anos sem corrigir o aluguel. A idéia de mudar meu portfólio de ações ajudou, mas ficou longe de resolver o problema.
Depois de muito pensar a respeito, resolvi agir. Comecei vendendo aos poucos, meio que querendo respeitar o limite de R$20.000,00 por mês. Aí percebi que nesse ritmo demoraria quase 7 anos pra vender tudo. Meu emocional ficou em frangalhos, vender ações e FIIs que possuía há vários anos foi algo muito difícil pra mim, um sentimento de derrota, de falha, de que errei. No entanto, comprar os títulos com taxas tão atrativas aliviou um pouco a situação.

Semana passada eu concluí a mudança e vendi todas as ações e FIIs que possuía, investindo cerca de R$1.600.000,00 em NTNB2050 (pela queda nas taxas hoje já é ~R$1.720.000,00), que me fornecerão uma renda passiva líquida e real de R$7.600,00 até 2050. Além disso, ainda possuo cerca de R$850.000,00 em CDBs, LCs e LCIs rendendo líquido entre 13 e 18% a.a. com vencimento entre 2016 e 2020. Com o vencimento desses títulos pretendo reinvestí-los também nas NTNBs. Se estivesse tudo em NTNBs hoje teria uma renda de R$11.300,00 aproximadamente. Além disso ainda possuo alguns bitcoins, um dinheiro reservado para os gastos na mudança e outro em empréstimos para conhecidos, que totalizam cerca de R$140.000,00.

Acontece que hoje minhas despesas são de R$1.500,00-R$2.000,00 por mês, mas quando me mudar para o meu canto (o que acontecerá ano que vem) pelas minhas estimativas esse valor subirá para R$6.000,00 por mês, vivendo bem no mesmo padrão que vivo hoje. É fácil ter um padrão de vida alto com valores modestos quando não se tem aluguel, financiamento de imóvel, mensalidade de filho, financiamento de carro ou pensão para pagar. Mesmo se eu quiser ter uma vida de rei (gasto maior com supermercado comprando frescuras, plano top de celular, sair 4x na semana, 2-3 viagens internacionais por ano, maior gasto com supérfluos diversos) esse valor não passa de R$8.000,00 por mês. Estou me lixando pra carros de luxo trocados a cada dois anos, imóveis gigantescos e uma vida de ostentação (low profile 4 life), eu quero é tempo, saúde e paz. Ainda assim, é um padrão de vida comparável a alguém que ganha uns R$20.000,00 por mês brutos mas precisa pagar IR/previdência e tem parcela de apartamento e/ou filhos.

Não posso deixar de pensar, portanto, que hoje eu estou praticamente ou totalmente financeiramente independente, já que os rendimentos reais (descontada a inflação) superam com uma boa folga meus gastos mensais. Retirando R$6.000,00 minha TSR é de 2,8% e retirando R$8.000,00 é de 3,7%, isso investindo em ativos que rendem líquido e sem risco 5,5%a.a. Estou aguardando me mudar pra ver na prática como serão os gastos, mas como já tive experiência de morar longe dos pais creio que não será nada muito diferente do que planejei.

Isso não significa que não irei investir mais em FIIs ou ações, mas no curto prazo realmente devo concentrar nas NTNBs, salvo alguma quebra abrupta da taxa, o que considero altamente improvável de acontecer.

Meu olhar, pra variar, volta-se agora para o futuro. O lugar onde trabalho foi atingido em cheio pelo crise, mas ainda se consegue lucrar. No entanto, não tenho planos imediatos de parar de trabalhar, até porque é tudo muito recente. A sensação é de dever cumprido, de que meu aspecto financeiro está basicamente resolvido e que eu posso finalmente aproveitar a vida de forma mais relaxada e despreocupada. Cuidar melhor do corpo (alguém lembra do viver de saúde?), aprender coisas novas, tirar umas férias das finanças.

Eu sempre fico muito feliz quando recebo um comentário ou e-mail de algum leitor dizendo que o meu blog o ajudou de alguma forma. Hoje sou eu quem agradeço por ter cada um de vocês nesses mais de 6 anos de investimento. Vocês não só me estimularam como me ajudaram a definir minha forma de investir.

A todos vocês, muito obrigado.

239 comentários:

  1. Só não entendi se você comprou o "Tesouro IPCA+" com juros semestrais ou sem juros semestrais. Apesar que só faz sentido, no seu caso, comprar COM os cupons semestrais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NTNB é com cupom, NTNB Principal sem.

      Excluir
    2. Olá amigo blogueiro e investidor,

      Estou hoje entrando na blogosfera de finanças pra aprender e compartilhar conhecimento.
      Te adicionei nos meus links e queria lhe convidar a dar uma passada no meu blog, não sei a freqüência que vou atualizar, mas seria legal dividir os espaços e as agruras com a comunidade dos blogueiros de finanças. Passa lá. Abraço.

      https://frugalsimple.wordpress.com/

      Excluir
  2. Olá VR,

    Sempre acompanho seu blog e te admiro, pois apesar das dúvidas você é muito seguro nos seus atos. Calcula os riscos mas mete a cara e faz.
    Mas o que mais gostei foram dos números rsrsrs 12k por mês... Um dia eu chego lá.
    Abraço,

    Anon Pé de Cana.

    ResponderExcluir
  3. V.R.

    Parabéns pelas suas postagens!
    Sempre leio suas postagens e sigo algumas estratégias que você adotou.
    Uma dúvida: agora você está com sua grana toda em renda fixa?
    Qual seu ponto de vista de ter renda toda na renda fixa (CDB, LCI, LC, TD....)?

    Valeu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado!

      Então, o artigo é basicamente eu justificando o porquê de estar all in na RF. Basicamente eu não preciso correr o risco da RV.

      Excluir
  4. Parabéns VR, te acompanho desde o começo, e sem dúvidas vc foi, e ainda é, uma grande inspiração para mim.
    Sensacional ver alguém falar que conquistou a IF.
    A sua estratégia é muito sensata, o pior que pode acontecer é sua cabeça entrar em parafuso, se a taxa de juros subir para 9% + IPCA, com isso o seu patrimônio derrete no curto prazo (no vencimento será tudo conforme o pactuado), e vc tem o custo da oportunidade de deixar de ganhar 9% acima da inflação por 35 anos.
    O único problema é esse emocional, caso isso aconteça. Mas como vc bem disse vc está feliz com os 7,X% pactuados... e querendo ou não essa é uma das maiores taxas reais de juros do mundo.
    Parabéns novamente, e bem vindo a essa nova etapa da sua vida.
    Grande Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, se o título chegar a pagar 9-10% a.a. meu medo vai ser o tesouro estar com risco iminente de calote, porque não imagino outro motivo pra as taxas chegarem nesse valor. É aquilo, prefiro ter os 7.500 garantidos que ficar me arriscando pra ganhar 10.000.

      Excluir
  5. VDR, Parabéns!

    A evolução é invejável e acredito que foi uma boa decisão, apesar de bem conservadora para a sua idade.

    Fiquei curioso para saber se pretende se casar e ter filhos, pois estas contas mudam muito com estes componentes.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! Casar eventualmente sim, filhos com certeza não. Meus cálculos presumem eu me sustentando sem ajuda de ninguém, mas realmente também não presumem eu sustentando ninguém. Nunca vou querer uma mulher que só quer sugar e não entende que tem que ajudar nas despesas também! Minha atual namorada pensa como eu, então estou tranquilo.

      Excluir
    2. VR,

      Obrigado pela resposta. Fico feliz que tenha encontrado a IF dentro das suas perspectivas de vida.

      Minha visão de plano de vida inclui muitas outras coisas como casa própria, filhos, família e com isso as necessidades de gastos são muito maiores (hoje o custo de vida da minha família está em torno de R$ 12.000/mês), o que exige um acúmulo de patrimônio muito maior (talvez o dobro) do que se precisa acumular em capital para geração de renda passiva.

      Não existe certo e errado e cada um tem que viver a vida a seu modo, portanto não entenda este comentário como uma crítica.

      Abraços

      Excluir
    3. Claro, não tem certo e errado. Cada um deve procurar aquilo que o faz feliz. Tem pessoas que encontram o sentido da vida em ter filhos e não tem nada de errado nisso!

      Excluir
    4. Economicamente Incorreto,

      Más notícias para você, mas dentro do que disse, sua IF será impossível. A escolha que você fez que a inviabilizou. Como vc disse, cada um sabe o que é melhor pra si, e vc, com suas escolhas determinou que NUNCA atingirá a IF! Vc pensa que foi fácil para o VR atingir esse patrimônio? E que será FACTÍVEL para você, beta casado e com filhos conseguir o mesmo, aportando menos e gastando mais? Amigo, não quero lhe desanimar, mas volte para a matrix que você escolheu ao se casar e querer ter filhos. Sua Independência financeira JÁ ERA! Abraços!

      Excluir
    5. Anônimo,
      Vejo que esta visão de derrotado o impede de ver que existe um pouco mais de cor nesse quadro além dos muitos tons de cinza que você consegue enxergar.
      É fato que para uma grande maioria, conquistar a IF sendo casado em com filhos é muito difícil, mas saiba que esta mesma missão é igualmente difícil dependendo das suas suas escolhas ao longo da vida, mesmo não se casando e nem tendo filhos.
      É uma pena que seja difícil expor aqui detalhes da minha saúde financeira, pois prezo pela privacidade, mas quero te dizer que não é impossível conseguir o que você pensa, pois não foi impossível para mim e para muitas outras pessoas que conheço, considerando que ao se casar e ter filhos, a vida lhe abre um leque de possibilidades indescritível, em todos os aspectos.
      De onde eu saí (do nada), até onde já cheguei, posso te dizer que alcançar meus objetivos financeiros é questão de tempo, e sem querer te desanimar, muito menos tempo que você levará.
      Abraços

      Excluir
    6. Não se incomode com o juvena da real, Economicamente Incorreto.
      Se para alguns a I.F é impossível, para outros, como o anônimo revoltado, conquistar uma mulher e ter filhos com ela é igualmente impossível.

      Excluir
    7. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    8. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    9. Mais respeito aos colegas. O fato de alguém ser casado e ter filhos não faz dele um beta/cuckold. São escolhas de vida. Tem muita gente casada e com filhos mais rica do que todos os leitores aqui juntos. Claro que a tendência quando se tem filhos é de aportar menos, mas isso não é absoluto.

      Cada um busca a felicidade de seu jeito, uns com inteligência e outros de forma estúpida, mas não cabe a ninguém julgar o destino que cada pessoa busca alcançar ("assumir posição beta-provedor-cuckold" ou "preferir jogar video-game e ficar se masturbando assistindo videozinho de putaria" são obviamente visões pejorativas da vida de pai de família e de solteiro). Nesse sentido, excluí as duas últimas postagens.

      Excluir
    10. VR,

      Me desculpe se passei dos limites. O objetivo foi, e sempre será, contribuir para o aprendizado coletivo.

      Concordo plenamente que não devemos pré-julgar o destino baseado somente em algumas escolhas. Eu apenas queria deixar bem claro que não existe esta divisão de 1) Não tem filhos -> Fica rico e 2) Tem filhos -> Adeus IF. Afinal a vida é um pouco mais complexa do que isso.

      Eu até queria dizer ao anônimo que eu concordo que alguém que ganha R$ 12K/mês, no serviço público, com gastos controlados (por exemplo, que não tem gastos casa por não morar sozinho), tem grande chance de alcançar a IF em algum momento, até mesmo pela estabilidade e aposentadoria privilegiada do serviço público. Por outro lado, é uma visão extremamente míope afirmar que quem não está nestas condições está no caminho errado.

      Fazendo uma comparação, o emprego público é muito bom em termos de estabilidade e por oferecer uma renda relativamente alta no início da carreira (pensando nas carreiras com boas qualificações, claro), porém, com o tempo, esta mesma renda que é boa no início da carreira, passa a ser um limitador, com um agravante que muitas vezes alguém no setor público dificilmente sairá para voltar para a iniciativa privada, seja por ter ficado desatualizado ou porque tem medo de largar o osso a arriscar começar quase do zero.

      Por outro lado, a iniciativa privada oferece oportunidades que dificilmente alguém no setor público terá. Obviamente também é muito difícil alcançar o topo da carreira no setor privado, mas depende mais da própria pessoa, e quando alcançado, o céu é o limite. É relativamente normal alguém no setor privado, num estágio avançado da carreira, ganhando R$ 20K ou 30K/mês, portanto mesmo com os gastos em R$ 10K ou 12k/mês, este continua tento um crescimento do patrimônio superior ao que gasta menos ganhando menos.

      Agora imagine um casal bem sucedido em suas carreiras, que tenha renda mensal em torno de R$ 40K/mês. Quem tem mais chance de alcançar a IF, o solteiro ou o casal?

      Abraços

      Excluir
    11. Interessante seu ponto de vista, Economicamente Incorreto... estou numa situação parecida do seu parágrafo final. Casado, com filho pequeno e renda familiar em torno de 40K/mês. Sigo com meus investimentos, acreditando alcançar IF um pouco mais velhinho (já passei dos 35 anos) q a galera aqui do blog. Parabéns a você e ao VR. Abraço, X

      Excluir
    12. Pessoal, só não se esqueçam que o ÚNICO objetivo da vida de qualquer ser vivo é a perpetuação da espécie e não a independência financeira.

      Eu também ainda não tenho filhos, mas do ponto de vista biológico, morrer sem ter filhos é falhar miseravelmente.

      Excluir
    13. Se você for um animal irracional que vive de instintos, sim, seu único objetivo é perpetuar.

      Mas porra, tu pensa...óbvio que o único objetivo da vida é esse. Que propósito de vida triste (pra mim, claro)...felicidades aí na sua perpetuação.

      Excluir
    14. Eu sei que é demorado pra aceitar isso. É triste mesmo, mas isso é outra estória.
      E não proíbe ninguém de alcançar a IF, não é o fato de ter filhos que vai te tirar a IF.
      Ganhe mais e tenha uma vida modesta, um filho pode custar muito menos do que um financiamento.

      Excluir
  6. Parabéns pela I.F.
    Sobre as vendas das ações, espero que pelo menos tenha vendido no lucro porque realiza prejuízo depois de tanto tempo segurando é desanimador. CGRA4 por exemplo estava em mínimas dias atrás.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara algumas teve prejuízo, infelizmente essa é a realidade. Nesse ponto eu concordo com o Bastter que ficar "esperando empatar" é uma atitude completamente estúpida. Se tivesse apegado a isso ainda teria FJTA4 (perda de mais 50%), OIBR4 (essa daí perdi uns 70%), etc.

      CGRA4 perdi algum dinheiro, mas não foi tanto, vendi a R$$11,21, vi até por curiosidade o resultado dela hoje, bem ruinzinho. Taí uma empresa que nunca imaginei queda de lucro em 50%, mas foi o que aconteceu.

      Excluir
  7. Parabens Viver de Renda. Seu site serve de inspiracao para muita gente. Tbm fiz um post sobre a maravilha que sao os juros da renda fixa no meu site, os riscos e as melhores opções.

    Moro aqui nos EUA, e aqui deixar o dinheiro na renda fixa rende míseros 1% ao ano, pouco menos de 0,5% de juro real. O Brasil, com 7%-7.5% ao ano de retorno acima da inflação, da um presente para quem poupa e quer se aposentar com renda passiva, e uma grande penitência pra quem precisa pagar juros. Infelizmente as pessoas escolhem a ponta compradora dos juros.

    Se gostar, me adicione aos teus favoritos, eu vou adicionar o teu.

    Abs,

    Investidor Diversificado
    investidordiversificado.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Investidor! Lembro bem do seu post, li ele algumas vezes e é realmente isso, Brasil tem taxas de juros reais totalmente destoantes com o resto do mundo. Se você pensar que nos EUA uma TIPS de 10 anos paga 0,7%a.a. BRUTO é de lascar.

      Excluir
  8. Olá VR,

    Não entendi pq vc vendeu todas as ações e FIIs.
    Sua carteira era tão diversificada e com uma despesa tão baixa e com uma ótimo conhecimento em investimento e finanças.
    Eu estou com a impressão que vc estava com o emocional abalado quando tomou esta decisão. Acho que este fator "PAZ" impactou mais de 90% na sua decisão. E fico me perguntando...Será que se o mercado estivesse em alta hoje, vc tomaria a mesma decisão?
    Não é que estou achando que a decisão de tudo em TD não foi acertada. Mas acho que vc também encontraria um bom resultado com sua carteira diversificada.

    Abs!


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será que não é a questão de aproveitar uma oportunidade?
      Sabe-se lá qdo (e se) as taxas atingirão esse patamar tão elevado novamente. Se ele não pegar agora pode ser que erre forte o timing.

      Sem contar que ele já vinha com essa ideia de vender as ações há mto tempo.

      Excluir
    2. Como ele mesmo mencionou em 2009 as taxas estavam como as de hoje.
      Talvez ele tenha se enojado de continuar fazendo parte do cassino chamado Bovespa, onde os pequenos investidores só pagam a conta, e para "tentar ganhar" uns trocados tem que especular !!!

      Excluir
    3. fui pesquisar e deve ser por isso mesmo, nojo da nossa bolsa e de como ela é direcionada a dar lucro pra "banca"
      Bovespa = vergonha
      - leiam qual era o pensamento do nosso amigo viver de renda:

      "No meu caso, digamos que quando eu tiver 42 anos eu tenha um portfolio no valor de R$3.000.000,00 conforme planejado. Planejo consumir R$120.000,00 ao ano, corrigidos pela inflação. Com uma alocação de ativos bolsa/renda fixa em 80%/20%, ficaria com R$2.400.000,00 na bolsa e R$600.000,00 na renda fixa. A partir daí eu começaria a retirar R$10.000,00 por mês da renda fixa, INDEPENDENTE do comportamento da bolsa, ATÉ a exaustão dos R$600.000,00. A partir daí, meu portfolio seria 100% bolsa, mas lembrem-se: foram R$2.400.000,00 que ficaram parados por no mínimo 5 anos (600.000/120.000 = 5), provavelmente um pouco mais em virtude do retorno da RF. A partir daí começaria a retirar apenas da bolsa e nunca mais compraria um título de renda fixa."

      Excluir
    4. A questão é que o "longo prazo" não veio. Retorno do Ibov de 20 anos é quase 0% real. Retorno do IFIX do início até hoje é 0% real. O raciocínio foi basicamente: "pra que me estressar e correr risco pra tirar 4% a.a. sendo que sem risco posso tirar 6% a.a.?"

      Excluir
  9. Boa noite VR,

    Parabéns pela abordagem muito interessante mesmo

    Se me permite perguntar, o que aumentaria seus custos de 1.5k a 2k para 6k com a mudança de casa? Seria os custos da casa em si como financiamento, aluguel, aumento nas contas da casa? Porque foi um gasto substancial que você comentou.

    Se me permiti acrescentar nesse texto ja tão bem feito, quando cita os beneficios da estrategia e no 1º item cita que se acontecer tudo o que citou somente os bitcoins salvara, eu acrescentaria ai também terras produtivas, pois em crises os preços tendem a disparar, mas mesmo que caia, a produção das terras ainda irá gerar renda, pois mesmo em crise as pessoas precisam comer. Qual a sua opinião sobre isso?

    Grande Abraço e Parabéns
    Tadeu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tadeu,

      Eu fui refazer meus cálculos e hoje na verdade meu gasto é de R$2.000,00-R$2.500,00, basicamente são os gastos com condomínio, supermercado, luz, água, internet, diarista, iptu...

      Sobre terras produtivas sou totalmente ignorante sobre o assunto, então não tenho nada a dizer sobre isso.

      Excluir
    2. VR,

      Da uma olhada nesse estudo aqui não é tão grande que fala sobre as terras produtivas em tempos de crise. É pensado para os EUA mas tem lógica para o Brasil. E me o que você acha:

      http://flyinggaruda.blogspot.com.br/2011/01/worlds-most-valuable-asset-in-time-of.html

      Excluir
    3. Tadeu,

      Esse é um texto de opinião, pelo gráfico a terra dá um retorno real de 15% a.a. durante mais de 30 anos, isso daria quase 20% a.a. lá nos eua, performance digna de Warren Buffett. Ele também presume o aluguel da terra, salvo engano por aqui não tem muito disso. Pra mim é bem parecido com imóveis, só que com menos liquidez e maior dificuldade de se obter aluguéis. A CRESY que ele mencionou afundou e está na cotação de 2008.

      Excluir
    4. VR,

      Esses alugueis a que ele se refere seria tipo arrendar a terra para plantação ou para pasto de gado de leite ou de corte. Não é tão dificil assim de se conseguir não, eu mesmo tenho minha terra com um parceiro, ele toca toda a produção da plantação e me da uma % da produção, ou seja, eu tenho a valorização da terra mais essa % da produção, como se fosse o "gold with yield" e o melhor é que não gasto nenhuma energia com isso, renda totalmente passiva.

      Nao estou falando que é facil encontrar essa terra produtiva para comprar muito menos achar um parceiro para fazer um contrato de arrendamento (que geralmente é feito de 5 a 10 anos). Mas quando tiver mais tempo livre, acho que vale a pena dar uma olhada nisso associando com a estrategia das NTNBs, pois se deixar 1/3 do seu patrimônio (justamente os 800k seus que esta em cdbs, renda fixa, emprestado para amigos) você esta diminuindo o seu risco soberano (mesmo que ja seja baixo) do outros 2/3 do patrimonio em NTNBs.

      Acho que vale a reflexão.
      Att.
      Tadeu

      Excluir
  10. Nóóóó, para eu que acompanho seu blog desde 2009 e os "mils reais", o embasamento na literatura estrangeira e a aversão à RF, esta foi uma virada de 180º. Mas que faz todo o sentido nesta terra brasilis. Agora, entendi que há uma vantagem hereditária: o acúmulo financeiro pode ser todo direcionado pra investimentos e renda, pois pelo que entendi não há "mordida" do imóvel próprio, provavelmente vai vir de herança, o que alivia, já que a compra de um morderia no mínimo 20% do seu patrimônio.
    De qualquer forma, parabéns. No seu lugar faria o mesmo; RF no Brasil é "O" almoço grátis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais ou menos sobre o imóvel. Estou gastando um dinheiro pesado ultimamente com ele.

      Excluir
  11. Boa noite e parabéns, estou bem mais velho e com muito menos dinheiro que vc, porém numa situação similar a sua pois tenho açoes e FIIs me dando um enorme prejuízo.
    Em 2012 perdi o time ao não vender minhas Vale5 nos 40,00(hoje 12,73) e comprar TD, hoje se eu realizar o prejuízo em RV não terei nem metade do que eu tinha na época, o que vai reduzir em muito meu retorno no T+ IPCA 2050.
    Como vc fez?
    Estou super apreensivo pois a cada dia que passa vejo os meus poucos recursos para aposentadoria virando pó...
    Abç

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aproveitando peço pra vc comentar a marcação a mercado neste título. Obg.

      Excluir
    2. Tesouro NTN também é renda variável! Tenha consciência disto. Seu principal pode variar enormemente e até ter prejuízos, ficar no negativo anos. Eu digo que TD (fora LFT) é renda variável onde você sabe o futuro em apenas um momento: no dia do vencimento. O resto é volatilidade digna de ações. Sabendo disto, invista consciente.

      Excluir
    3. Eu vendi o que tinha que vender, na média tive um leve retorno negativo nas ações (-0,2%a.m.) e um retorno positivo nos FIIs (+0,7%a.m.), ainda assim abaixo da RF.

      O anônimo de cima explicou exatamente sobre a marcação de mercado. Leve até o vencimento ou você pode perder dinheiro.

      Excluir
    4. Pelo que lí a TX só serve pra definir o valor do título(no momento da compra) daí até o vencimento quem "manda" é a marcação a mercado.
      Portanto se por ex.: de 2016 até 2050 a TX for de 3% + IPCA será desta forma que seus títulos serão rentabilizados.
      Ou não ???

      Excluir
    5. Os valores dos títulos pré-fixados e mistos não são totalmente comandados pela taxa. Existe volatilidade, mas é como se houvesse uma "tendência de alta" forçada. O preço é resultado de uma equação, em que uma das variáveis é o tempo que falta até o vencimento.

      Por exemplo, se você comprar um desses títulos hoje, pra ele estar com o mesmo valor de face daqui a 5 anos, a taxa vai ter que estar MUITO mais alta. Se ele estiver com a mesma taxa, seu valor será maior. Quanto maior? exatamente o quanto a taxa prevê

      Pra ficar no prejuízo com um título longo até o seu vencimento, só se acontecer um apocalipse zumbi

      Excluir
    6. Marcação a mercado só importa se você quiser vender o título no período. Caso contrário é TOTALMENTE irrelevante. Eu estou tratando como um título sem liquidez, então a marcação não serve pra nada já que ao final terei o valor do principal corrigido - IR.

      Excluir
  12. Parabéns por ter conseguido atingir sua meta. Seu post me fez acordar pra necessidade de investir em renda fixa. Tenho 45 anos e zero em rf. Tenho trabalhado até agora visando apenas estruturar meus negócios, o que tem gerado em mim um crescente temor em relação a uma aposentadoria insuficiente. Você me faz pensar o quanto tempo desperdicei não investindo de forma compulsória em títulos do tesouro.
    Graças à sua gentileza em dispor desses números, vou imediatamente direcionar meus negócios pra obtenção de uma renda passiva capaz de manter meu atual estilo de vida.
    Sendo separado, sem filhos e dívidas, acredito que possa chegar a uma renda satisfatória no prazo de 5 anos. Minha primeira atitude será desistir de trocar meus dois veículos, coisa que pretendia fazer nesse final de ano. Só aí já economizo 40 mil reais. Tenho uma casa maravilhosa e um apto que só uso para dormir, então vou vender o apto e tacar tudo na rf. Tenho 3 lojas. Vou colocar o lucro de duas 100% em títulos do tesouro. Já decidi, só vou voltar a investir em qualquer outra coisa, depois de ter pelo menos 2kk em rf. Anon offroad

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carro é bom, porém é melhor um carro básico com menos custos de manutenção, desvalorização, visibilidade de roubo e aumentarmos RF, RV ou o que for para gerar lucro futuro. Eu mesmo ainda estou analisando se fico sem carro.

      Abraço

      Excluir
    2. Vá com calma e pense bem antes de tomar qualquer decisão precipitada.

      Excluir
  13. Olá VR.
    Concordo com a ideia central do artigo, mas não chegaria ao ponto de fazer all in, pois mesmo na renda fixa mais conservadora pode existir algum risco subdimensionado.

    Exemplificativamente, seguem dois riscos que não considerou:
    1) mudanças nas regras de tributação (algum maluco pode um dia estabelecer uma tributação progressiva com alíquotas de até 50%)
    2) a manipulação de índices de inflação resultar não apenas em rendimento real zero, mas, principalmente, em alguma perda irreparável do principal.
    Veja o caso dos expurgos inflacionários, tão frequentes nos anos 80 e início dos anos 90, não resolvidos até hoje. E antes que alguém diga que este é um risco baixo para um título com vencimento em 2050, já que o principal seria pago apenas no vencimento, não despreze a possibilidade de o expurgo ser acompanhado da troca compulsória do título por outro criado especificamente para viabilizar o calote branco.

    Enfim, sua estratégia tem lógica e fundamento, mas o all in despreza o risco da criatividade dos nossos governantes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo,

      Você está corretíssimo, é um risco real o aumento da tributação. Infelizmente acho mais provável eles passarem a tributar dividendos, LCIs ou FIIs que são isentos de IR do que aumentar a alíquota da RF normal. Ainda assim, é algo que com certeza pode acontecer mas que não há muito o que se fazer a não ser diversificar.

      A questão dos expurgos realmente o governo tungou quem tinha FGTS, e o calote branco é algo que pode acontecer no futuro. Acho mais difícil manipularem o IPCA.

      É algo para se pensar. Talvez fazer uma renda "basal" com o tesouro e depois comecar a diversificar nos FIIs/ações.

      Excluir
  14. Conheci seu blog a menos de 4, 5 meses e virei leitor assiduo. Voce mudou muitos conceitos errados. Voce ja chegou a IF. Eu ainda estou na luta. Parabens

    VDC viverdeconstrucao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. Realmente muito interessante toda essa história. Acompanho o blog a alguns meses mas esse post me fez começar a ler o seu blog desde o post número 1. Realmente muito legal ver a evolução, e em pouco tempo.

    Uma pergunta: você dizia pode viver confortavelmente com 5 mil/mês. Hoje suas despesas continuam em 2 mil/mês, ainda assim você aumentou o objetivo para 12 mil por mês. O que fez mudar essa percepção?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não aumentei o objetivo pra 12 mil por mês. Em 2009 falei que viveria confortavelmente com R$5.000,00. Hoje digo que viveria confortavelmente com R$6.000,00, até menos do que a inflação do período. Falei que com o $ que tenho hoje poderia retirar R$12.000,00, valor que nem preciso pra viver bem...

      Excluir
  17. Olá VR, Parabéns pela conquista da IF!

    Quando vc começou a investir, boa parte do seu patrimônio estava em RV e a
    sua justificativa para isso era de que a sua carteira visava o crescimento do
    patrimônio. E hoje como a sua carteira é uma carteira de retirada visto que vc
    já alcançou a IF, o seu patrimônio está praticamente todo em títulos indexados à inflação.
    Uma dúvida de quem está iniciando a jornada rumo à IF, vc acha que valeu
    a pena ter alocado boa parte do seu patrimônio em RV quando começou a
    investir ou se estivesse alocado apenas em RF valeria mais a pena?
    Em suma, vale a pena investir em RV no Brasil ou melhor se concentrar apenas em RF?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fábio,

      Objetivamente a resposta é não. Se tivesse deixado o $ parado na conta-corrente rendendo 0 seria melhor do que ter colocado na bolsa. Isso não quer dizer que a estratégia estava errada. A bolsa de valores geralmente possui a maior expectativa de retorno de todos os ativos, justamente por conta do risco. Temos que ter muito cuidado com "recency bias", não é porque a bolsa foi ruim nesse período que ela será no futuro. Então eu diria que vale a pena investir em RV no Brasil sim, por conta da expectativa de retorno positiva que as ações possuem.

      Excluir
    2. A verdade é que nós lemos e aprendemos com livros americanos, mas operamos é na bovespa. A realidade é diferente. Existem artigos falando de como a bolsa brasileira há anos perde pra renda fixa. Nos EUA a economia está desenvolvida, vê-se claramente a recuperação da economia após crise 2008. O que não acontece no Brasil. Na Europa os juros estão negativos há 8 meses. Isso significa que se você deixar seu dinheiro na conta corrente eles te cobram ao invés de dar juros. O banco não quer o seu dinheiro, porque o CDB é negativo. Juros de 0,05% ao ano, ninguém vive de renda assim. Empréstimo a 2% a.a, ou seja, melhor coisa é pedir dinheiro e montar empresa. Tem que trabalhar, não tem renda passiva. Se o estrangeiro não visse o Brasil com tanto preconceito (às vezes nem é preconceito, é a realidade que não vemos por ter tido alguns poucos anos de estabilidade na republica das bananas) ganhariam muito dinheiro. Pedir a 2% a.a e receber a 14,25% a.a. Negócio da china.

      Como posso confiar na economia de um país cujo banco central não é independente? Se o atual presidente tem o poder de falar pro Banco Central se ele deve ou não subir os juros, a economia nunca será confiável. O país é mau administrado, realmente a bolsa é um risco muito alto e não significa que trará retorno que prêmio-risco existe ali.

      Eu achei sua decisão acertadíssima. O objetivo de investir na bolsa e em FIIs é a perspectiva de aumento do patrimônio com a valorização dos ativos. Se você já chegou no seu objetivo não há necessidade de valorização e sim preocupação com a renda. Deve-se manter a renda.

      No entanto, vejo uma falha, talvez eu esteja errado. Hoje o TD é o investimento com menor risco e tem realmente uma ótima rentabilidade. Mas isso não será assim sempre. Quando a rentabilidade do TD cair você não poderá entrar em outros investimentos como FII pois a hora de comprá-los é agora. A renda vai cair. É claro que você só vai se preocupar com isso em 2050. E considerando que sua renda continuará sendo maior que os gastos, seu patrimônio continuará crescendo.

      Mas realmente me preocupa essa febre com Tesouro Direto. Quando o investimento mais conservador do país tem rentabilidade melhor que os demais, alguma coisa está errada.

      Excluir
    3. Douglas,

      O contraste do Brasil com o resto do mundo no que se refere a finanças está maior do que nunca. Taxas negativas lá, maior juro real do mundo aqui. Renda variável bombando lá, afundando aqui.

      A questão da falha é sobre risco de reinvestimento. Quando os títulos vencerem eu terei mais de 65 anos, com o principal intacto e uma saúde provavelmente fragilizada (não acho que vou viver muito tempo).

      O que está de errado é a inflação nas alturas que obriga aumento da SELIC e o governo altamente deficitário que aumenta a probabilidade de calote, daí você vê instrumentos conservadores com alta rentabilidade.

      Excluir
    4. Apesar de você ter reforçado no texto sobre o IR aplicável sobre a porção da correção monetária (IPCA), vejo você citando que ao final terá o principal intacto. Acho mais prudente considerar, na rentabilidade real, o desconto do IR sobre a correção/inflação, portanto a rentabilidade real do título é aproximadamente 4% a.a., assim sendo, se tiver uma retirada de 6% a.a., o principal não estará intacto.
      Se considerar isso, terá uma correção monetária 15% ,emor todos os anos, o que certamente afetará muito o principal.

      Excluir
    5. Se considerar isso, terá uma correção monetária 15%, menor todos os anos, o que certamente afetará muito o principal.

      Excluir
    6. Anônimo,

      Quando esses títulos vencerem eles estarão valendo mais de R$14.000.000,00 presumindo uma inflação de 6%a.a., e vou pagar pouco menos de R$2.000.000,00 de IR, então meu rendimento vai diminuir em 14%, presumindo a mesma taxa. Eu estarei com mais de 65 anos e terei todo o principal pra consumir durante a velhice além dos juros. Se eu quisesse permanecer com o principal intacto aí sim teria que calcular, mas sinceramente minha folga é grande o suficiente pra eu não contabilizar isso.

      Excluir
  18. Olá VD, eu gostei mas não aprecio muito sua estratégia, pois na minha opinião, o IPCA não acompanha a inflação real. Este ano por ex o IPCA bateu 9,5%, mas na prática todos nós sabemos que este número é bem maior, principalmente p/ classe média trabalhadora. Pra você ter uma ideia, ano passado meu custo de vida era de aproximadamente R$ 900,00/mês (combustível, energia, gás, telefone, internet, seguro, condomínio, etc), hoje estou desembolsando em torno de R$ 1.200,00/mês, mantendo o mesmo padrão de vida (sou casado, mas não tenho filhos), um aumento real de 33%!!! Eu acredito que investindo em ações, pelo menos no longo prazo (15/20/30/40 anos) seja mais vantajoso. Um exemplo besta, as ações MDIA3 tiveram um retorno de 33,46% aa nos últimos 7 anos (2007-2014). A "inflação" neste mesmo período foi de 6% aa (na média), ou seja, um retorno líquido de 27,46% aa. Mas vamos considerar que a inflação real foi de 15%aa, um retorno líquido de 18,46%, bom né? Parabéns pela sua IF e boa sorte nos investimentos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafael,

      Isso aí me cheira a evidência anedótica. Meu custo com internet caiu 40%, com telefonia 30%, já alimentação e combustível subiu acima da inflação. São 338 itens analisados em umas 10 capitais, sinceramente não vejo problema com o IPCA.

      O retorno bruto do MDIA3 pelos meus cálculos nos últimos 8 anos foi de 17% a.a., nos últimos 9 anos foi de 16% a.a., com certeza é um exemplo de sucesso, a questão é saber hoje que ação terá aumento expressivo do lucro daqui a 10 anos! A Natura, por exemplo, era uma empresa maravilhosa, maquininha mesmo, teve retorno de 6,6%a.a. nos últimos 10 anos. BBAS3, 9% a.a., PETR4 -5%a.a., VALE5 -1,24%a.a., BBDC4 4,65% a.a., todas essas eram empresas extremamente redondas em 2005 com lucros consistentes e crescentes.

      Ainda assim, no longo prazo com certeza a bolsa de valores tende a superar a renda fixa! É o normal e o justo, já que se corre bem mais risco!

      Excluir
  19. Viver de Renda, oq vc faria HOJE se tivesse entrado na Bovespa(=cassino) há quase 10 anos e hj tivesse apenas 1/3 doq tinha em 2012 ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depende de muita coisa. Se eu tivesse 30 milhões e hoje tivesse 10 milhões colocava 1/3 em cada classe e ia curtir a vida. Se tivesse 1 milhão e hoje tivesse 300.000,00 eu teria sérios problemas pra dormir.

      Excluir
    2. VR este é meu caso...se realizar o prejuízo em bolsa agora terei apenas 1/3 pra investir no TD 2050, oq me dará um retorno muito pequeno.
      Nesta situação, além de ter problemas pra dormir, o que vc faria ?
      Abraço!

      Excluir
  20. Acho que a estratégia de aporte total numa NTN-B tão longa é extremamente arriscada.

    Não é possível saber como será o nosso país no ano que vem, o que dirá em 2050?

    Você está apostando todas as fichas em um governo corrupto, irresponsável, gastador, fora toda a roubalheira que é descoberta dia após dia.

    Se o Brasil virar uma nação bolivariana, nosso dinheiro não valerá nada em poucos anos. Se o Brasil conseguir derrubar essa gente, ainda assim viveremos nesses momentâneos voos de galinha.

    Colocar todo o patrimônio assim na mão do governo é confiar MUITO numa virada de mesa nesse país. Pode acontecer? Pode, mas a possibilidade é remota e jamais colocaria todo meu patrimônio na reta por isso.

    O Brasil não é Suíça, as coisas mudam bruscamente, não existe um padrão, uma estabilidade. Nada. As circunstâncias mudam a todo momento e a interferência e ingerência do governo é enorme. O Brasil já teve muitas moedas e já deu calote em dívida. Não é nem um pouco confiável.

    É minha opinião pra acrescentar na discussão.

    Abçs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Investidor,

      Concordo que o Brasil é um país pobre e com instituições não muito fortes, mas qual seria a alternativa fora investir lá fora ganhando 1%a.a.? Acho que ainda tem uma distância do Brasil de hoje pra uma nação bolivariana.

      Excluir
    2. Brasil está na rota do bolivarianismo, a não ser que alguma coisa séria aconteça para impedir isso. A economia do país está paralisada e o autoritarismo do governo está cada dia mais evidente.

      O segredo do bom investimento no longo que melhora a relação risco-retorno, você deve saber, é a alocação de ativos. Justamente por não termos como prever o futuro, é bom estar diversificado em ativos não correlacionados, como ações, renda fixa, fiis, etc. Mesmo na renda fixa, julgo ser prudente ter ativos de diversos emissores, pode ser o TD, pode ser CDB, LCI, LCA. CRI também é bem interessante para renda, pois ele distribui o rendimento e amortização, que pode ser usado nos gastos ou ser reinvestido. CRIs pagam hoje IGPM+7%. Como cada CRI custa 300k e distribuem mensalmente, com 2 deles já te dá uma renda legal por mês e você pode deixar o resto rendendo juros compostos em outras rendas fixas.

      Claro que tudo dentro do Brasil te expõe ao risco de quebra do país. O que é sim possível, É só ver as contas públicas. Não pense que quem está no governo se importe com isso. É gente da pior espécie.

      Um bom REIT suíço distribui 5% ao ano. O mesmo acontece na Ásia. Há ETFs de renda fixa e bonds distribuindo por aí também. Veja meu post sobre "laddered bonds" para entender como montar um.

      Diversificação reduz a possibilidade de tragédias em relação ao seu patrimônio.

      Abçs!

      Excluir
    3. Investidor,

      CRI é um ativo com risco muito maior que o governo. Com o governo dando calote a inadimplência desses pagamentos estoura completamente.

      Não adianta pegar esse ou aquele REIT. Nos EUA o yield do index dos REITS é de 2,6% a.a., não tem nem como comparar com os FIIs brasileiros. Renda fixa la fora está basicamente acompanhando a inflação ou nem isso, retorno real 0% ou menos.

      Diversificação ajuda, claro, mas no meu caso o 1o passo depois de fazer minha renda "basal" nas NTN-Bs será FIIs ou ações nacionais que possuem boas expectativas de retorno do que comprar índice estrangeiro com PL de 20 e bond com yield bruto de 1%.

      Excluir
    4. VR,

      Bond Perpétuo do Banco do Brasil atualmente pagando 12,9% em dólar!!

      Praticamente risco soberano do Brasil e ligado a uma moeda forte.

      Por isso que eu digo que é preciso diversificar não só em ativos como também em moedas.

      Abçs!

      Excluir
    5. Salvo engano esses bonds podem ser resgatados pelo BB, inclusive vi uma notícia de que ele iria fazer isso com parte dos bonds perpétuos de 9 e 9,25%.

      Excluir
    6. Pelo que eu vi eles compraram a mercado.

      Precisa ver especificamente as regras de cada um.

      Existem algumas regras do tipo "pode ser resgatado a partir de 2023". Então é preciso avaliar caso a caso.

      É mais pra ilustrar a questão da diversificação.

      Abçs!

      Excluir
  21. Parabéns por alcançar seus objetivos, VR!

    Você é o mestre da determinação. 6 anos de frugalidade, apesar das tentações de administrar um patrimônio significativo. É assim que tem que ser! Também chego lá no meu ritmo.

    VR, concordo parcialmente com o argumento do colega Investidor Internacional. Contudo, olhando para o longo prazo, é um momento interessante para estar posicionado em grande parte em reais. Nossa moeda ainda está subavaliada e, como todos já disseram, temos a maior taxa de juros reais do planeta.

    O cenário mais provável a médio-longo prazo é o fim da crise, reapreciação do real e volta da taxa de juros a um nível realístico. Nesse caso você aumentaria significativamente seu patrimônio com a diminuição dos juros. Talvez fosse interessante, nesse futuro provável com juros mais baixos, você aproveitar a grana extra e aumentar sua alocação em ativos que diminuam sua exposição ao risco do Brasil afogar-se na lama. ETFs ligadas a bolsas de outros países, por exemplo (no momento estou olhando este http://www.etf.com/VWO ), ouro ou mix de moedas.

    Isso a parte, também aproveitaria esses últimos CDB e LCIs a vencer para aumentar a segurança contra eventos imprevisíveis, no estilo Taleb. Não dá pra se proteger de um apocalipse zumbi, nem invasão de ETs. Mas, como diz o ditado: "Coloque 10% de seu patrimônio em ouro e torça pra dar errado". Claro que não precisa ser ouro, mas veja meu apelido.... sou muito receoso e prefiro estar preparado para o maior número de cenários futuros possíveis. Que achas?

    Que a fortuna continue te acompanhando!

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diversificador,

      Cara, ouro é algo muito complicado porque não produz riqueza, fora que a quantidade alocada não protege o suficiente. Imagina se hoje eu coloco 10% em ouro, aí o Brasil vira a Venezuela e eu vou estar com o equivalente a 70 mil dólares em ouro. Não resolve minha vida nem a de ninguém.

      Eu pretendo diverisifcar mais pra frente com dinheiro novo, mas agora quero ter uma renda passiva bem grande com folga em renda fixa pra ter minha paz garantida. Pra isso preciso saber exatamente quais serão meus gastos e isso só ano que vem.

      Excluir
  22. 2050 é um loooongo prazo, mas vale lembrar que ele vai retirar 12k limpos e corrigidos pela inflacao.
    E como ele precisa apenas de 6k, ele pode investir os outros 6k em qualquer outro ativo. Seriam quase 100k por ano, gerando cerca de 0,5k-1k por mes dependendo do investimento.
    Logo, ele teria uma renda extra de no mínimo 2,5k nos proximos 5 anos.

    ResponderExcluir
  23. Se vc necessita somente de 6 k am, invista em ntb 2050 somente o suficiente para gerar essa renda.
    O restante vc poderia aproveitar a crise atual e montar uma carteira de fii's e ações. Usa a renda dos fii's para comprar mais a ações e os proventos das ações para comprar mais titulos públicos.
    Eu atualmente só invisto em fii's. Até pq meu capital é pequeno. Quando tiver um montante legal, passo a investir o aporte mais a renda em ações. Até formar uma carteira legal. Depois passarei a comprar títulos. Meu plano é em 10 anos está com as 3 carteiras montadas para só reinvestir até a aposentadoria. Não pretendo parar de trabalhar, pelo menos não por enquanto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu preciso saber exatamente quanto serão meus gastos, essa informação só terei ano que vem. Eu de certa forma aproveitei a crise e comprei boa parte dos títulos a taxas de 7,3-7,5% a.a.. Há 3-4 anos atrás ela estava em 4%.

      Excluir
    2. mas como vc mesmo citou em 2009 as txs estavam nos mesmos patamares de hoje...

      Excluir
    3. Não entendi, o fato de estarem nos mesmos níveis de 2009 (ao contrário do ibov) não demonstra que realmente a taxa estava num níve alto?

      Excluir
  24. VR,
    Primeiro, gostaria de dizer que seu blog serviu de inspiração para mim iniciar minha jornada em busca da IF. Saber que já alcançou a sua reforça ainda mais minha vontade de atingi-la.
    Estou na metade do caminho. Os rendimentos dos FIIs, que representam 40% do meu patrimônio, já fazem frente a mais de 50% das minhas despensas. O restante do patrimônio repousa em RF (LCI e TD). Com a alta dos juros do títulos públicos, fiquei (e ainda estou) tentado a realocar grande parte do patrimônio em títulos que pagam cupons mesmo sabendo da desvantagem tributária nos dois primeiros anos. Prezo muito a geração de fluxo de caixa, que permite mudança de rota com o reinvestimento dos cupons em outros ativos conforme as oportunidades do mercado e enquanto eles não forem necessários ao custeio das despesas cotidianas.
    Dito isso, minha pergunta: a estratégia por vc adotada seria recomendável para uma situação como a minha, na qual ainda não foi acumulado capital suficiente, ou só valeria a pena depois que atingida a quantia necessária nos termos dos estudos gringos (25 x despesas anuais ou TSR de 4% a.a.)?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que importa é o retorno total, mas não vejo nada errado com sua estratégia.

      Excluir
  25. Como diz o Bastter, o que enriquece é o trabalho e não a rentabilidade. Veja que mesmo com uma rentabilidade pífia, conseguiu chegar lá.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Discordo do Bastter, quem sabe o mínimo de matemática financeira entende que na fórmula dos juros compostos (M=P(1+i)n) todos os elementos são importantes: principal (trabalho), taxa (rentabilidade) e período (tempo). No meu caso por exemplo, é melhor passar a dobrar o salário de 10 pra 20 mil ou dobrar a rentabilidade de 25 pra 50 mil? É melhor dobrar o salário ou dobrar o tempo deixando rendendo?

      Minha rentabilidade de fato não foi das melhores, mas ainda assim felizmente consegui gerar alpha em todas as classes (bati o ibov nas ações, o ifix nos FIIs e o CDI na renda fixa). O grande problema foi o pífio rendimento das ações no período e abaixo do esperado nos FIIs.

      Excluir
    2. VR meus parabéns por ter conseguido sua IF, seria pedir muito pra vc fazer um resumo pontuando quando e com quanto começou, eu li vários posts de anos atrás mas fiquei com dúvidas.
      Agora que já alcançou sua IF já pode aproveitar mais a vida e compartilhar ainda mais seus conhecimentos. Abraço.

      Boa Sorte a todos nós que tbm estamos em busca da tal IF !!!

      Excluir
    3. Comecei em 2006+- guardando R$50,00 por mês. Em 2008 estava guardando pouco mais de R$2.000,00, a partir de 2010 consegui aumentar muito o aporte.

      Excluir
  26. VR eu tbm comecei em RV em 2006, porém agora vejo que quebrei minha cara e não tenho nem metade do patrimonio que já tive, graças a ter acreditado na conversa de que "bolsa é pra LP" ou "vc tem que ser tornar sócio"
    Devido a estas e outras frases fui comprando e comprando ações com todo dinheiro que entrava e em 2012 eu estava perto da minha meta( vender açoes e comprar TD)ai fiz a besteira de aguardar mais um pouco e perdi o time.
    Agora estou numa situação muito dificil, pois se realizo não chego nem proximo da meta ( aposentadoria) e se não realizo.....
    Vc poderia me aconselhar:

    - no momento não tenho outra fonte de renda e meu "colchao de segurança" me garante somente mais 2 anos.
    - estou comprado em 70% RV( Brap4 e ITUB) e 30% RF(TD/CDB/LC)

    Obrigado e forte abraço!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito fácil apontar erros olhando o passado, então não estou falando isso para dizer que sou melhor ou que você é pior, mas aqui vai minha opinião:

      Primeiro erro: não diversificar. Investir tudo em ações é péssimo negócio mesmo nos EUA. É 10% para conservador, 20% para intermediário e 30% para agressivo. Não mais que isso. Ações podem alavancar absurdamente seu patrimônio mas também podem destruir. Então é claro que a ganância aqui é a pior coisa que se pode ter, como vender apartamento para colocar em OGX. "Todas as empresas X foram bem, porque OGX não iria? Vou ficar milionário em 1 ano." Siga as regras do livro do básico do investidor iniciante, diversificar, não arriscar muito, etc etc.

      Segundo erro: Comprar ITUB. Posso estar errado até porque ninguém conhece o futuro, mas é ação da moda. Quando a InfoMoney falou que os fundos imobiliários eram o melhor investimento todo mundo tava comprando. Isso era 2013, na alta máxima das cotas, ou seja, péssimo negócio. Hoje não sai um único artigo de FII na InfoMoney. Agora comprar ITUB sai todo dia. WARREN BUFFETT sempre acreditou que o momento de comprar ações é quando ninguém mais as quer. Todo mundo quer ITUB, não siga o rebanho.

      Excluir
    2. P.S.: Agora entendi, você não está comprando ITUB, está comprado. Ignore o que eu escrevi como segundo erro.

      Excluir
    3. Douglas,

      Você está vendo as coisas fora de contexto.

      Em 2012, o governo abaixou artificialmente os juros, que chegaram a 7,25%. Os investidores correram para os FIIs para buscar renda e as cotas dispararam. Quando os juros começaram a subir, os FIIs começaram a cair.

      Lembrando que houve interferência do governo em tudo, pois jogaram lenha na bolha imobiliária e manipularam as taxas de juros, criando mais volatilidade.

      Excluir
    4. Douglas e demais colegas, agora que o erro de concentrar em RV e pior ainda, em apenas 2 ativos, já foi cometido acho que o que o nosso amigo precisa é de orientação para que ele possa avaliar qual melhor se adequa às suas necessidade atuais.
      Minha contribuição seria, caso não queira realizar um prejuízo tão grande e considerando que estamos perto de um fundo na bolsa, venda parte e diversifique em ativos que caíram tanto qto seus 2 ativos.
      Não cito nenhum ativo pois não acompanho tão de perto este mercado.
      Se algum outro colega quiser citar ativos que acompanham...
      Abraços !

      Excluir
  27. Olá, VR, parabéns pela tão sonhada IF! Pretendo conquistá-la daqui a alguns anos.

    Tenho R$ 76k em PGBL progressivo que já dura 10 anos. Li um post seu sobre previdência e fui conferir as taxas do meu plano. Pago 1,5% de tx de carregamento e 3% de tx de administração. Péssimo negócio, né?
    Queria saber o que fazer agora... fazer o resgate total, pagando o IR de 10 a 35% para investir no TD vale a pena? Ou diminuir os meus aportes?

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Resgate tudo. 3% a.a. de taxa de administração é um estupro.

      Excluir
    2. O banco sugeriu que eu fizesse um aporte de 10k, assim eles diminuiriam a tx de administração para 1,5% a.a e a tx de carregamento de 1,5% seria postergada. Vale a pena fazer esse aporte ou melhor resgatar mesmo?

      Excluir
    3. Resgate. Faca os calculos e voce vai ver que vale a pena resgatar. Nao coloque dinheiro bom em cima de dinheiro ruim.

      Excluir
    4. Obrigada pela dica! Seu blog tem ajudado muito a melhorar minha consciência financeira! Vc poderia escrever um livro!
      Abraço!

      Excluir
  28. Primeiro meus parabéns, VR. Sempre acompanho seu blog, inclusive está nos meus favoritos. Tenho apenas uma dúvida:se você aplicou tudo em TD venc, em 2050, como você vai fazer as retiradas(12mil propalados), já que pelo risco da marcação a mercado você pode está comprometendo o principal?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com o pagamento dos cupons semestrais esses valores não ficam sujeitos a marcação a mercado, o valor pago é fixo e aumenta de acordo com a inflação.

      Excluir
    2. VR, então no caso você vai retirar semestralmente o rendimento correspondente aos 6 meses (e não mês a mês) e assim sucessivamente?

      Excluir
    3. Exatamente. Recebo no cupom o equivalente a 6 meses de juros, ainda ganho um juro mínimo desse valor que vou demorar 6 meses pra gastar.

      Excluir
  29. VR eu tbm comecei em RV em 2006, porém agora vejo que quebrei minha cara e não tenho nem metade do patrimonio que já tive, graças a ter acreditado na conversa de que "bolsa é pra LP" ou "vc tem que ser tornar sócio"
    Devido a estas e outras frases fui comprando e comprando ações com todo dinheiro que entrava e em 2012 eu estava perto da minha meta( vender açoes e comprar TD)ai fiz a besteira de aguardar mais um pouco e perdi o time.
    Agora estou numa situação muito dificil, pois se realizo não chego nem proximo da meta ( aposentadoria) e se não realizo.....

    - no momento não tenho outra fonte de renda e meu "colchao de segurança" me garante somente mais 2 anos.
    - estou comprado em 70% RV( Brap4 e ITUB) e 30% RF(TD/CDB/LC)

    O que vc faria nesta situação ???

    Obrigado e forte abraço!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O passado eh passado e irrelevante para as suas escolhas. Pense como se voce tivesse $ em dinheiro na conta corrente, voce investiria como? Dinheiro nao tem memoria.

      Excluir
    2. VR acho que ele quis perguntar oq vc faria se tivesse com 70% na bolsa no atual momento, tipo: venderia agora ???

      Excluir
    3. Mas VR fez isso, vendeu. Qual é a dúvida???

      Excluir
    4. o cara diz que só tem metade do que tinha, portanto se ele vender agora, estaria realizando um prejuízo de 50%, daí a pergunta "vc venderia agora?"

      Excluir
    5. Com certeza, pois se houve prejuízo de 50%, ele deve ter no mínimo 100% de valorização apenas para ficar no zero a zero. Isso é praticamente impossível.

      Tabela Ganho/Perda
      Perda % para voltar
      10% 11,11%
      15% 17,65%
      20% 25%
      25% 33,33%
      30% 42,86%
      35% 53,85%
      40% 66,67%
      45% 81,82%
      50% 100%

      Excluir
    6. Mais uma vez repito, o passado é passado e não tem relação com o futuro. O fato de uma ação cair 50% não significa que ela tem uma expectativa de retorno maior. Quanto tempo os investidores terão que esperar para a Petrobras voltar aos R$50,00 de 2008?

      Excluir
    7. Vc tem HOJE 50% do que tinha antes. Isso é um fato. A questão é: a partir de HOJE, qual investimento tem a melhor perspectiva??

      Excluir
    8. A PETRO nunca mais volta aos 50 porque não terá tempo para se reerguer (petróleo está deixando de ser tão precioso).
      Porém, o resto pode voltar ao normal.

      Vender todas as ações justo quando estamos chegando no fundo do poço não parece muito inteligente se você não estiver precisando do dinheiro.
      No caso do VR ele não perdeu muita coisa, mas se o anônimo não chega nem na metade, vai o meu conselho:

      Venda o que não presta e mantenha o que presta, estamos no fundo do poço e uma hora vai melhorar, vender agora não vai resolver os seus problemas mesmo.

      Excluir
    9. No meu caso estou seguindo os passos do meu avô, ele tem 80% em acoes e só teve a sorte de chegar onde chegou (tem um patrimonio invejavel) pq, acho eu, não acompanhava as açoes nem mês a mês (quanto mais dia a dia como a gente faz hj). Ele me ensinou a diversificar e o patrimonio dele é tão invejavél que mesmo eu, desesperado como estou olhando o mercado, vou continuar fazendo como ele. Mas segundo ele me comentou, so viu que estava rico após 32 anos (pela declaracao do IR dele não estaria). Desconfiou que algo estava bom quando aparecia uma grana "muito boa" na corretora dele (spinelli) que so passou a ser gordo mesmo a partir de 1999. Essa grana boa ele passou a gastar e não reinvestia (nao usufruiu de todo o poder dos juros compostos, imagine se o tivesse feito). A conclusao dele é que bolsa é longo prazo , mas longo prazo mesmo ;) Detalhe, até hoje compra ações pelo telefone, não tem ideia do que é o home broker ...
      P.S. uma das acoes dele é ITUB ;)

      Excluir
    10. Seu avô não deve ser usado de exemplo. Investir é ignorar é burrice. Como dizia meu professor de finanças pessoais, o dinheiro é carente. Se você não cuida dele ele vai pra outro que cuida. Imagine que seu avô tivesse investido apenas 50 mil reais, a uma taxa de 1% o que hoje não é difícil de conseguir, o investimento mais conservador paga bem acima disso, em 35 anos, quando ele resolveu olhar pra conta, ele teria 3 milhões e 233 mil. E isso nas taxas de hoje. No passado, com selic a 22%, seu avô estaria com mais de 10 milhões. Isso sem investir nenhum único centavo além dos 50 mil.
      Com o tempo, qualquer investimento é bom, até a poupança. Seu avô talvez pudesse estar 5x mais rico, ou ter aposentado 15 anos antes. Dinheiro não é para deixar largado é para ser administrado. E isso não significa se estressar com o dia a dia da bolsa. Nem 8 nem 80.

      Excluir
    11. VR, que vc acha dos novos titulos do tesouro que vao estar disponiveis dia 26/1? Algo que valha a pena comentar?

      Excluir
    12. Nada a comentar. Procedimento habitual do TD, eles tem que renovar os títulos.

      Excluir
  30. VR, Douglas e demais colegas, agora que o erro de concentrar em RV e pior ainda, em apenas 2 ativos, já foi cometido acho que o que o nosso amigo precisa é de orientação para que ele possa avaliar qual melhor se adequa às suas necessidades atuais.
    Minha contribuição seria, caso não queira realizar um prejuízo tão grande e considerando que estamos perto de um fundo na bolsa, venda parte e diversifique em ativos que caíram tanto qto seus 2 ativos.
    Não cito nenhum ativo pois não acompanho tão de perto este mercado.
    Se algum outro colega quiser citar ativos que acompanham...
    Abraços !

    ResponderExcluir
  31. Simplismente fantástico !! minhas mais sinceras felicitações VR !! e aguardando ansiosamente pelo comentário do blogueiro Idiota..... rs

    ResponderExcluir
  32. VR, me parece que há uma pequena confusão quanto ao cálculo dos juros da NTNB 2050

    A NTNB é diferente da NTNB principal em relação aos juros pactuados. Na NTNB com juro semestral o valor dos juros é fixo em 6% a.a.

    A taxa do dia influencia o valor do título para a compra, não o rendimento anual. Comprá-lo a 7,5% significa que você comprou um título que paga 6% a.a com deságio, ou em outras palavras que ganhará 6% sobre um valor maior que pagou. O título tem uma valor nominal atualizado desde o início pelo IPCA, é o VNA, e é sobre ele que incidem os 6%.

    Para quem acha que estou errado sugiro ler antes "cálculo da rentabilidade dos títulos públicos" no sítio do tesouro direto. Dá para chegar em cada um deles no "entenda cada título"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Continuando...

      O valor final será o mesmo, mas algumas não conhecem os termos e fazem confusão

      Excluir
  33. Anonimo como voce falou da no mesmo receber 2.96% por semestre do VNA ou a taxa anual de compra do PU, voce comprando abaixo do VNA o valor investido vai ter um rendimento real bruto acima de 6% a.a., se comprar acima eh o contrario. O investidor pode esquecer o VNA e se guiar pela taxa de compra pois eh isso que ele vai receber.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, correto,. Postei no local errado, esta é a explicação que o anon de 11 novembro as 12:30 procura

      Excluir
  34. Boa Noite VR. Vim conhecer hoje seu blog, parabéns pelo sucesso. Criei um blog também, para contar o percurso simples de um investidor, que nem sabia que era isso.

    Meu patrimônio presumido em imóveis, é muito menor que o seu, cerca de 630k. Tiro hoje em alugueis cerca de 5,3k, sendo que estarei finalizando mais 2 casas no mês que vem, chegando ao total de 6,3k. Sendo originários de 11 casinhas de alugueis para um público de baixa renda.

    Não tenho a real dimensão de onde cheguei e estou muito a pensar em que investir ou no que fazer. Se continuo construir casinhas, ou entro em RF ou vou para FII.

    Para os que não acreditam que uma pessoa casada com filhos não chegará a lugar algum. Eu sou um exemplo de superação. Não tenho muito, contudo no atual cenário, vivo relativamente bem.

    Sobre qualidade de vida. Tenho uma vida tranquila até de mais. Acostumado a trabalhar tanto, devo procurar algum outro empreendimento.

    Obrigado.

    ResponderExcluir
  35. Olá VR,

    É inspirador ver que é possível chegar à IF. Meus Parabéns!
    Estou com 27 anos e no início dessa jornada, espero chegar asap ao seu nível e com toda certeza você terá ajudado muitíssimo ao compartilhar esse caminho conosco. MUITO OBRIGADA!

    Bom proveito agora e continue compartilhando conosco.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  36. parabens, VR! Voce zerou a vida ainda muito jovem.
    Vou contar um pouco da minha historia e gostaria que voce emitisse uma opinião.
    Tenho 26 anos, sou médico, formado há 3 anos. Trabalho bastante e consigo ganhar na faixa de 25 - 40 mil/mês a depender do mês. Mas realmente trabalho muito e não pretendo manter esse ritmo por muito tempo (+ 3 anos, até completar 30 anos).
    Meu gasto mensal é em torno de 6~8 mil (gasto muito com combustivel, como muito fora devido aos plantões, pago fies e ajudo em casa -> 2 mil/Mes). Não pretendo comprar imoveis tão cedo, nem trocar de carro tambem.
    Atualmente tenho 750 mil:
    -125 mil em ações (ibov, itsa4, natu3, cetip, krot3) - comprei essas ações na emoção, embalado pelos textos da empiricus, rs. até agora (comprei em setembro), estão tendo um retorno muito bom (cerca de 10%), e realmente acredito que a bolsa brasileira está barata e que a tendencia é que empresas solidas ganhem muito no longo prazo.
    -115 mil TD: 65 mil em pre fixado 2018, 43 mil em IPCA 2019, 7 mil em IPCA 2025.
    -192 mil em investimentos estruturados com vencimentos em 2016, 2017 e 2018 - investimentos atrelados ao IPCA. Investi em 2013 e 2014, por indicação de gerente de banco (itau personnalite). o pior deles vai me dar 120% IPCA e o melhor 203% do IPCA do período. Não quero resgatar esses investimentos por medo da marcação de mercado e risco de perder grana, e como estão acima da inflação, nao me preocupo muito.
    -12 mil em um fundo de investimento atrelado ao DI para pequenas emergencias.
    -307 mil no banco safra. No meio do ano comecei a ver fundos de investimentos (considero renda variável) com rentabilidades excelentes nesse banco (volatilidade absurda, porém com ganhos espetaculares, coisa de até 50-60% ao ano). Fui até uma agencia e abri uma conta. Tenho grana lá em 4 fundos de investimentos multimercado.
    -galileo special: é a menina dos olhos do banco. É menos arriscado que os outros, mas tem rendimentos mais modestos. taxa de IR padrão regressiva. 101 mil
    -S&P top: investimento baseado no mercado americano. Possui rentabilidade excelente (cerca de 40-50% nos ultimos 12 meses), mas com volatilidade absurda (perde-se -4% em um mês, no outro ganha 7%, depois 4%, depois perde 2%, etc). tabela regressiva de IR. 105
    -BDR nivel I: atrelado tambem a bolsa americana, com retornos fantasticos, porem extrema volatilidade (tem mês que da 15%, tem mes que perde 7%). Rendimento nos ultimos 12 meses acima de 50%. IR taxado como ação (15%). 38 mil
    -BDR consumo americano: semelhante ao anterior, mas baseado em ações de consumo. Rendimento um pouco melhor que o anterior. 63 mil

    ResponderExcluir
  37. Reflexões e algumas explicações e perguntas.
    -Meu foco é trabalhar mais 3 anos a nivel muito hard (coisa de 30 mil/mês), aportando 20 mil por mês(ou um pouco mais). Pelos meus cálculos chegaria a 30 anos com cerca de 2 milhoes em valores de hoje. Com essa idade ficaria mais conservador, deixaria esse valor em renda fixa com rendimento real em torno de 5-6% ao ano e continuaria trabalhando em ritmo mais normal (coisa de 15 mil ao mês), sendo suficiente pra viver bem, viajar (nem curto muito) e ainda aportar alguma coisa. Em 20 anos estaria com cerca de 6 milhoes em valores de hoje (com 50 anos), gerando uma renda passiva de 25 mil/mês, mantendo o poder de compra.
    -com as ações da bolsa posso ter esse caminho encurtado caso haja uma valorização após resolução da crise politica/financeira (coisa de 2-3 anos).
    -Meu maior receio atual é em relação a exposição a renda variável (cerca de 57% em RV e 43% em RF). O medo de perder dinheiro sempre existe, além da questão da perda de oportunidade de aproveitar melhor essas taxas da RF.
    -Tenho muita esperança nesses fundos do banco safra, mas ao mesmo tempo fico apreensivo principalmente em relação a subida iminente do juros americanos. Esses fundos são principalmente atrelados a bolsa americana e sabemos que a renda fixa lá vai se tornar mais atraente a partir do aumento do juros. O que me conforta é que a tendencia é que essa subida seja lenta e gradual (o FED falou recentemente), e que a RF americana só vai ficar mais atraente que a bolsa quando o juros se aproximar da casa dos 5%, onde deve haver maior fuga de capital para RF.
    Gostaria de saber sua opinião e se tem alguma sugestão que possa me ajudar.
    Forte abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. segue link dos fundos do safra:

      http://www.safranet.com.br/conteudo/asset/fundos/relatorio/EOL.pdf
      http://www.safranet.com.br/conteudo/asset/fundos/relatorio/SST.pdf
      http://www.safranet.com.br/conteudo/asset/fundos/relatorio/BDR.pdf
      http://www.safranet.com.br/conteudo/asset/fundos/relatorio/FCA.pdf

      Excluir
    2. Unknown,

      Saia desses fundos. A rentabilidade deles é alta por conta do dólar que subiu e o S&P500 que também subiu. Se quiser investir em dólar e/ou no S&P500 não tem problema, mas não precisa pagar 2,5% de taxa de administração nem ter come-cotas em fundos.

      No mais, como você é médico sua necessidade de correr riscos deve ser bem baixa. Analise isso com calma.

      Abs.,

      VR.

      Excluir
    3. A qeustão de ser medico é a cruz e a espada. vejo colegas com 60 ~70 anos dando plantao fds a noite, sustentando filho, devendo no cheque especial. Isso me angustia muito.
      Meu plano é chegar aos 2 kk com 30 anos. A partir daí trabalhar bem menos (pra ganhar metade do que ganho hoje e aproveitar mais a vida) e deixar a magica dos juros compostos transformar esses 2kk em 6 kk em 20 anos (estaria com 50).
      Quanto aos fundos, ainda vejo um cenario favoravel. O dolar nao vai cair tão cedo, projeções esperam dolar a 4,50 ano que vem e com esse pedido de impeachtman não duvido nada. A bolsa americana tá de vento em polpa e o pib americano deve subir ano que vem mais que esse ano. Além do mais são fundos de liquidez breve, que permitem sair caso haja tendencia forte de baixa.
      obrigado pelos conselhos. abraço

      Excluir
    4. Também sou médico, tenho 32 anos e sou casado com outra médica de 36 anos. Trabalhamos muito até hoje, temos 2 filhos, e isso prova que o casamento às vezes traz sinergia e joga à favor da IF e não contra.

      Nossos investimentos também estão no tesouro direto, 50% NTNB e 50% LFT, além de CBDs.

      Se quiséssemos parar de trabalhar hoje poderíamos tranquilamente.
      Por outro lado estou cansado de ver colegas com quase 70-80 anos de idade que se matam em plantões intermináveis.

      O fato é que pra quem não tem educação financeira tanto faz ganhar 10 mil ou 1 milhão, vai torrar tudo do mesmo jeito.
      O que não falta são ganhadores de loteria que ficaram pobres para confirmar o raciocínio.

      Não acho que seja necessário correr tanto risco com o seu nível de aporte (20k), pois em menos de 10 anos você já vai estar com a IF praticamente garantida.
      A não ser que depois da bolha imobiliária venha a bolha da medicina, o que não é de todo improvável. Pra se ter uma idéia o número de CRMs registrados em São Paulo nos últimos 10 anos foram quase 70 mil. Tem gente demais se formando em outros países, novas faculdades, enfim. O raciocínio é o mesmo, quando todo mundo está falando de investir em ações - e/ou medicina - talvez esteja chegando a hora de cair fora.

      Paz profunda

      Excluir
    5. Pois é cara. Outro ponto interessante. O esgotamento da medicina. Sem duvidas hoje eh a melhor profissao pra se ganhar dinheiro a curto prazo. Qualquer recem formado que tenha vivencia em emergencia ou uti consegue ganhar 30 mil reais trabalhando legal. Mas vejo cada dia mais gente formando, e a lei de mercado é cruel. Veja como exemplo o rio de janeiro, onde os salarios são baixos devido ao excesso de faculdades. Então também levo em conta isso. QUero ganhar muita grana nos proximos 5 anos porque sei que daqui a 10 - 15 aos pra ganhar 30 pau vai ser exceção. Estou aumentando minha parcela de renda fixa e reduzindo um pouco a RV. abraços

      Excluir
    6. Muito interessante o ponto levantado.
      Você fez essa pergunta no troll também, não foi?
      Enfim, sou auditor fiscal e começaram a aparecer médicos no nosso concurso. Caras bons, formados em públicas TOP. Será esse um reflexo de um eventual esgotamento da Medicina?
      Será que no futuro veremos uma bolha da medicina? Muitos médicos alardeiam isso, que não valerá a pena. No início pensei ser mimimi, mas hoje começa a fazer sentido. Mais médicos, mais dezenas de faculdades, etc. Como falaram, a lei da oferta e procura do mercado é inexorável.
      Outro aspecto que deve ser considerado: valor X hora. Médico ganha muito, mas trabalha brutalmente.
      ass: Auditor

      Excluir
    7. Com certeza o esgotamento ja começou. E a tendencia a curto prazo é piorar. Há 15 anos na capital onde moro só existiam 2 faculdades de medicina no estado todo (uma particular e uma federal). Hoje temos 4 particulares, 7 federais/estaduais. E já tem autorização do mec pra abrir mais 6 até 2017 salve engano. Como citei acima, é lei de mercado. Com enfermagem aconteceu o mesmo. Há 10 anos enfermeiro não ficava desempregado, tinha 2-3 empregos. Hoje enfermeiro ganha uma miseria e muitos nem conseguem emprego.
      Outra coisa que eu vejo agora é que muitos medicos estão abrindo os olhos para concursos públicos. A maioria paga abaixo do valor da iniciativa privada, mas as vezes vale a pena ter algo garantido.
      Por isso que é crucial ter um plano de vida focado na geração de renda e na sua aplicação. Especialização é um caminho bom, mas nem sempre garante boa renda, talvez proteja mais um pouco em relação a abertura dos novos cursos.
      enfim, graças a "deus"(sou ateu, rs), abri meus olhos logo no inicio da carreira para essas questões e estou tentando me antecipar as mudanças que vão ocorrer no mercado.
      abraço

      Excluir
    8. Realmente o que você diz faz todo o sentido. Acho que situação semelhante ocorreu com Odontologia também.
      Graças a "deus" (mais um ateu aqui, haha) pulei fora da barca furada que era a "privada" em minha área de formação e passei em um bom concurso público. Agora é terminar o curso Direito e prestar os grandes concursos jurídicos.
      Abraço

      Excluir
    9. Com todo respeito mas vejo com bons olhos o aumento na oferta de médicos. A profissão tinha salários muito acima das outras e um certo cartel (devido ao MEC e CRMs). Claro que bons profissionais especialistas continuaram ganhando muito bem mas não faz sentido médico plantonista ou clínico de posto de saúde ganhando tanto.
      Att

      Excluir
  38. Olá VR.
    Conheci o seu blog por meio do blog do soul surfer que conheci no blog do tetzner o qual ele também participa

    Atualmente tenho 25 anos e já me preocupo com IF desde os 22. Ainda não tenho um número mágico específico pq toda vez que faço contas esse número oscila pra cima ou pra baixo e devo fazer uma conta mais apurada ainda esse ano.

    Hoje tenho um patrimônio ainda pequeno, mas com alocação simplificada. 50% td, 50% fiis.
    Separo sempre mais da metade do salário, já que moro ainda com os pais e não tenho uma vida de ostentação, até pq nem preciso de tanto luxo assim para ser feliz. Gosto de investir em qualidade de vida e nos meus hobbies (triathlon atualmente).

    Do tesouro, 28% em td ipca 2019
    7% em td ipca 2024
    15% em selic
    e 50% em 11 fiis os quais sempre reinvisto a renda já que não preciso dela no momento.

    A minha intenção é usar os fiis para antecipar a minha aposentadoria com os juros compostos do reinvestimento da renda e aproveitar os altos juros com o TD.

    Um forte abç e sucesso

    ahchaves

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns Anderson, sua taxa de poupança está bem alta!

      Excluir
  39. caso vc tivesse aplicado R$ 480.160,00 em LTN2021 vc resgataria 1 milhao em 6 anos. Taxa fixa de 15,67% a.a.

    ResponderExcluir
  40. como vc fez pra conseguir comprar 1.600.000 em NTNB tendo em vista o limite de 1 milhao por mes? comprou parte em nome de outro parente? abraco

    ResponderExcluir
  41. Interessante o seu blog VR estou acompanhando seu blog faz pouco tempo, eu tenho uma pergunta qual a sua formação acadêmica e se ela te ajudou nos seus objetivos financeiros??? e como você está agora 100%% no tesouro direto você já ouviu em estratégias no tesouro direto para conseguir 20% a.a como o método do carteira rica http://carteirarica.com.br/curso/tesouro-direto/ se puder responder agradeço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prefiro não falar minha formação mas ela não ajudou em nada meus objetivos financeiros.

      Trade com TD é ineficiente por conta da tributação, fora que minha bola de cristal continua nebulosa...

      Excluir
  42. VR,
    Descobri recentemente seu blog. Parabéns pelo mesmo e pela IF.
    Afinal, eu até então nunca tinha parado para pensar em uma estratégia all in em NTNB como fez. Achei sensacional e corajoso de sua parte!!
    Acho que se tivesse um montante disponível hoje faria o mesmo, porém estou basicamente tudo comprado já. No que tange ao TD, estou dividido em um pouco de cada: 40% ntnb principal 19 e um pouco em 24 e 35; 40% selic e 20% ltn. Hoje tenho uns 200k no TD + uns 40k em bolsa.
    Gostaria de ouvir sua opinião sobre o seguinte.. será que compensa adotar esta estratégia (com mesmo pensamento de formar uma renda passiva "segura") com todos novos aportes e também à medida que for vencendo os títulos já comprados?
    Porque vender tudo a preço de mercado difícil dizer, mas acredito que não compense, certo?
    Em outras palavras, vc acha muito ruim adotar esta estratégia para quem esteja começando agora por exemplo, colocando 100% dos aportes em NTNB 2050?
    O único e grande fator negativo que eu vejo é a quebra dos juros compostos. Fora isso, só fator positivo (enquanto as taxas estiverem boas: IPCA + a partir de 6%).

    Falando na quebra dos juros compostos, não pensou em colocar pelo menos parte em ntnb principal para melhor se beneficiar destes?

    Abraço e sucesso!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não dá para eu dar indicações genéricas, cada caso é um caso. Se um cara tem 100 milhões e é conservador o portfólio é um, se é agressivo é outro, se tem 100 reais pra investir mando deixar na poupança mesmo.

      O ruim da NTNB principal é que a de maior prazo é 2035, então tem um risco de reinvestimento bem significativo aí, coisa que não acontece na NTNB. É mais ineficiente tributariamente, mas como pretendo utilizar os cupons pra sobreviver então no meu caso a NTNB é bem mais vantajosa.

      Excluir
    2. VR,
      Por gentileza, poderia me esclarecer melhor sobre o risco de reinvestimento na NTNB Principal que considera como um fator ruim? Não seria o mesmo risco de não receber os cupons semestrais no caso da NTNB?
      Abraço e obrigado.

      Excluir
    3. Anônimo,

      Não, é o fato do vencimento ser no máximo em 2035. Então se daqui a 20 anos o Tesouro só estiver oferecendo IPCA+2% seu padrão de vida terá que diminuir muito pois seu título anterior pagava IPCA+7%.

      Excluir
    4. Ah sim!! Entendi.
      Mas dai o negócio seria investir em uma outra NTNB Principal que ainda vão lançar em 2050 ou 2060 nesse meio tempo, com dinheiro novo que não fosse usar ou com o próprio dinheiro dos cupons da NTNB se pegasse meio a meio por exemplo e continuasse trabalhando. Mas enfim, não tem como saber, seria uma ideia só para aproveitar melhor os juros compostos e mais para quem está começando. Para você, com seu capital, já pode escolher viver apenas dos rendimentos se quiser e, sendo assim tem que ser como fez mesmo. Eu por enquanto espero continuar sempre na Principal mais longa que tiver com 10% a 20% do patrimônio e o restante nas mais curtas e selic. Só espero realmente não ter que precisar resgatar estas mais longas e claro, que nada aconteça com governo até lá tb rs... abraço, Reinaldo.

      Ps. Faça um post quando receber os primeiros cupons rss

      Excluir
    5. Se o país e o mercado melhorarem, a tendência é que pague cada vez menos juros no tesouro direto (ouvi dizer que os EUA pagam 0,25%, não sei se é verdade), neste caso você não conseguiria uma NTNB com juros atrativos no futuro e teria que partir pra outros tipos de investimento de maior risco.
      É algo que eu não havia pensado, vou começar a colocar nos mais longos também, mesmo que tenha que reinvestir.

      Excluir
  43. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  44. Olá VR, que animal! Parabéns mesmo! Eu nunca comentei aqui mas lembro do VS sim! Sua jornada serviu de exemplo e inspiração pra mim. Comecei a te acompanhar desde o primeiro post! Hoje estou com 30 anos, com imóveis avaliados em 1mi, uma LCI´s de 400k e após o último post fiquei com a pulga atrás da orelha. Seria uma boa tentar vender esses imóveis e colocar tudo no NTNB? Como o prazo é bem longe, fico com medo de ter que sacar a grana pra alguma eventualidade. Eles rendem apenas 0,4% mês com aluguéis e ainda precisam de alguma reforma =/. Mas como sou muito novo, tenho receio em vender, afinal de contas, são meus únicos imóveis, e como ainda moro com meus pais, to aproveitando para economizar e mandar fuck em 5 anos. Obrigado por compartilhar conosco! Att Maktube

    ResponderExcluir
  45. Boa Tarde,
    É um pensamento que acredito, quando vc ajuda a comunidade (no caso por meio do blog) o maior lucro é o teu.
    Abraço.
    Perdedor Master.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem sempre. Você pelo visto não passou pela época de puro ódio e inveja que foi 2013.

      Excluir
  46. Fala Cara!
    Blz?

    A uns dias atrás eu acabei achando sem querer essa blogsfera referente a finanças, e coincidiu com um momento que eu buscava informação referente a investimentos, finanças inteligentes, e etc. Enfim, criei meu blog! Fiz meu primeiro post com um overview da minha situação financeira, metas para 2016, dúvidas e planos.

    Gostaria que desse um pulinho lá, e se pudesse, me adicionasse ao seu blogroll. Você já está devidamente adicionado e linkado!

    Abração e sucesso rumo a IF!

    Feliz 2016

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pobre,

      Desculpe-me mas eu adiciono blogs que adicionam algo à blogosfera. O seu hoje, infelizmente, é apenas mais um. Não é uma crítica, cada um tem o blog que quiser, mas você tem que mostrar pra que veio.

      Excluir
  47. talvez para criar um empreendimento do nada sem ter estudo nenhum e se tornar um industrial bilionário, esteja mais difícil hoje, mas para abrir um comércio tipo um lanchonete, acredito que hoje não deve ser muito difícil. Trabalhoso com certeza será, mas difícil, acredito que não.

    Além disso, hoje qualquer um se forma na faculdade. E se a pessoa aprendeu alguma coisa no curso que fez, já a separa de 98% que pagou as mensalidades e saiu tão burro e ignorante quanto entrou mas como um diploma embaixo do braço. E, sabendo algo sobre o curso que você fez, você pode abrir o seu escritório.

    Abraços

    dimitatu - netbaladeiros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com que base você diz que abrir um pequeno negócio não é algo difícil em um ambiente com pesados impostos, alta taxa de juros e depressão econômica? A estupidez do Empresário Médio Brasileiro?

      Quem possui mais conhecimento de fato tem mais chances de obter sucesso em empreendimentos, isso é provado estatisticamente todo ano pelos relatórios do Senac.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  48. VR,sou corretor de imoveis e atuo no setor de alto padrão aqui em Balneário Camboriú (SC). Vendo imoveis de 2 a 12 milhões de Reais, sendo a maioria vendida na planta para investidores do interior do Paraná e Mato Grosso do Sul que nao maioria das vezes sao pecuaristas, fazendeiros e empresarios. Em 2015 a crise chegou no setor de imoveis mas aqui em BC seguimos vendendo um pouco menos, mas nada que comprometa meus investimentos. Estou pensando em comprar ações só q ate o momento estou posicionado assim:
    R$ 500.000,00 em LTN 2021
    R$ 830.000,00 em LFT 2021
    R$ 630.000,00 em NTNF 2025
    R$ 1.100.000,00 em NTNB Princ 2035
    R$ 1.100.000,00 em NTNB 2050
    R$ 250.000,00 LCI na Caixa
    R$ 500.000,00 LCA no Banco do Brasil
    Tenho uma casa grande com piscina perto da praia dos Amores, onde funciona um puteiro, tiro muito dinheiro de lá, moro num quarto que fica afastado da casa principal. Minha pergunta é em quais ações eu teria menos risco de perder dinheiro?
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nenhuma ação tem risco pequeno de perder dinheiro. Com esse patrimônio pra quê você tá procurando retorno? Quanto você quer de retirada?

      Excluir
    2. tenho 37 anos e pretendo parar aos 40. Nesse verão ta entrando muito dinheiro lá no "estabelecimento das meninas", então são 300 mil fora dos investimentos que tenho pra aplicar e gostaria de comprar ações de empresas que tenhão perspectiva de subir bastante caso tenhamos uma melhora (troca) de governo. Meus gastos são fixos:
      R$ 850,00 mês vaga na marina p/ barco de 26 pés
      R$ 1.000,00 gasto parcela de seguro do barco + combustivel (mensal)
      R$ 3.500,00 seguro+seguro obrigatorio e licenciamento da Mercedes C200 (anual).
      R$ 4.000,00 Reserva mensal pra férias (sempre vou pra Miami em Agosto e gasto uns 20 mil dolares com passagem, hotel, restaurantes, carro, balada, etc)
      R$ 500,00 combustivel p/ carro (mensal)
      R$ 19,90 netflix (mensal)
      R$ 200,00 gastos celular
      R$ 80,00 Internet
      R$ 250,00 Plano de saude
      R$ 800,00 Balada
      R$ 800,00 Restaurantes (como sou divorciado e sem filhos levo familiares (mãe e irmas) pra jantar/almoçar fora uma vez por semana)

      Acho que uma retirada de uns 10 mil reais por mês ainda sobraria dinheiro. Não gasto em nada além disso a não ser que quebre alguma coisa no carro e tem as manutenções periódicas (1 vez por ano), ai morre mais uns 700 reais.

      Excluir
    3. Você quer tirar 10 mil acima dos gastos já expostos de 11.999,90 ?

      Para tirar 20 mil/mês você precisa de pouco mais de 2 milhões. Você já tem muito mais que isso.

      Excluir
    4. você guarda 4 mil por mês, pra gastar 20 mil dólares por ano? oi ?

      Tem milhões de patrimônio e botou 20 reais de netflix como gasto? oi?

      fake total

      Excluir
    5. esses 4 milhões foram incorporados recentemente no meu patrimônio, ganhei no começo deste mês. As contas que descrevi são meus gastos fixos, e por enquanto não pretendo aumentar.

      Excluir
    6. Você está aposentado então. Só não estourar muito e se manter com ganhos acima da inflação. Não há necessidade nenhuma de ações e/ou FIIs.

      Excluir
  49. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  50. Douglas meu gasto mensal é R$ 8.499,90. O gasto R$ 3.500,00 é do seguro do carro + o seguro obrigatório e licenciamento e isso é ANUAL. Com a grana que entra lá da Zona eu consigo pagar. Tô querendo investir em ações pq tem a chance de ser um bom momento pra comprar, só não sei quais empresas são boas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você não tem gastos com alimentação, iptu, empregada, energia, água, fundo pra trocar de carro, fundo pra trocar de barco?

      Excluir
    2. Você tem quase 5mi, pode tirar R$15.000,00-R$20.000,00 por mês tranquilo, esquece risco, quer mais dinheiro pra quê? Em que você quer aumentar ainda mais seu padrão de vida?

      Excluir
    3. Com um patrimônio desses eu não investiria em ações. Ações é para quem precisa de um ganho acima da média para poder conseguir a independência financeira mais cedo. Você não precisa desse risco. O Brasil é muito instável.

      Invista em ETFs (fundo de ações), ai o risco se dilui. A não ser que você queria ficar firme acompanhando o mercado todo dia, investir em empresas individuais é mais arriscado.
      Pode investir até no SP500 dos EUA, via IVVB11.

      É, cada sua conta de supermercado, empregada?

      Excluir
    4. Douglas, tem uma empregada que limpa a casa principal onde funciona o puteiro e ela limpa o meu quarto tbm, isso é cobrado na conta das meninas. Eu fico muito nos pontos de venda e faço plantões nos finais de semana então eu como na conta da empresa, se saio com clientes pra comer fora tbm uso o cartão da empresa pra pagar a conta, tanto que no meu quarto só tem um frigobar, um microondas, um fazedor de misto quente e uma cafeteira, esses sao os eletros que eu tenho relacionados a comida. Andei pesquisando na internet sobre boas ações pra comprar e acabei num site chamado "Empiricus", alguém conhece? tem um produto lá que indica 11 ações, mas não sei se é sério ou se é furada.

      Excluir
    5. Você pode aplicar tudo em LTN 2021 e levar ate o vencimento vai passar dos 10 milhoes da pra comprar o apartamento e sobra 8m

      Excluir
    6. Cara se você tá trollando é só dizer. Não se investe em ações pra se comprar imóvel, só aprender a definição de desvio-padrão. Se você tem QI acima de 70 você percebe a picaretagem da Empiricus, e pra que porra você que diz que vive num quarto de um puteiro precisa de um apartamento de 2 milhões de reais? Além disso, tá respondendo a si próprio? Eu vejo os comentários, mesmo quando são removidos.

      Excluir
    7. Oi VR, estou trolando nao. Te explico.
      Comeco do ano ganhei na dupla sena 1451 um premio meio alto e na Caixa me orientaram a investir como descrevi no comeco. Eu nao entendo de investimentos em acoes nem nada, sou corretor de imoveis apenas. Mas trabalha comigo o Edu que tbm eh corretor e tem um blog "trader on pn", ele me falou sobre voce e que eu poderia fazer a pergunta sobre investimentos que voce responderia, so que eu usei o computador dele que estava logado no trader on pn, ai quando ele viu ele apagou o que eu tinha postado e me disse pra escrever como "anonimo". Entao essa opiniao dele pra eu investir tudo em LTN eh o ponto de vista dele, e acho ate que eh pra provocar os leitores do seu blog pra ver as opinioes.
      Lamento a confusao. Respeito esse espaco.

      Excluir
    8. Ok. Invista em ação se você precisar do retorno, ou seja se você tiver necessidade de correr risco. Não vejo necessidade de uma pessoa sozinha precisar de um apto de 1.8mi, mas cada um sabe o que faz com o $. Com a renda fixa rendendo o que rende hoje eu nem avalio o resto.

      Excluir
  51. VR, não posso morar nessa casa a vida inteira, pelo menos enquanto funcionar o "negocio das meninas", já que fico impossibilitado de receber familiares ou futuras namoradas. Imagina se minha irmã sai lá de casa e um cara ta entrando pra contratar um programa vai achar que minha irmã é puta. Por isso preciso comprar um apartamento, e isso deve me custar acima de 1.8m. Ainda tenho comissões pra receber e tenho vendas pra fazer, mas é com o objetivo de comprar o imovel que eu quero comprar ações pra ver se essa grana triplica na saida da crise.

    ResponderExcluir
  52. Cara, Parabéns por esse Legado, foco e seriedade no trato das finanças.

    Li a um tempo um post seu sobre um livro em inglês que o fez entender taxa de juros como poucos, e desde então reviro o site procurando. Se possível solicito que cite novamente.

    Saudações


    Obrg

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alexandre não tenho idéia de ter falado isso, mas talvez eu tenha falado do livro Expected Returns do Antti Ilmanen, é um livro bem profundo voltado pra gestores, mas não trata exclusivamente de renda fixa.

      Excluir
  53. Achei sua estratégia muito interessante...eu tb hj, com essa grana, faria igual.
    Mas tb, caso queira um rendimento extra mensal/semestral fora tesouro, indico banco Intermedium, que possui LCI com cupons semestrais, e CDB do banco Modal, com Rendimento mensal (como um aluguel). Abraços

    ResponderExcluir
  54. VR, qual corretora você utiliza para TD?

    Abraço

    ResponderExcluir
  55. Parabéns pela sua determinação! Uma dúvida, como você calculou a sua TSR? Que conta fez para chegar nos 2,8 e 3,7% respectivamente? Obrigado pela atenção!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valor anual necessário para despesas dividido pelo patrimônio líquido!

      Excluir
  56. VR vi que ate as minhas férias devo receber 3 cupons, são eles: NTNC dia 1/7e NTNB dia 15/2 e 15/08. Você já recebeu algum?
    Hoje comprei 23.000 ações do Banco do Brasil, a sorte esta lançada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou receber o 1o mês que vem, pelos meus cálculos uns R$50.000,00. Esse valor vai aumentando com o vencimento das outras aplicações em renda fixa, queda da alíquota do IR e correção pelo IPCA.

      Excluir
  57. Olá VR, parabens pela IF e pelo blog meu amigo.
    Gostaria de uma opinião.
    Estava seriamente pensando em utilizar do valor que disponho, cerca de R$50k para alocar em renda fixa e utilizar isso como margem para operar boi e milho seguindo uma estrategia de trend following. É uma estrategia que conheci lendo o blog trendfollowingbovespa.
    Estava imaginando com isso conseguir obter algo em torno de 10% aa na fixa, somando ai uns 20% aa nas operações.
    Você acha isso viavel? qual a sua opiniao? Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, engraçado que trendfollowing foi a primeira coisa que estudei da bolsa. Li bastante sobre os turtle traders, é uma história interessante. Sinceramente acho muito trabalho pra pouco retorno. 20% de 50k é 10k, ou menos de 1.000,00 por mês pra algo que tem eficácia pra lá de duvidosa. Eu deixaria numa renda fixa que rendesse mais (tem CDBs aí pagando 19% bruto) e focaria em aumentar sua receita.

      Excluir
    2. Valeu VR, acabei pensando por esse lado tbm
      :)

      Excluir
  58. VR, li seu relato, muito bom, parabéns. Percebi que você não é ganancioso a ponto de somente querer sempre aumentar seu patrimônio e procura qualidade de vida. Admiro isso e é o que prezo tb.
    com relação a colocar tudo em NTNB você se sente seguro? Hj os preços das ações e dos FII cairam bastante. FII continua pagando bem por mês, não seria interessante vc deixar uns 100k em FII comprando agora e recebendo uns 1k por mês?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que a questão dele não é colocar ou não em outro investimento como FII. E sim o fato dele não PRECISAR correr esse risco.

      Igual o nosso amigo ali de cima, corretor de imóveis, ou melhor, dono de puteiro, ele quer comprar ações sabe-se lá o motivo. Com o patrimônio que tem ele não precisa desse risco. Pode comprar, pode, mas pra que?

      Excluir
    2. É que acho arriscado todos os ovos na mesma cesta, mesmo que a cesta seja "sólida" ainda assim é perigoso.

      Excluir
  59. mais um que foi na conversa do Barsi de que Ações do Banco do Brasil paga em dividendos 16% ao ano.

    ResponderExcluir
  60. tenho um problema de investir em CDB, ação ou Tesouro Direto, porque o dinheiro sai da minha conta e não gosto de olhar o extrato e não vê-lo. Pois bem tenho 1,5m na poupança no banco Santander que rende entre 9/10 mil por mês, como não saco fica lá acumulando. Só achei que o VR fez toda essa engenharia pra ganhar 7 mil por mes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, vc tira 0,5% am na sua poupança. Ele tira 0,5% am + IPCA. Ou seja, ele pode gastar 0,5% que seu patrimônio continua corrigido. O seu vai ser corroído pela inflação. Simples.

      Excluir
    2. Anônimo Concordo com vc! Achei muita manobra pra ganhar pouco, além do que sempre há um risco, por menor que seja. Por outro lado, esta sua estratégia é boa para quem não precisa aumentar patrimônio e tem esses juros somado a alguma outra renda como salário, por exemplo, já que a poupança não corrige a inflação. Ganhando entre 9/10 mil por mês acho que vc consegue viver mas não corrige a inflação.

      Excluir
  61. Parabéns. Tem que ser firme para fazer um movimento deste.

    Mas não esqueça de nos que ficamos para trás. Compartilhe ao menos a experiência da if.

    ResponderExcluir